Próxima viagem: Novo selo “Turismo Responsável” para retomada de viagens no Brasil

0

Selo Turismo Responsavel Ministerio do Turismo Brasil

O Ministério do Turismo, junto com a ANVISA e entidades de segmentos turísticos, criou um selo para a retomada do turismo no Brasil. Chamado de “Turismo Responsável – Limpo e Seguro”, o selo procura criar protocolos de higienização e boas práticas no combate à Covid-19, para a volta das atividades do setor de modo consciente e seguro, para turistas e prestadores de serviço.

Essa tipo de ação já está sendo feito em outros países, como Portugal, que também criou um selo para empreendimentos e empresas de turismo. Nós falamos mais sobre isso no post “Turismo pós coronavírus – Como e quando voltaremos a viajar?“.

Ao criar o selo, além de regular boas práticas, tal medida procura também deixar o visitante mais seguro para a volta gradual das atividades turísticas. Veja abaixo então, todos os detalhes e principais pontos do selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro”, no Brasil.

Selo “Turismo Responsável”, para retomada de viagens no Brasil

O que é o selo “Turismo Responsável”?

Como falamos acima, o selo “Turismo Responsável” foi criado para orientar empresas de turismo e turistas, de boas práticas e protocolos de segurança para volta gradual da atividade turística no Brasil.

Essas medidas e indicações foram criadas pelo Ministério do Turismo, em conjunto com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e entidades do segmento de turismo no Brasil.

Fazem parte, por enquanto, 15 atividades como: Meios de Hospedagem; Agências de Turismo; Transportadoras Turísticas; Organizadoras de Eventos; Parques Temáticos; Acampamentos Turísticos; Restaurantes, Cafeterias, Bares e similares; Parques Temáticos Aquáticos; Locadoras de veículos para turistas, Guias de Turismo, entre outros.

Principais protocolos de segurança e higiene que devem ocorrer

Para esse selo foram criados protocolos específicos e outros básicos, para todas as atividades. Entre as ações básicas, estão por exemplo:

  • Promover a medição da temperatura de todos os frequentadores na entrada do estabelecimento;
  • Uso de máscaras no atendimento;
  • Disponibilizar álcool a 70% em locais estratégicos como: entrada do estabelecimento, acesso aos elevadores, balcões de atendimento, para uso de clientes e trabalhadores;
  • Providenciar o controle de acesso e a organização das filas para que seja respeitada a distância mínima de 2,0 (dois) metros entre as pessoas.

Como medidas específicas, para restaurantes e bares, por exemplo, será preciso limpar as superfícies das mesas e cadeiras, sempre que um cliente deixar o local.

Como solicitar o selo “Turismo Responsável”

O selo pode ser solicitado de forma gratuita através do site: http://www.turismo.gov.br/seloresponsavel/.

Para ter acesso, as empresas e guias de turismo precisam estar devidamente inscritos no Cadastur (Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos) e ler as orientações previstas no protocolo destinado ao segmento em que atua.

Uma vez cumprindo TODAS as orientações (básicas e específicas de cada segmento), o responsável se autodeclara que atende os pré-requisitos e pode baixar o selo e colocar num local visível de acesso aos clientes.

Cada selo terá um QR Code, no qual os turistas poderão ver quais são as medidas tomadas por cada estabelecimento e também denunciar caso alguma delas não esteja sendo cumprida, podendo resultar na revogação do selo para o estabelecimento, pelo Ministério do Turismo.

O selo “Turismo Responsável” já se encontra disponível para empresas, e em torno de 20 dias, poderá ser usado também por guias de turismo.

É preciso lembrar que toda retomada da atividade turística deve seguir as indicações de governos estaduais e prefeituras, através de um plano de reabertura gradual da economia, seguindo dados científicos de cada região. Qualquer reabertura irresponsável e baseada em achismos, sem seguir recomendações, só poderá piorar a situação, aumentando o número de casos e levando novamente ao fechamento de atividades não essenciais, como as turísticas.

Algumas cidades brasileiras, como Foz do Iguaçu, Gramado e Campos do Jordão, por exemplo, já estão fazendo essa reabertura para o turismo. Veja nesse outro post também, como está sendo a reabertura do turismo em diversos países no exterior

Porém, Gramado, por exemplo, já teve uma volta de restrições no dia 15/06, depois da reabertura com o aumento do número de casos. Assim fica aqui a questão: será que já estamos prontos para uma reabertura do turismo no Brasil ou precisamos ainda voltar atrás para ações mais básicas como o controle da doença? O que se tem se visto em muitos lugares pelo mundo é que se feita de maneira ainda muito antecipada, essa retomada tende a gerar um fechamento novamente.

O que vocês acharam então desse selo? Se sentem mais seguros em ir para um local ou usar um serviço turístico que possua ele? Conte aqui nos comentários. Vambora!

*** VEJA TAMBÉM:
Fim da quarentena e retomada do turismo: veja como está sendo em diversos países
Turismo pós coronavírus: como e quando voltaremos a viajar?
Cancelamento de reservas e eventos: veja as novas regras devido ao Coronavírus

Planeje aqui a sua viagem!
SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui