Roteiro cultural: O que fazer em Praga – Roteiro de 3 a 4 dias na cidade

4
O que fazer em Praga
Praga, como não se apaixonar? Foto: GC/Blog Vambora!

Procurando o que fazer em Praga e uma sugestão de roteiro pela cidade? Então você chegou ao lugar certo! 🙂

Praga é uma das cidades que mais recebe turistas na Europa e a razão é simples: uma beleza impressionante para todo lado que você olhe, com preços extremamente competitivos que fazem dela uma das mais baratas da Europa para se visitar. Fora da zona do euro, em um país em desenvolvimento, Praga é linda e imperfeita na sua própria maneira, o que a torna completamente apaixonante.

Em geral de 3 a 4 dias é possível ser introduzido e conhecer a maior parte das principais atrações da cidade e fazer algum bate e volta, mas é claro: quanto mais tempo em Praga, mais segredos e melhor a cidade e seus arredores conhecerá. Confira então abaixo uma sugestão de roteiro e dicas do que fazer na cidade:

O que fazer em Praga: Roteiro de 3 a 4 dias na cidade 

1-) 1º DIA: Centro da cidade antiga (Staré Mesto) e Ponte Carlos

Old Town Square Praga
Old Town Square em Praga. Foto: GC/Blog Vambora!

Recém chegado de viagem, deixe suas coisas no hotel e parta para o coração de Praga: a cidade antiga, chamada de Staré Mesto e sua praça famosa, a Praça da Cidade Velha ou como é conhecida por muitos a Old Town Square.

Sempre cheia de turistas, você provavelmente passará por aqui durante a maior parte dos dias que estiver em Praga e nela você já encontra alguns ícones da cidade, como o Relógio Astronômico (localizado na Velha Prefeitura de Praga) e a Igreja de Nossa Senhora Diante de Týn.

Relogio Astronomico Praga
Relógio Astronômico de Praga. Foto: GC/Blog Vambora!

O relógio astronômico é uma atração à parte: cheio de símbolos e significados, de hora em hora uma multidão de turistas se posicionam na sua frente para ver a procissão dos doze Apóstolos que saem do relógio e hipnotizam todos. Porém, para conhecer melhor toda a história e detalhes por trás do relógio astronômico e ter uma das melhores vistas de Praga, vale fazer a visita guiada a Velha Prefeitura, que inclui além dos cômodos históricos do prédio, exposições, uma visita do mecanismo interno do relógio e a vista privilegiada de sua torre de 60m, para todo o centro de Praga. Para saber os horários e valores para a visita, confira o site oficial da Velha Prefeitura de Praga: http://www.staromestskaradnicepraha.cz/en/practical-informations/daily-schedule/

Uma dica boa é que na Torre da Velha Prefeitura há um elevador que leva até o alto, o que é ótimo e facilita a vida para ver Praga do alto sem fazer muito esforço!

Doce Trdelník em Praga
Trdelník: comida de rua barata e deliciosa em Praga! Foto: GC/Blog Vambora!

Em épocas comemorativas, como Natal e Páscoa, ficam na Praça Central também feiras temáticas, vendendo objetos e comidas típicas. Aliás, não deixe de experimentar por aqui o Trdelník, uma espécie de pão doce assado em espiral, passado no açúcar e amêndoas, vendido em diversas barraquinhas e estabelecimentos do centro histórico. Achar é muito fácil pois são geralmente feitos na hora e o cheiro é delicioso! Se adicionar Nutella então….Uau, absurdamente bom!

Saindo da Praça da Cidade Velha, comece a caminhar pelas ruas labirínticas do centro em direção a Ponte Carlos, um dos maiores ícones de Praga. A ponte mais antiga de Praga, do ano de 1400, com cerca de 500m é liberada somente para pedestres e faz a ligação entre a cidade Velha e o outro lado onde está o Castelo de Praga.

Ponte Carlos Praga
Ponte Carlos com Castelo de Praga ao fundo. Foto: GC/Blog Vambora!

O final de tarde por lá é inesquecível, embora bem lotado! Para os que conseguem acordar cedo (bem cedo mesmo!) o amanhecer na ponte é o horário ideal para vê-la por completo e mais vazia na sua perfeição. Existem também torres nos dois extremos da ponte em que é possível pagar para subir e ver a ponte do alto. Somente uma observação: devido a grande aglomeração de turistas, a ponte nos horários de pico é famosa por furtos, então fique atento aos seus pertences.

Já no final do dia, aproveite para experimentar os famosos cafés de Praga, onde é possível comer muito bem a qualquer hora do dia! Perto do centro de Praga, dá para ir tranquilamente conhecer um dos mais bonitos, o Café Imperial, aberto em 1914 em estilo art noveau e o melhor, com ótimos preços (veja aqui mais detalhes).

2-) 2º DIA: a antiga e a nova Praga

Dancing House
A Casa Dançante, a Dancing House em Praga. Foto: GC/Blog Vambora!

Depois da introdução do primeiro dia, chegou a hora de conhecer mais profundamente a história de Praga! Nossa sugestão é começar o dia fazendo um Free Walking Tour, passeios oferecidos por agencias de turismo local que fazem um passeio geral pelo centro histórico de Praga, incluindo o bairro judeu, em que se paga o quanto quiser e achar que valeu o passeio. É uma ótima forma de conhecer mais a região e sua história, sendo introduzido aos principais pontos turísticos da área (além dos já citados, também a Torre da Pólvora, palácios, teatros, museus, cafés, etc). O ponto de encontro oficial para saída do tour é na Old Town Square e ele dura de 2h a 3h (veja aqui mais informações sobre o tour).

Chegou a hora de comer, então aproveite e comece a conhecer as sensacionais (e extremamente baratas) cervejas tchecas, muitas vezes mais baratas do que água! Localizado no centro histórico, fica o Lókal, restaurante/cervejaria com ótimo custo x benefício, já que é uma cervejaria tcheca (com um excelente chope) servindo comidas clássicas da República Tcheca com preços muito bons (veja mais nesse post aqui).

Praga Predios
Caminhada pelas margens do Rio Moldava. Foto: GC/Blog Vambora!

Quem quiser, pode ir conhecer um pouco mais da história do Bairro Judeu (Josefov), visitando os memoriais, museus e sinagogas da região. A região hoje se tornou uma das áreas mais nobres de Praga e possui restaurantes e lojas de grife na Rua Paris, a Pařížská, em tcheco.

A tarde, vá permeando o Rio Moldava (a pé ou de tram), vendo as lindas vistas da cidade e sua arquitetura belíssima, até ser surpreendido pelo moderno prédio Casa Dançante (Dancing House), exemplo da nova cara e arquitetura moderna de Praga. Há quem ame e quem odeie mas o que todo mundo concorda é que ele chama muita atenção em comparação a arquitetura clássica da cidade. Há um café e restaurante para quem quiser ver como ele é por dentro e ter mais vistas da cidade (veja mais nesse post).

Praça Venceslau
Grand Hotel Europa na Praça Venceslau. Foto: GC/Blog Vambora!

Termine o dia conhecendo um pouco mais do lado moderno de Praga, indo para a região da cidade nova (Nové Mesto) com a Praça Venceslau, um grande boulevard que começa na cidade antiga e termina no Museu Nacional de Praga. A estátua no meio é do Duque que dá o seu nome a praça. Aqui o clima é de cidade grande, com diversos restaurantes, fast foods e redes lojas, então quem quiser fazer algumas comprinhas mais em conta é o lugar.

3-) 3º DIA: Malá Strana e Castelo de Praga

Catedral de São Vito no Castelo de Praga
Uma das áreas dentro do imenso Castelo de Praga. Foto: GC/Blog Vambora!

Chegou o dia de conhecer finalmente a maior atração da cidade, o Castelo de Praga, que fica do outro lado do Rio Moldava (chamado de Malá Strana) e emoldura praticamente todas as vistas da cidade!

O Castelo de Praga é considerado pelo Guinness Book o maior castelo do mundo, então prepare para chegar cedo e dedicar pelo menos uma manhã inteira para conhecer a atração. Para todas dicas da visita e detalhes, veja esse post especial que fizemos sobre a visita ao castelo no blog (veja aqui).

Distrito de Mala Strana em Praga
Distrito de Mala Strana, um dos mais bonitos de Praga. Foto: GC/Blog Vambora!

A tarde, dá para conhecer o charmoso distrito de Malá Strana, passando pela Igreja da Nossa Senhora Vitoriosa (onde está a estátua do Menino Jesus de Praga) e o Muro de John Lennon, que muito mais que só um lindo muro com arte em grafite,tem um significado político e de liberdade na história recente da República Tcheca (veja mais sobre aqui).

Muro de John Lennon
Muro de John Lennon em Praga, intervenções mais modernas na cidade. Foto: GC/Blog Vambora!

No fim de tarde, suba para o Parque Petřín, um parque ao lado do Castelo, numa colina com lindas vistas de Praga. Para chegar até lá, pega-se um funicular e além do parque bem bonito, há uma pequena réplica da Torre Eiffel, que se pode subir para se ter vistas ainda mais bonitas de Praga no final do dia.

Parque Petrín
Parque Petrín. Foto: GC/Blog Vambora!

De noite, vale conhecer o lado mais boêmio de Praga, indo num de seus pubs e bares, como o Prague Beer Museum, com sua variedade imensa de chope e cervejas ou a Absintherie, que depois da cerveja possui uma bebida bem famosa da República Tcheca, o Absinto (veja mais nesse post).

4-) 4º DIA: Bate e volta para Cesky Krumlov

Cesky Krumlov na República Tcheca
Cesky Krumlov na República Tcheca. Foto: GC/Blog Vambora!

Dia dedicado para fazer um dos bate e voltas mais famosos de Praga: conhecer Cesky Krumlov! Considerada Patrimônio Mundial da UNESCO, é uma cidade medieval na República Tcheca, construída por volta do século XIII, ao redor de um castelo (o segundo maior da República Tcheca – menor apenas que o de Praga). Sobrevivente das guerras sem muitas feridas a cidade permaneceu praticamente intacta desde então, sendo um dos maiores tesouros do país.

Entrada Castelo de Cesky Krumlov
Entrada do Castelo de Cesky Krumlov. Foto: GC/Blog Vambora!

A Cesky Krumlov fica a cerca de 180km de Praga e pode ser visitada facilmente num bate e volta desde a capital. Pela sua beleza, a vontade que dá é passar pelo menos uma noite por lá, mas quem não tem muito tempo, a visita de um dia já é suficiente para cair de amores pelo lugar. Veja aqui o relato completo da visita que fizemos, com todas as dicas de como chegar: https://www.blogvambora.com.br/cesky-krumlov-na-republica-tcheca/

Para quem tiver mais tempo ou não quiser incluir um bate e volta, há ainda outras atrações bem interessantes para se ver em Praga como:

Museu Kampa
Museu Kampa com obras do artista David Cerny na entrada. Foto: GC/Blog Vambora!

1-) Museu Franz Kafka, de um dos maiores escritores de literatura moderna do mundo, nascido e criado em Praga. Fica localizado em Malá Strana, do mesmo lado da cidade onde está o Castelo de Praga (veja mais aqui).

2-) Parque e Museu Kampa, museu de arte contemporânea também em Malá Strana, cujo jardim possui esculturas do artista David Cerny, artista tcheco que possui diversas obras bem polêmicas por toda Praga (veja mais aqui).

3-) Torre da TV (Žižkov Television Tower), outro local com lindas vistas de Praga, porém fica um pouco mais afastado do centro histórico e paga-se para subir.

4-) Castelo de Vysehrad, símbolo da história tcheca e praticamente local onde Praga nasceu, o local é ainda pouco conhecido pelos turistas mas é importantíssimo localmente. Com muralhas, ruínas, um dos prédios mais antigos de Praga ainda de pé e um jardim com lindas vistas da cidade, Vysehrad vale a visita de quem tem mais tempo na cidade.

E além de Cesky Krumlov, outros bate e voltas que não conseguimos fazer mas que são possíveis fazer num dia, saindo de Praga são:

Pilsen - Tour Cervejaria Pilsner Urquell
Tour Cervejaria Pilsner Urquell em Pilsen. Foto: Divulgação

– Kutná Hora: Uma outra cidade medieval também Patrimônio da Humanidade da UNESCO, mas famosa mesmo pelo Ossuário de Sedlec, uma capela de ossos, toda adornada com caveiras e esqueletos (veja mais detalhes no blog Vontade de Viajar que visitou o local)

– Castelo de Karlstejn: atração bem popular na República Tcheca, mas ainda pouco conhecida pelos brasileiros. O castelo medieval é muito bem conservado com lindas vistas da região (veja mais detalhes no blog Por que não? Travels que visitou o loca).

Pilsen: Meca dos amantes da cerveja, a cidade a 90km de Praga é o local de origem da famosa cerveja pilsen, tão famosa no mundo e entre os brasileiros. Lá fica também a fábrica da Pilsner Urquell, marca de cerveja tcheca mais famosa, que oferece tours guiados (veja mais detalhes no blog Viajante Cervejeiro que fez o tour).

Como disse, essa é só uma sugestão de roteiro mas deu para ver que o que fazer em Praga e nos seus arredores não falta! Tem passeios, atrações e paisagens para todos os gostos e tempos de permanência.

Já foi para Praga e tem alguma dica de atração ou bate e volta que não falamos por aqui? Deixe sua dica e sugestão nos comentários do blog! Pronto então para passear pela cidade? Vambora!

*** Veja mais dicas de PRAGA no blog:
Castelo de Praga, uma visita ao maior castelo do mundo!
Viajando de ônibus e trem na República Tcheca
Cesky Krumlov na República Tcheca, uma cidade de contos de fadas para chamar de sua
TODAS as dicas de PRAGA no blog

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui