Relato de viagem: Delta do Parnaíba e litoral do Piauí – Roteiro de viagem e dicas

0
Kitesurf na praia de Barra Grande, no Piauí. Foto: Lucas Gonçalves
Kitesurf na praia de Barra Grande, no Piauí. Foto: Lucas Gonçalves

Continuando o roteiro de viagem do nosso amigo Lucas, pelo Piauí, depois de conhecer a Serra da Capivara, no sul do estado, eles foram conhecer o litoral do Piauí, incluindo o lindíssimo Delta do Parnaíba!

Todas as dicas desse destino ainda pouco explorado no Brasil, você confere abaixo com o relato e dicas do Lucas Gonçalves. Vambora conhecer o litoral do Piauí!

Litoral do Piauí e Delta do Parnaíba: roteiro de viagem e dicas

Delta do Parnaíba. Foto: Lucas Gonçalves
Delta do Parnaíba. Foto: Lucas Gonçalves

Em seus 66km de extensão, o litoral do Piauí possui belas paisagens e atrações que valem a visita. Entre os estados do Maranhão e do Piauí, o Rio Parnaíba desemboca no oceano formando o Delta do Parnaíba, que integra a “Rota das Emoções, juntamente com Jericoacoara e os Lençóis Maranhenses. Muitas pessoas conhecem esses três lugares de uma única vez, mas nós resolvemos focar essa viagem somente no estado do Piauí.

Um delta, aliás, é quando um rio se “ramifica” antes de desaguar no mar, formando diversas ilhas e compondo um exuberante santuário ecológico. Essa formação semelhante só é encontrada na África (Rio Nilo) e no Vietnã (Rio Me Kong).

1-) Como chegar ao Delta do Parnaíba e ao litoral do Piauí

Por do sol em Barra Grande no Piaui
Praia dos Coqueiros em Luís Correia. Foto: Lucas Gonçalves

Nessa viagem resolvemos conhecer somente o estado do Piauí. Dessa forma, depois de irmos para a Serra da Capivara (veja aqui o roteiro completo e dicas), fomos até Teresina para pegar um ônibus e chegar em Parnaíba, cidade base para conhecer o Delta do Parnaíba, no litoral do Piauí.

Pegamos o ônibus da viação Expresso Guanabara e foi ótimo, sendo que as estradas do Piauí estavam muito boas quando fomos. Por isso também, é uma boa opção alugar um carro em Teresina para percorrer os 340 km que separam as duas cidades.

+ Veja valores de aluguel de carro em Teresina

Aliás, alugar um carro em Teresina parece mesmo ser a melhor opção, pois ao chegarmos em Parnaíba, constatamos que não havia Uber (apenas um aplicativo semelhante chamado UbizCar) e tivemos que alugar um carro na cidade de qualquer forma, sendo que lá só há uma locadora (que só funciona em horário comercial, então se quiser pegar ou devolver o carro num fim de semana, não vai conseguir). No fim, vimos que é bom mesmo estar de carro na região para poder conhecer o litoral piauiense melhor, com mais tranquilidade e independência.

Quem faz a Rota das Emoções, o mais comum é conhecer o litoral do Piauí e Delta do Parnaíba, passando entre os Lençóis Maranhenses e Jericoacoara. Importante dizer que a rota é feita essencialmente com roteiros fechados por agencias de turismo e em veículos 4×4, já que entre os destinos nem sempre há estradas em bom estado. Por isso, quem quiser focar e conhecer a região do Piauí com mais calma e independência, vale mesmo alugar um carro por conta própria.

2-) Roteiro pelo Delta do Parnaíba e litoral do Piauí

Praia de Macapa Piaui
Praia de Macapá no Piauí. Foto: Lucas Gonçalves

Nosso roteiro pelo litoral do Piauí passou pelas principais cidades e destinos turísticos da região, sendo: Parnaíba (porta de entrada para o Delta do Parnaíba) e depois as praias de Barra Grande e Luís Correia. Veja pelo mapa abaixo:

Vindo então de Teresina, nosso primeiro destino foi a cidade de Parnaíba, para conhecer o Delta do Parnaíba. Ficamos por lá 4 dias.

– Delta do Parnaíba e cidade de Parnaíba

Delta do Parnaíba
Delta do Parnaíba. Foto: Lucas Gonçalves

Há diversas agências de turismo na região que realizam passeios para o delta. Entramos em contato com a Clip Turismo, uma das principais agências da região, e eles nos passaram todos os passeios por WhatsApp, com roteiro e preços. Há diversas opções, como passeio de um dia pelo delta (lancha ou catamarã), safári noturno para ver jacarés e outros animais, tour pelas praias de Luís Correia, travessia de quadriciclo pelos Lençóis Piauienses, assistir a revoada dos guarás, etc.

Consultamos outras agências e os passeios e preços não variaram muito. Em uma agência tinha a opção de visitar o Parque Nacional das Sete Cidades, também no Piauí, mas o preço e a distância não nos atraíram. Para conhecê-lo, vale mais a pena fazer uma parada, se você vier de carro, vindo ou voltando de Teresina para Barra Grande.

Passeio de barco pelo Delta do Parnaíba, no Piauí.
Morro Branco no Delta do Parnaíba. Foto: Lucas Gonçalves

Acabamos fechando então somente o passeio de catamarã (R$ 90,00 por pessoa) e valeu muito a pena! O catamarã saiu do Porto dos Tatus às 8h (para chegar lá você pode ir com um transfer da agência – R$ 15,00 por pessoa – ou de carro), teve duas paradas para banho, sendo uma na Baía das Canárias e outra no Morro Branco (em uma lagoa!), demonstração da caça de caranguejo no mangue, além de frutas, almoço e som ao vivo. Na volta, ainda deu tempo de conhecer a Praia Pedra do Sal, a única da cidade de Parnaíba, mas cuja estrutura não achamos muito muito boa, mas que tem um farol onde se pode ver um belo por do sol.

Praia Pedra do Sal Piaui
Praia Pedra do Sal, em Parnaíba, Piauí. Foto: Lucas Gonçalves

Aliás, a cidade de Parnaíba em si, não encontramos muitas atrações. Há diversos prédios antigos e imponentes, mas nem todos estão conservados. No Google Maps há indicação de um “Museu de Parnaíba”, mas fomos até lá e funcionava um outro serviço da Prefeitura. Destaque na cidade para a Catedral de Nossa Senhora Mãe da Divina Graça, construída em 1770, que conta com sepulcros no seu interior com inscrições muito interessantes, além da feira de artesanato próxima ao rio.

A noite em Parnaíba, vale a pena conhecer o Calçadão Cultural, que possui diversos restaurantes e onde comemos uma torta de caranguejo no restaurante Caranguejo Expresso. Imensa, ela alimenta fácil três pessoas e estava deliciosa!

– As praias de Luís Correia

As melhores praias da região ficam em Luís Correia, cidade a 15km de Parnaíba, e fomos para lá no dia seguinte. Não visitamos a praia do Atalaia, que dizem ser a mais lotada, e fomos direto para a praia do SESC, onde havia duas grandes barracas com estrutura e um restaurante que servia comidas e bebidas na praia. Apesar de ser alta temporada (julho) não havia quase ninguém nessa praia, que era bem limpa e tinha um mar muito tranquilo, perfeita para relaxar!

Na hora do almoço seguimos para a Praia do Coqueiro, onde havia mais pessoas e mais opções de barracas. O mar também era bem calmo e caminhamos bastante, vendo as belas paisagens e as casas luxuosas da região.

– Barra Grande no Piauí

Praia de Barra Grande no Piauí. Foto: Lucas Gonçalves
Praia de Barra Grande no Piauí. Foto: Lucas Gonçalves

No dia seguinte fomos para Barra Grande, conhecida como “Jericoacoara de antigamente” por algumas pessoas e ficamos lá 3 dias. Apesar das comparações, é um lugar muito agradável, com clima gostoso, ótimas barracas de praia, além pousadas e restaurantes maravilhosos, para diferentes gostos e bolsos.

Dica: No caminho entre Parnaíba e Barra Grande passamos na Praia de Macapá, que também pertence a cidade de Luís Correia. Ao chegarmos, vimos o mar muito ao longe e no caminho algumas “lagoas”, formadas pela maré. Para quem for visitar essa praia, sugiro então que consulte a tábua das marés para conseguir aproveitar as piscinas naturais.

Barra Grande Piaui
Barra Grande. Foto: Lucas Gonçalves

Em Barra Grande, os ventos constantes e o mar praticamente sem ondas fazem o local ideal para a prática do kitesurf. Pela praia há diversos instrutores e uma infinidade de praticantes o dia todo, principalmente no período da tarde quando a maré geralmente sobe.

Apesar de ser um vilarejo pequeno, onde se pode fazer praticamente tudo a pé, há em Barra Grande diversos restaurantes. Conhecemos o La Cozinha, um dos mais bem avaliados pelo TripAdvisor, onde tomamos um drink. Fomos também no Manga Rosa, o segundo mais bem avaliado, e que fica na rua principal de Barra Grande, e gostamos muito do lugar: do atendimento até a comida. Mas o melhor de todos, na nossa opinião, foi o Mô Restaurante, onde comemos um maravilhoso risoto de moqueca, além de outras opções regionais, como arroz com capote (galinha d´Angola). O lugar é bem aconchegante, com uma piscina grande no meio, com atendimento excelente e preço justo. Também comemos na hamburgueria Ora Burguer, que é excelente! Tanto o hambúrguer de carne quanto o vegetariano estavam ótimos.

"Maior cajueiro do mundo" perto de Barra Grande.
“Maior cajueiro do mundo” perto de Barra Grande. Foto: Lucas Gonçalves

Durante o dia comíamos nas barracas de praia mesmo, que possuem em geral cardápio bem variado, com pratos e porções. Também comemos as empanadas da Cocinharte que eram deliciosas e baratas, sendo que são vendidas na praia e num restaurante também em Barra Grande.

Além das lindas praias, vimos que perto de Barra Grande (cerca de 15 minutos de carro), havia o “maior cajueiro do mundo” e fomos lá conferir. Imenso, é impressionante pensar que tudo aquilo nasceu de uma única semente! A entrada é gratuita e a visita é rápida.

3-) Onde se hospedar no Delta do Parnaíba e em Barra Grande no Piauí

Pousada Espaço Zen em Barra Grande
Pousada Espaço Zen em Barra Grande. Foto: Divulgação/Facebook

Existem diversas ilhas do Delta do Parnaíba, porém só algumas são habitáveis e possuem pousadas. Para conhecer a região, resolvemos ficar na cidade Parnaíba mesmo, numa pousada excelente chamada Vila Parnaíba, com piscina, funcionários muito atenciosos e ótima localização.

+ Veja mais pousadas no Delta do Parnaíba

Em Barra Grande nos hospedamos na Pousada Espaço Zen, um lugar bastante tranquilo e aconchegante, com uma varandinha no quarto, incluindo sofá, rede e varal (excelente para quem passa o dia na praia!).

+ Veja mais pousadas e hotéis em Barra Grande no Piauí

A quantidade de opções de pousadas e hotéis em Barra Grande é maior e mais bem variada do que em Parnaíba, e consegue agradar aos mais diferentes estilos e bolsos.

Honestamente não tínhamos muitas expectativas sobre o que iríamos encontrar no litoral do Piauí, talvez porque o turismo nesse estado seja ainda pouco divulgado. Grande parte dos turistas que encontramos eram de estados vizinhos, como Ceará e Maranhão, além de pessoas do próprio do Piauí. Apesar disso, a experiência foi muito positiva!

O Delta do Parnaíba é maravilhoso e merece ser conhecido, as praias de Luís Correia e Barra Grande são belíssimas e ideais para relaxar e o povo do Piauí é muito acolhedor.

Um roteiro incrível pelo menor litoral do Brasil mas com praias maravilhosas e ainda pouco conhecidas pela maioria dos brasileiros. Gostaram do relato do Lucas? Vambora para o Piauí!

*** VEJA TAMBÉM:
Serra da Capivara: como ir e roteiro completo de viagem
O que fazer em Jericoacoara: passeios e melhores atrações
Jalapão: nosso roteiro completo de viagem

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui