Vivendo e aprendendo: 9 dicas de viagem e curiosidades sobre a Rússia!

2

Dicas de viagem e curiosidades sobre a Rússia

A Rússia é o maior país do mundo e nesses dias, também será o país mais falado do planeta! Vai começar a Copa do Mundo e vamos poder, além de acompanhar muito futebol, conhecer mais curiosidades sobre a Rússia!

Com dimensões continentais (tem o dobro do tamanho do Brasil!), há muita coisa legal conhecer e se você for viajar para a Rússia a chance de você se surpreender e adorar o país é imensa! Confira abaixo então dicas de viagem e curiosidades sobre a Rússia, esse país tão fantástico para se viajar. Vambora!

9 dicas de viagem e curiosidades sobre a Rússia!

9-) Metrô Museu de Moscou

Metro de Moscou

Digno de fazer parte de grandes museus do mundo, o metrô de Moscou parece mais um museu de tão lindo!

Construído em 1935, o metrô de Moscou foi feito para retratar a força do governo comunista, sendo uma ode ao trabalhador russo da época, além de servir também de refúgio durante a guerra.

As estações construídas com muitos metros de profundidade, garantiam a proteção das pessoas durante bombardeios. As escadas rolantes, imensas mostram bem isso!

São várias estátuas, painéis e muitos ornamentos que deixam qualquer visitante completamente embasbacado com tanta beleza! Por tantas obras primas, andar de metrô na Rússia virou também uma atração turística!

8 -) O prato típico da Rússia

Strogonoff, prato tipico da Russia

Comer bem na Rússia não é difícil, especialmente porque um dos mais famosos pratos típicos do país é um velho conhecido nosso…ou quase! O Strogonoff russo, comparado ao nosso bom e delicioso Estrogonofe são parecidos mas tem suas diferenças.

A versão abrasileirada, com arroz e batata palha, passa longe do tradicional russo, comido geralmente com batatas cozidas e com o creme de leite substituído por sour cream, um creme de leite mais azedo. O resultado? Tão bom quanto o nosso! Pode acreditar!

Entre outras comidas típicas da Rússia, vale experimentar também o Borscht, uma sopa feita de beterraba e o Blini, um tipo de panqueca bem fina e em geral pequena que acompanha os mais variados recheios, sendo o caviar, o mais típico e chique recheio russo de todos os tempos!

7-) Turista brasileiro não precisa de visto para viajar para a Rússia!

Bandeira Russia

Desde 2010 brasileiros com viagem marcada para a Rússia, não superior a 90 dias de permanência, não precisam de visto para entrar no país! Para maiores períodos, ai é necessário o visto. Veja mais no site da Embaixada da Rússia no Brasil: https://brazil.mid.ru/web/brasil_pt/informacao-sobre-vistos

Porém, uma obrigação é que o seu passaporte tenha validade superior a 6 meses após a saída prevista do país. Então por exemplo: se você vai viajar para a Rússia para a Copa do Mundo, indo dia 16/06/2018 e voltando dia 16/07/2018, seu passaporte deverá estar válido 6 meses depois do dia 16/07/2018, ou seja, até pelo menos 16/01/2019.

O seguro viagem, ao contrário dos países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen, não é obrigatório para turistas entrarem na Rússia, mas por questões óbvias de: ninguém querer ter que ter alguma questão médica ou de perda de documentos e bagagem no país sem falar nada de russo, viajar para lá com um seguro viagem internacional é essencial. Veja aqui como fazer o seu e ainda tem desconto para leitores do blog: https://www.blogvambora.com.br/seguro-viagem-com-desconto/

6-) Moeda local: é melhor levar euros e trocar por rublos

Rublos, moeda russa

O rublo é a moeda russa, mas para o viajante é muito melhor levar euros para a Rússia do que rublos.

Isso acontece porque a cotação de rublos fora da Rússia, pode sair bem mais cara do que comprar diretamente no país. E como o euro é a moeda estrangeira mais negociada e aceita na Rússia (até mais que o dólar), é muito melhor e mais fácil achar boas cotações de Rublos usando euro na Rússia.

Para quem quiser economizar e garantir uma cotação com desconto de euro, vale conferir o desconto que a Cotação, maior distribuidora de câmbio turismo do Brasil, oferece para os leitores do blog, veja aqui: https://www.blogvambora.com.br/cambio/

Aliás, se alguém quiser só levar alguns rublos, só para chegar com um pouco de dinheiro já trocado na Rússia, a Cotação também possui a moeda, e também com desconto! Só falar que é leitor do blog Vambora! para garantir! 🙂

5-) Tax-Free na Rússia: agora tem!

Moscou a noite

Por falar em dinheiro, uma outra curiosidade sobre a Rússia é que o país passou a adotar o Tax-Free, ou seja, a restituição de parte do dinheiro para compras feitas na Rússia, há pouco tempo!

Esse modelo, já muito usado em diversos países europeus e pelo mundo, passou a existir em janeiro de 2018 na Rússia e funciona assim:

  • Antes de realizar uma compra, pergunte na loja se ela possui Tax-Free. Muitas possuem um selo colado na vitrine, mas como ainda é uma novidade, vale perguntar pessoalmente para tirar a dúvida.
  • Se o estabelecimento for Tax-Free, você conseguirá uma restituição para compras acima de 10.000 rublos (o que dá por volta de R$ 600 ou 135 euros).

Peça a nota fiscal e na volta da viagem, no aeroporto, basta apresentá-las para receber a restituição do “VAT” (value-added tax), que é o imposto cobrado sobre compras/consumo. Uma dica: tente chegar com bastante antecedência no aeroporto (geralmente há filas na restituição) e deixe os produtos e as notas fiscais acima de 10mil rublos separados para mostrar ao fiscal. É comum que peçam para ver além das notas também o produto em si comprado, então vale deixar eles numa mala, bolsa ou mochila com fácil acesso.

4-) Melhor souvenir: Matrioska

Matrioska

E por falar em compras, a Matrioska deve ser provavelmente o souvenir mais típico de toda Rússia! São bonecas, feitas geralmente em madeira, com diversas dessas, na maior parte das vezes idênticas, uma dentro das outra.

Elas começaram a ser feitas por volta de 1890 na Rússia e o nome “Matrioska” vem da palavra “mãe”, sendo essas bonecas também um grande símbolo de fertilidade (já que cada uma dá origem/guarda a outra dentro de si).

As mais comuns, possuem por volta de 5 a 7 bonecas, mas o recorde foi de 51 bonecas formando uma Matrioska, impressionante!!

As mais tradicionais são pintadas a mão, simbolizando meninas com roupas e desenhos florais bem femininos, mas o mundo pós socialista chegou com tudo na Rússia e hoje é possível encontrar desde matrioskas representando políticos, até jogadores de futebol. Impossível é não sair da Rússia com pelo menos uma delas para trazer para o Brasil!

3-) Hermitage: um dos maiores museus do mundo

Hermitage em Sao Petersburgo

Um dos maiores museus do mundo, o Hermitage com absoluta certeza é uma das maiores e mais imperdíveis atrações de toda a Rússia!

Localizado na linda cidade de São Petersburgo, ao norte de Moscou, o Hermitage é um grande complexo de arte, formado por seis palácios e pavilhões. Um dos mais importantes e impressionantes é o Pavilhão de Inverno.

O mais impressionante é que o acervo do museu é tão grande quando os prédios em si, e nem todas as obras de arte conseguem ficar expostas. Por isso mesmo, existem até filiais do Hermitage pelo mundo, como em Amsterdam. Nós fomos e adoramos, imagina no original! É um passeio de pelo menos um dia inteiro para ver o melhor da arte de todo o mundo, na Rússia!

2-) Vodka é água?

Uma das maiores referências da cultura nacional russa é a Vodca ou Vodka como eles chamam por lá!

Vodca ou Vodka

Essa bebida destilada pode ser feita de diversos alimentos ricos em carboidrato, como milho, arroz, batata e até beterraba! Como é destilada e filtrada algumas vezes é difícil saber ao certo o ingrediente principal, mas o teor alcoólico de no mínimo de 37.5%, esse, todo mundo consegue perceber!

Uma das maiores curiosidades da vodca é que seu nome tem origem na palavra “água” ou melhor “aguinha” (no diminutivo mesmo rs) e vem da língua eslava. O fato é que a vodca é consumida largamente em toda Rússia, e uma dose, purinha, de preferência, e tomada num só gole, deve ser apreciada pelo menos uma vez pelos visitantes que vão para o país. Difícil é tomar uma só!

1-) Algumas palavras em russo!

Anoitecer Kremlin em Moscou

Agora que você já aprendeu tantas curiosidades sobre a Rússia, chegou a hora de aprender algumas palavras e expressões em russo para se comunicar!

Para começar então, para dizer “Olá” pronuncie em russo “pree-vyét” ou “Isdrástuite”  sendo mais formal (dica do nosso leitor Henrique!). Para pedir algo, a expressão “por favor” é em russo “pa-JHAL-sta”. Depois para agradecer, o “obrigado” em russo se pronuncia “”spa-see-ba”.

Pronto agora você já sabe falar a frase mais importante da sua viagem para a Rússia: “Pree-vyét! Vodka, pa-JHAL-sta. Spa-see-ba!” (Olá, uma vodca por favor. Obrigado!). 😀

Vambora então para a Rússia?!

*** VEJA TAMBÉM:
Destinos de viagem para 2018: roteiros e ideias
O metrô museu de Moscou
Conhecendo os melhores museus do mundo pelo Google Art Project

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

2 COMENTÁRIOS

  1. Só um adendo, porque língua russa é complicada… Priviet (Привет) é uma forma mais informal de dizer oi, não muito recomendada para usar com desconhecidos.
    Isdrástuite (здраствуйте) é mais formal e recomendável para se usar com estranhos/funcionários.
    E “por favor” pronuncia-se Pajálusta, o Z no lugar do J russo é uma confusao do ingles, pois eles nao tem um homólogo como nós e substituiem pelo Z.
    Ótimas dicas, no mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui