Relato de viagem: Como conhecer o Cabo da Boa Esperança na África do Sul

0
Cabo da Boa Esperança Africa do Sul
Vista deslumbrante do Cabo da Boa Esperança na África do sul. Foto: GC/Blog Vambora!

O Cabo da Boa Esperança é um dos lugares mais famosos e históricos da África do Sul. Seja pela sua importância na história mundial, durante as grandes navegações, até pela sua beleza impressionante, visitar o Cabo da Boa Esperança é uma daquelas atrações imperdíveis do país.

Próximo da Cidade do Cabo, cerca de 70km, é um perfeito bate e volta, para se fazer da cidade num dia. O local onde está o Cabo da Boa Esperança faz parte do Parque Nacional da Table Mountain, sendo uma área de preservação ambiental. A estrutura para o turista é ótima dentro do parque e todas as dicas para visitar você confere abaixo. Vambora!

1-) Um pouco da história do Cabo da Boa Esperança

Cape Point Africa do Sul
Cape Point, parte do Cabo da Boa Esperança na África do Sul. Foto: GC/Blog Vambora!

Famoso por muito tempo por ser “a ponta África”, o extremo sul do continente africano, o Cabo da Esperança é na verdade o ponto mais ao sudoeste do continente (o Cabo das Agulhas, 150km a leste, que é na verdade o ponto mais o sul).

Ainda com esse “engano” geográfico, o Cabo da Boa Esperança foi e continua sendo importantíssimo para a história mundial. A região, descoberta em 1488 pelo navegador português Bartolomeu Dias, fez parte da dura busca dos portugueses para conseguir contornar o continente africano e chegar por outro caminho até as Índias.

Placa Cabo da Boa Esperança
Placa clássica no Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

A região, famosa por suas tempestades e navegação perigosa, ganhou o nome, por Dias, de Cabo das Tormentas. Mas ao voltar para Portugal e sabendo do grande feito de seu navegador, por ter finalmente ter conseguido contornar toda África pela 1ª vez, o Rei João II decidiu renomear o local como Cabo da Boa Esperança e assim o nome ficou até os dias de hoje.

Para ver a importância do local, inspirado pela conquista portuguesa, a Espanha decidiu que também faria expedições rumo a oeste para chegar ao leste, acreditando que a Terra era redonda. Nisso, a América foi descoberta em 1492 por Colombo e alguns anos depois seguindo os passos dos espanhóis, o Brasil também era descoberto pelos portugueses e passava a entrar no mapa mundial.

2-) O que visitar e fazer no Cabo da Boa Esperança

Farol Cabo da Boa Esperança
Farol no Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

Como dissemos, o Cabo da Boa Esperança faz parte do Parque Nacional da Table Mountain. O local é imenso, mas as duas maiores atrações são o Cape Point e o Cabo da Boa Esperança. Ambos são cabos, essas formações rochosas que se estendem além do continente, cercadas por um oceano ou mar.

Ambos também são lindos e fáceis de visitar, já que o parque tem uma ótima infra estrutura e sinalização. Chegando lá (veja mais abaixo como chegar), o acesso mais fácil é primeiro para o Cape Point, onde estão os dois faróis da região, para auxiliar na navegação da região. O farol mais alto, e com acesso ao lindo mirante para o Cape Point, pode ser acessado a pé ou por um funicular pago (adultos R70 e crianças R30, ida e volta, ou R55 para adultos e R22 para crianças, para um trecho só).

Cabo da Boa Esperança
Vista das escarpas do Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

Nós recomendamos usar o funicular para subir o trecho principal e mais cansativo, já que uma vez chegando lá em cima, você ainda terá muitos degraus para subir e pode ficar um pouco cansativo, especialmente para crianças, idosos e pessoas com pouco preparo físico.

Funicular Cabo da Boa Esperança
Funicular no Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

Esse 1º farol não funciona mais, pois devido ao clima da região, mais atrapalhava do que ajudava os navegantes pois ficava muito no alto da montanha, sendo difícil de vê-lo durante grandes tempestades. Por isso, foi feito um 2º farol, mais abaixo e perto de Cape Point.

A região tem essa fama de clima difícil, mas quando fomos o tempo estava sensacional, sol e céu azul com pouco vento! E como aqui é bonito! Por isso a gente recomenda: antes de ir, confira a previsão do tempo! A paisagem misturando os rochedos com o mar, de cor esverdeada, é de tirar o fôlego, de verdade!

Visao Cabo da Boa Esperanca
Mirantes para o Cabo da Boa Esperança e Cape Point. Foto: GC/Blog Vambora!

A natureza bruta do lugar, cheio dessas escarpas e precipícios, garante essas visões maravilhosas para o mar num horizonte infinito. Louco pensar que estando aqui, o próximo grande pedaço de terra na nossa frente é a Antártida a centenas de milhares de quilômetros.

Existem diversas trilhas por todo o parque, mas as principais são a que levam aos faróis de Cape Point e ao Cabo da Boa Esperança. O primeiro e mais alto farol de Cape Point, como dissemos pode ser acessado via um funicular ou a pé. Já o segundo, mais próximo ao cabo, somente por trilha a pé. A trilha, para quem gosta e tem costume, tem baixa dificuldade.

Trilha Cape Point
Trilha para Cape Point, no Cabo da boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

Já o Cabo da Boa Esperança tem acesso por carro ou trilha. A trilha, fica bem na frente do funicular para Cape Point, e é sinalizada. Não é difícil, mas tem trechos ao lado de precipícios, então quem tem medo de altura, vale ter mais atenção. De carro, o acesso é super fácil pela praia, tem até um estacionamento, e aqui que você encontra a famosa placa: “Cabo da Boa Esperança, o lugar mais a sudoeste do continente africano”.

Na região do funicular ficam alguns dos principais serviços do parque, como um grande estacionamento, loja de souvenirs, banheiro, lanchonete e um ótimo restaurante, o Two Oceans. Para quem tem tempo e quer ter uma refeição acima da média, vale ao chegar no parque reservar uma mesa no restaurante.

Placas Cape Point
Placas no Mirante com vista para Cape Point e Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

Uma dica para quem vai comer na lanchonete ou fazer qualquer refeição ao ar livre no Cabo da Boa Esperança: cuidado com os macacos babuínos! Lindos a primeira vista, mas assustadores quando com fome, os macacos são famosos em toda região por não terem medo dos humanos e fazerem qualquer coisa por comida: desde atacarem turistas comendo até furtarem carros.

Então uma dica é: caso vá comer ao ar livre, tente fazer longe dos animais e fique atento a qualquer movimento dos mesmos ao redor. Deixar comida no carro? Nunca! Os bichos são espertos o suficiente para tentarem abrir o automóvel ou furtarem assim que as portas forem abertas (história real de acordo com nosso guia).

Babuino Cabo da Boa Esperanca Africa do Sul - Blog Vambora
Babuíno no Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

Ainda bem que nosso encontro com os babuínos foi bem tranquilo, com eles sem querer, posando para nós num dos mirantes da região..Já os pássaros…esses nós vimos voando baixo e roubando comida em mesas de visitantes enquanto almoçavam. Uma coisa é certa: eles começaram a fazer isso porque alguém começou a alimentá-los, por isso, não alimente ou se aproxime de qualquer um dos animais selvagens da região.

Aliás, vale ficar de olho pelo caminho, especialmente nos grandes campos na entrada do parque se você não consegue ver outros animais como zebras e antílopes, comuns também por lá.

Campo de protea Africa do Sul
Campo de protea, flor tipica da Africa do Sul. Foto: GC/Blog Vambora!
Protea Africa do Sul
Protea, flor tipica da África do Sul. Foto: GC/Blog Vambora!

Outra coisa para prestar atenção é a flora do parque! Lindíssima e única, possui flores como a famosa Protea, flor símbolo da África do Sul e maravilhosa!!

A entrada no parque é paga, sendo 147 rands para adultos e 76 rands para crianças (cerca de R$ 40 e R$ 20, respectivadamente).

Confira abaixo os horários de funcionamento do parque e serviços:

  • Cabo da Boa Esperança: De abril a setembro das 7h – 17h e de março a outubro das 6h – 18h
  • Funicular: De abril a setembro das 9h – 17h e de março a outubro das 9h – 17h30
  • Restaurante Two Oceans: De abril a setembro das 9h – 17h e de março a outubro 9h – 17h
  • Lojas: De abril a setembro das 9h – 17h e de março a outubro das 9h – 17h

3-) Como chegar ao Cabo da Boa Esperança

Cape Point Africa do Sul
Olhando para o Cape Point no Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

O Cabo da Boa Esperança fica bem próximo da Cidade do Cabo, cerca de 70km, e se pode inclusive passar por outra famosa atração da região, e que já falamos aqui no blog: a Boulders Beach, a maravilhosa praia dos pinguins na África do Sul!

Para quem está com carro, o trajeto é bem tranquilo e pode ficar ainda mais bonito se passar pela Chapman’s Peak Drive, uma estrada cênica, com paisagens de tirar o fôlego, pela costa sul africana. Cheia de curvas, é especialmente bonita no fim do dia, para conferir o por do sol.

Cape Explorer Cidade do Cabo
Ônibus que faz passeios até Boulders Beach e Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

Quem está sem carro, há várias empresas de turismo que organizam passeios de um dia saindo da Cidade do Cabo. Nós fizemos com a City Sightseeing South Africa, a mesma empresa dos ônibus vermelhos de 2 andares que fazem city tour em várias cidades do mundo, incluindo também na Cidade do Cabo.

Eles possuem um passeio de um dia, chamado de Cape Point Explorer, que visita a Boulders Beach, Cabo da Boa Esperança e passa pela Chapman’s Peak Drive, num bate e volta da Cidade do Cabo.

Boulders Beach Africa do Sul
No caminho pela costa sul africana até Boulders Beach e Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

O valor é de R530 para adultos e R275 para crianças de 2 a 11 anos (o que dá por volta de R$ 160 e R$ 80, respectivamente). Foi o melhor custo X benefício que encontramos e como dissemos já no post de Boulders Beach achamos mesmo que valeu a pena! O ônibus é super confortável (incluindo wifi de graça e entrada USB para carregar o celular), ótimos motoristas e guias falando um inglês perfeito e todo roteiro foi super pontual. Valeu a pena!

O passeio dura o dia todo, saindo por volta das 9h e voltando às 17h30 na Cidade do Cabo. No valor está incluso tudo menos refeições (que você pode levar ou fazer onde quiser, especialmente no Cabo da Boa Esperança onde há mais tempo livre e opções), a entrada de Boulders Beach e o funicular para Cape Point, já que algumas pessoas preferem fazer a pé o trajeto.

Trilha Cabo da Boa Esperançaa
Trilha para o Cabo da Boa Esperança. Acesso pode ser feito de carro também. Foto: GC/Blog Vambora!

É um passeio de muita procura, com saídas diárias, mas é melhor reservar com pelo menos com 1 dia de antecedência para garantir um lugar. É possível reservar e comprar online, ou chegando na Cidade do Cabo e comprar nas agências do City Sightseeing, no Waterfront ou Long Street, na região central da Cidade do Cabo. Veja aqui mais informações: https://www.citysightseeing.co.za/cape-town/products/cape-town-live-guided-day-tours/cape-explorer-cape-point-tour

Cape Point
Cape Point. Foto: GC/Blog Vambora!

Pela nossa experiência, para quem gosta bastante de natureza, vale tentar fazer o passeio por conta própria, alugando um carro na Cidade do Cabo, para poder curtir a região com mais tempo. Por exemplo, no Cabo da Boa Esperança há diversas trilhas e mirantes que não fizemos por causa do tempo curto da excursão.

Praia no Cabo da Boa Esperança. Foto: GC/Blog Vambora!

De toda forma, é um passeio lindíssimo, surpreendente e que vale muito a pena fazer, de qualquer maneira! Provavelmente foram as paisagens mais lindas que vi na África do Sul! É muito maravilhoso mesmo!

Vambora então conhecer o Cabo da Boa Esperança também!

+ info: https://capepoint.co.za

*** Veja mais dicas da ÁFRICA DO SUL no blog:
– 
Boulders Beach: a linda praia dos pinguins na África do Sul!
Safári na África do Sul: dicas e dúvidas!
12 Comidas típicas da África do Sul para experimentar

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui