Roteiro cultural: O que fazer em Munique – Roteiro de 4 a 5 dias na cidade

12

Pode ser durante ou fora da época da Oktoberfest, Munique é uma daquelas cidades da Alemanha que vale muito a pena visitar! Ver história, modernidade, gastronomia, esporte, cerveja (muita cerveja!) são algumas das coisas que todo turista que vai para lá encontrará. Aliás, uma outra característica super interessante de Munique é ser uma cidade muito bem localizada na Alemanha, perto de outras atrações e destinos incríveis que podem ser facilmente visitados num bate e volta da cidade. Por isso, vale mesmo a pena destinar pelo menos de 4 a 5 dias (ou talvez até 6 dias!) do seu roteiro de viagem lá.

+ Hotéis em MUNIQUE: onde se hospedar na cidade

Quer mais detalhes para saber o que fazer em Munique? Então confira nossa sugestão de roteiro abaixo:

Legenda: Atrações por dia – Vermelho 1º dia, laranja 2º dia, 3º dia bate e volta (fora da aérea do mapa), roxo 4º dia e azul 5º dia

1º DIA – Passeio pelo centro da cidade (Altstadt)

Karlstor Munique
Karlstor: um dos portões medievais de entrada para o centro histórico de Munique. Foto: GC/Blog Vambora!

Recém chegado de viagem vá direto para o coração da cidade: o centro histórico de Munique chamado de Altstadt. Aqui será possível conhecer um pouco da história de mais de 800 anos da cidade, ter as vistas mais bonitas de Munique, além de começar a ser introduzido a cultura da gastronomia e cerveja local :-D.

Antiquarium Residenz Munique
O surpreendente palácio/museu Residenz Munique. Foto: GC/Blog Vambora!

Visitar a Marienplatz (a principal praça da cidade), subir na torre da igreja Peterskirche (para se ter as vistas mais bonitas de Munique do alto), ir comer no Viktualienmarkt, beber na Hofbrauhaus e visitar o Residenz Museum (o maior palácio urbano da Alemanha), são alguns dos passeios clássicos para se fazer por lá. Para mais detalhes, veja esse nosso post completo da região: https://www.blogvambora.com.br/passeio-centro-munique-roteiro-mapa/

2º DIA – Museus, parque e cerveja!

Deutsches Museum
O moderno e interativo Deutsches Museum. Foto: Divulgação

Pouca gente sabe mas Munique possui diversos museus, muitos únicos e super bem conceituados em toda Europa. Há inclusive um distrito inteiro na cidade cheio de museus, chamado de Kunstareal, no bairro de Maxvorstadt. Por isso, vale a pena dedicar algumas horas de um dia para visitá-los. Se for domingo, deixe esse dia especialmente reservado pois é quando todos museus da cidade cobram apenas 1 euro para entrar!

Assim, nessa região de Maxvorstadt ficam pelo menos 4 museus imperdíveis para se visitar e escolher de acordo com seu interesse. São eles:

  • Alte Pinakothek: Arte clássica (especialmente pinturas) do século 14 até o 18, com grandes nomes europeus como Rubens, Botticelli, Rafael, El Greco e Velásquez.
  • Neue Pinakothek: É praticamente a continuação da Alte Pinakothek, com obras do século 19 e início do 20, de artistas como Monet, Van Gogh entre outros.
  • Pinakothek der Moderne: O maior museu de arte moderna da Alemanha, num prédio lindo dedicado a obras de vários tipos de arte, como design gráfico, industrial e até arquitetura. Nomes famosos como Picasso, Kandinsky, Le Corbusier, entre outros estão lá.
  • Museu Brandhorst: Por fora, todo colorido, chama atenção de quem passa na rua. Possui obras contemporâneas (que vão muito alem de telas nas paredes) de artistas como Andy Warhol e Dan Flavin.
Pinakothek der Moderne
Pinakothek der Moderne em Munique. Foto: Divulgação/Facebook

Na dúvida de qual visitar? Nada melhor do que entrar no site de cada um e ver qual você teria mais curiosidade de conhecer (clique nos nomes nos museus acima para acessar). Com vontade de ver mais de um? Então considere gastar pelo menos 1h30/2h em cada um deles para organizar o seu dia.

Porém, se você for mais do tipo que curte um museu mais “interativo e moderno” (e especialmente se estiver com crianças) vale visitar o Deutsches Museum, mais ao sul da cidade (vide mapa acima). Navios e aviões inteiros, muita física e engenharia estão nesse museu dedicado a tecnologia ao longo dos anos (não só da Alemanha). É bem grande então vale pegar o mapa do museu antes de entrar e selecionar quais exposições tem mais interesse.

Surfe Eisbach Englischer Garten Munique
Surfe no Eisbach Englischer Garten em Munique. Foto: GC/Blog Vambora!

Depois de tanta cultura, a sugestão é dar uma relaxada indo em direção ao maior parque urbano de Munique e um dos maiores da Europa (maior ainda que o Central Park em Nova York!), o Englischer Garten.

+ SEGURO VIAGEM obrigatório para Europa com desconto para leitores, da MONDIAL Assistance 

Para quem estava em Maxvorstadt, basta ir caminhando para chegar na entrada sul do parque e dar de cara com uma das atrações mais inesperadas para se ver em Munique: o Surfe no Eisbach, que é nada menos do que uma super onda criada artificialmente nesse rio que corta o parque. Em qualquer época do ano, faça chuva faça sol, com calor ou neve, sempre vai ter alguém lá surfando! É tão inesperado e impressionante acabou virando atração turística! 😀

E antes que pergunte: infelizmente não dá para qualquer um surfar lá. O rio é muito raso e a correnteza forte então só pessoal treinado pode jogar (literalmente) sua prancha lá e “tirar uma onda”. 😉

Torre Chinesa Biergarden em Munique
Torre Chinesa, o Biergarden mais antigo de Munique. Foto: Petrabroda, Flickr/ Creative Commons/http://bit.ly/1HhX7TD

Depois disso vá conhecer o parque, especialmente agradável e bonito nos dias quentes. Chance de caminhar um pouco, tirar umas fotos e conhecer o biergarten mais antigo de Munique: a Torre Chinesa, conhecida localmente como Chinesischer Turm, aberta desde 1791. Fica sempre repleta no verão e primavera, pela localização privilegiada bem no centro do Englischer Garten, e atrai todo tipo de público. É a parada ideal para quem quiser se refrescar e já emendar o happy hour com uma bela cerveja de 1 litro no parque!

3º DIA – Castelo de Neuschwanstein

Castelo de Neuschwanstein
Neuschwanstein: o castelo dos sonhos é real na Alemanha. Foto: GC/Blog Vambora!

Atração número 1 de toda Alemanha, estando em Munique você precisa deixar ao menos uma dia do seu roteiro de viagem para ir até o Castelo de Neuschwanstein, o castelo dos sonhos de qualquer pessoa e que inclusive inspirou Walt Disney para criar o Castelo da Cinderela na Disney. Pelas fotos dá para ver que qualquer semelhança não é mera coincidência! 😉

Vista Neuschwanstein
Visão do alto do Neuschwanstein, com vista para o castelo de Hohenschwangau lá embaixo. Foto: GC/Blog Vambora!

O Castelo de Neuschwanstein fica na cidade de Fussen, mais ou menos 2h30 de trem de Munique. De tão especial e por conter paisagens tão deslumbrantes esse é o bate volta nº1 que todo mundo deve fazer a partir de Munique e a visita completa dura o dia todo. Para saber todos os detalhes, fizemos esse post especial contando tudo, veja: https://www.blogvambora.com.br/castelo-de-neuschwanstein-todas-dicas-para-visitar/

4º DIA – Esporte, cultura e modernidade!

Allianz Arena Bayern de Munique
Que estádio lindo! Vale dar uma volta na parte de fora para conferir de perto a estrutura do estádio. Foto: GC/Blog Vambora!

Dia de ver a parte mais moderna de Munique! Para os fãs de esporte, arquitetura e engenharia, recomendo que comece o dia conhecendo a Allianz Arena, o super estádio do Bayern de Munique. Construído para a Copa do Mundo da Alemanha, é um dos estádios mais lindos do mundo e quem gosta de futebol, um verdadeiro templo!

É indicado fazer o tour para conhecê-lo melhor, porém como o tour em inglês (não há em português) ocorre só geralmente uma vez ao dia e o estádio é afastado do centro de Munique (mas ainda de fácil acesso por metrô), recomendo que você vá para lá de manhã, por volta das 10h/11h. Assim já dá para garantir seu ingresso para o tour e enquanto espera a hora aproveite para ver a super loja do Bayern, almoce no biergarten que há lá dentro, etc até começar o passeio guiado. Todos os detalhes da visita, nós contamos nesse post aqui: https://www.blogvambora.com.br/como-visitar-allianz-arena-bayern-munique/

Arena Tour Allianz Arena
Arena Tour dentro da Allianz. Foto: GC/Blog Vambora!

Saindo de lá e ainda seguindo a temática esportiva, rume para o Parque Olímpico de Munique, construído para as Olimpíadas de 1972. É um complexo lindo, um exemplo até hoje de infra estrutura para um megaevento como as Olimpíadas (olha ai Rio 2016!), com pavilhões até hoje muito bem conservados e utilizados pela população. Dá para visitar a área da piscina (hoje em dia totalmente aberta para o público), o estádio Olímpico (incluindo um tour lá dentro, mas que perto do da Allianz Arena quase não tem graça…) e subir na Torre Olímpica, que em dias de tempo aberto, tem uma visão única de Munique.

Parque Olimpico de Munique
Parque Olímpico de Munique. Foto: GC/Blog Vambora!

Lá do lado termine o dia visitando o BMW Welt (“O Mundo da BMW”) e para os fãs carro o museu da BMW. O primeiro é legal para todo tipo de público, pois num prédio lindo e super moderno, ficam expostas as maiores novidades da empresa, alem de possuir um restaurante e café super simpático, loja temática e wifi gratuito! Ligado por uma ponte, fica o museu da BMW, num prédio lindo e ultra moderno, uma verdadeira “Meca” para todos os super fãs de carro já que é bem focado no desenvolvimento da linha de produtos da empresa ao longo dos seus mais de 90 anos de história.

BMW Welt
BMW Welt. Foto: GC/Blog Vambora!

5º DIA – Dachau, jardins e Palácio

Dachau
Memorial de Dachau. Foto: GC/Blog Vambora!

Consegue ficar 5 dias na cidade? Então para quem tem curiosidade (e vontade), Dachau, o primeiro campo de concentração da Alemanha, fica facilmente acessível de Munique. Em pouco menos de 30 minutos você chega ao local e fica frente a frente a uma parte da história mundial que ninguém quer lembrar, mas que nunca poderá ser esquecida. É uma visita que dura pelo menos uma manhã inteira e todos os detalhes a gente conta nesse post aqui: https://www.blogvambora.com.br/dachau-visita-campo-de-concentracao/

Castelo de Nymphenburg
Interior do Castelo de Nymphenburg. Foto: Allie_Caulfield/Flcikr/Creative Commons http://bit.ly/1HhX7TD

Para deixar o clima mais leve no restante do dia, a pedida depois é visitar o Castelo de Nymphenburg, um bonito palácio imperial com belos jardins. Eu não consegui ir, mas os blogs “Alemanha, Por quê não?”  e “Destino Munique” tem posts bem legais contando como é a visita.

hirschgarten, maior biergarten em Munique
Hirschgarten: o maior biergarten do mundo em Munique. Foto: Divulgação

Para terminar o dia, pertinho do palácio, fica o maior biergarten de Munique e do Mundo: o Hirschgarten, com capacidade para até 8 mil pessoas! Ele está na nossa lista dos top bares, biergarten e cervejarias em Munique para conhecer, como contamos nesse post aqui: https://www.blogvambora.com.br/bares-biergarten-cervejarias-munique/

6º DIA – Se puder, fique mais um dia e faça outro bate e volta!

Salzburg
Salzburg. Foto: Salzburger Burgen & Schlösser/Divulgação

Dia adicional que se por acaso você puder ficar mais um dia em Munique, você não se arrependerá! Lembra que no começo do post comentei que a cidade era super bem localizada dentro da Alemanha, perfeita para vários bate e voltas? Pois então, quem tem mais tempo, além de ver o maravilhoso Castelo de Neuschwanstein e ficar frente a frente com a história de Dachau, pode também fazer pelo menos duas outras viagens de 1 dia lindas e bem fáceis a partir de Munique.

A primeira opção é viajar para Áustria, bem na fronteira com a Alemanha (e pertinho de Munique) e conhecer Salzburg, a linda cidade onde Mozart nasceu. O pessoal dos blogs Sundaycooks tem um post bem legal contando sobre a cidade e como chegar lá via Munique, veja aqui.

Zugspitze
Zugspitze: o ponto mais alto da Alemanha e pertinho de Munique. Foto: Divulgação

Agora, se a sua vontade é fazer um passeio mais perto da natureza, dá para conhecer o ponto mais alto da Alemanha e uma cidade típica dos Alpes da Baviera, chamadas de Zugspitze e Garmisch-Partenkirchen, tudo bem perto de Munique. Eu fiquei com muita vontade de fazer esse bate e volta mas por pura falta de tempo não consegui. No blog Viaje na Viagem tem um relato bem completo de como ir, veja aqui, bem como a página oficial do destino, veja: http://zugspitze.de/en/summer

Só lembrando que em ambos os casos, esses são passeios de 1 dia inteiro. Obviamente, se você tem menos tempo na cidade, mas prefere fazer algum desses passeios, além dos recomendados antes, basta ajustar o seu roteiro, bem como quem estiver na cidade durante a Oktoberfest. Sorte de quem tem mais tempo e aproveitar para visitar tudo! 🙂

Como disse, essa aqui é só uma sugestão mas deu para ver que o que fazer em Munique não falta! Tem passeios, atrações e paisagens para todos os gostos. Pronto então para fazer seu roteiro na cidade? Vambora!

*** Veja mais dicas de MUNIQUE e da ALEMANHA:
Todas as dicas de MUNIQUE no blog
Onde ficar em Munique: Dicas de hotéis e melhores regiões para se hospedar

Viagem pela Alemanha: 8 dicas para quem vai para o país
Viajando de ônibus e trem pela Alemanha

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

12 COMENTÁRIOS

  1. Gostei mto do post! Já está nos meus favoritos 🙂
    Tenho mta vontade de conhecer Munique e provavelmente farei isso na minha próxima viagem.. estou pensando em fazer o seguinte: sair de Paris de Thalys, passando por Bruxelas até Colônia e minha intenção era ir de Colônia para Munique e da lá voltar ao Brasil, o problema é que o trem Colônia – Munique sai caro demais, daí vem minha dúvida.. será que é possível encontrar tarifas mais baratas de ônibus ou não compensaria por causa do maior tempo que eu perderia, já que eu só teria cerca de 3 dias e meio em Munique.
    Se puder me ajudar, seria ótimo!
    Obrigada!!

    • Olá Mariana,
      Que bom que está gostando das dicas aqui do blog! Ficamos muito felizes! 🙂
      Sobre sua dúvida, 3 dias e meio dá para conhecer bastante coisa em Munique já sim, basta selecionar desse post, por exemplo, o que seria mais imperdível no seu caso.
      E é possível ir de ônibus sim! Aliás vamos fazer um post exclusivo sobre viagem de ônibus na Alemanha, mas já te adianto aqui que é mesmo muito barato e bom! Uma empresa bem famosa alemã de ônibus e famosa pelos bons preços é a Meinfernbus, dê uma olhada no site deles https://meinfernbus.de/en
      Espero ter ajudado! Qualquer outra dúvida é só falar!
      Boa viagem!

    • Olá Paloma,
      Os custos dependem muito do tipo de viagem que vc vai fazer, da onde vai se hospedar, se quer fazer compras, vai usar transporte público ou privado, se pretende visitar muitos museus, etc. Varia muito de pessoa para pessoa, mas fazendo um pre-roteiro da viagem, você consegue basear seus gastos. Munique não é uma cidade muito barata da Alemanha, mas em geral, considere gastar pelo menos uns 50 euros por dia (sem considerar a hospedagem) com os gastos básicos (alimentação, transporte e atrações).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui