Vivendo e aprendendo: Vale a pena alugar um carro em Los Angeles e Orlando?

5
Downtown de Orlando. Foto: Paul Beattie/Flickr
Downtown de Orlando. Foto: Paul Beattie/Flickr

Quem viaja para os Estados Unidos, sempre fica com a dúvida: “Será que vale a pena alugar um carro em…?” É claro que existem exceções (dirigir em Nova York, por exemplo, é praticamente insano), mas há certas cidades em que ter um carro não é só bom, como muitas vezes necessário. Esse é o caso de Orlando e Los Angeles.

Por exemplo, se você está programando uma viagem para Orlando, vai querer visitar o máximo de atrações que puder, incluindo todos os parques, além de fazer compras nos diversos outlets da cidade, certo? Para dar conta de fazer tudo isso, sem depender de taxi e sem ficar preso ao horário de shuttles, alugar um carro em Orlando acaba sendo mesmo a melhor opção, valendo ainda mais a pena para quem viaja em grupo e pode dividir as despesas.

Onibus e estacionamento Hertz
Ônibus e estacionamento da Herz no Aeroporto. Fotos: gillfoto/Flickr e wZa HK/Flickr

Para se ter uma idéia dos valores, fazendo uma pesquisa rápida no site da Miles Car Rental Orlando (que mostra e compara preços de grandes empresas nos EUA, como Hertz e Alamo), em Julho (plena alta temporada) dá para encontrar diárias de aluguel de carro em Orlando por $100 (categoria econômica, com todas tarifas incluídas) até uma minivan por $130.
Dica 1: Geralmente existem 3 tipos de tarifas (diárias, semanais e mensais), por isso quanto mais tempo você permanece com o carro, mais econômica a tarifa fica.

Se em Orlando ver um pedestre na rua é algo raro, em Los Angeles então nem se fala. Diria que até mais do que em Orlando, alugar um carro em Los Angeles acaba sendo fundamental para conhecer bem a cidade e suas atrações. Ela é imensa (com as atrações bem espalhadas e distantes umas das outras), possui um sistema viário formado por dezenas de vias expressas (nada convidativas para pedestres) e um transporte público pouco eficiente dado à extensão e grandes distâncias a serem percorridas. Resultado: todo mundo acaba andando lá de carro, inclusive nós, turistas.

Mini van SUV Tahoe
Mini van e/ou SUV são os melhores modelos para quem viaja em grupo. Foto: Divulgação

Em relação ao valor, ocorre o mesmo que em Orlando: o custo X benefício de alugar um carro é bom, variando pouco às tarifas. Refazendo a pesquisa para Los Angeles no site da Miles Car Rental, para o mesmo período (uma semana, em Julho, na alta temporada, com todas as tarifas inclusas), o valor de uma diária de um carro econômico sai por $85 e de uma minivan $131.
Dica 2: Como a demanda é grande, os valores e disponibilidade podem mudar com certa freqüência, então é bom sempre pesquisar e ficar de olho (veja no site) para garantir as melhores tarifas.

E para quem tem receio de dirigir e se perder nas vias expressas, a melhor solução é ter sempre um GPS por perto. Reformulando a frase acima: Ter um carro em Los Angeles, COM GPS, é fundamental. O mesmo pode ser levado aqui do Brasil, alugado junto com o seu carro ou comprado por lá mesmo. Com um desses na mão você dificilmente passará algum stress.

Los Angeles
Los Angeles e suas super avenidas. Foto: –Mark-/Flickr

Para facilitar ainda mais a viagem, fazer o aluguel pela internet, aqui mesmo do Brasil, é geralmente a melhor pedida, sendo muitas vezes até mais econômico. Além de economizar tempo, muitas agências dão descontos para quem fecha o aluguel com antecedência.

Com tudo certo aqui no Brasil, o procedimento chegando lá não poderia ser mais fácil: é só ir até o local indicado (geralmente dentro ou nas proximidades do aeroporto), apresentar a reserva, pegar o seu automóvel e sair dirigindo. Simples assim.

Usar o transporte público é ótimo, mas em certos lugares, infelizmente, não dá para contar sempre, como é o caso de Orlando e Los Angeles. Ainda bem que a opção de alugar um carro por lá não é complicada e pode sair mais em conta do que a gente imagina.

*Post com o apoio de Miles Car Rental

 *** Veja também:
Planejando uma viagem de carro pela Califórnia
Dicas para alugar um carro em Miami
A primeira viagem para Disney a gente nunca esquece

 

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

5 COMENTÁRIOS

  1. Eu concordo demais! Em Orlando tem mais alternativas, porque alguns hotéis oferecem transfer para os parques. Aí a pessoa pega um táxi eventualmente para ir a shopping (mas aí o foco da viagem tbm não pode ser as compras). Mas Orlando nem calçada tem!
    No geral, o transporte público é bem deficiente nesses dois lugares. Parece feito pra gente não usar! Acho que o perrengue não vale a economia.

    • Monica é verdade: Orlando praticamente não tem calçadas! Fiquei abismada nessa última viagem: ver um pedestre passeando é raridade, infelizmente…Parece que as cidades foram feitas para andar de carro mesmo

  2. Olá Guta! Seu site é ótimo, está me ajudando muito na preparação das minhas próximas férias em Abril. A minha dúvida é a seguinte: vale a pena alugar o carro sem o Express Toll Service e lá compra um Sun Pass Mini? A minha chegada será por Orlando onde ficarei dois dias, e posteriormente irei para Miami. Obrigada!

    • Olá Kelly,
      Nesses trechos, pagando manualmente os pedágios você vai economizar mais do que se adquirir um desses serviços. Eles servem mais para quem vai viajar por diversas cidades e por muitos pedágios. O lado bom é que você viaja mais rápido, mas honestamente no seu caso acho que não compensa.

  3. Excelentes informações prestadas aqui nesse blog, as quais pude confirmar na prática, em New York por exemplo, para se locomover dentro da ilha de Manhattan não precisa de carro, o sistema de transporte público é muito eficiente, e algumas distâncias dá para se fazer a pé, tendo em vista de que algumas atrações turísticas serem próximas. Já em Orlando, e principalmente em Los Angeles, o carro com GPS é fundamental. Tendo isso e um planejamento prévio, no qual você tenha o endereço dos locais a serem visitados, tudo fica muito fácil. Andar de carro em Los Angeles e arredores por exemplo é um prazer. Na última viagem que fizemos a LA eu fui o motorista, sem stress, mesmo dirigindo e com alta responsabilidade em relação às pessoas que estavam comigo, pude curtir demais a viagem. Rodamos um mês pelos Estados da Califórnia e Nevada e não tive uma multa sequer. Apenas um fato que ocorreu em San Diego, mas que não se transformou num problema, pois num grande cruzamento eu me distrai e entrei um pequeno trecho na contramão, logo percebi tal situação e voltei, nessa vinha uma viatura do San Diego Police Department, a qual tenho a certeza de que eles viram o quê fiz, pois estavam parados no semáforo do grande cruzamento, só que em outra pista. Assim que peguei a mão certa eu estacionei o veículo no acostamento, pois meu intuito era de me antecipar a ordem de parada dos policiais, a fim de que eu pudesse explicar o fato ocorrido, não tendo problema caso fosse multado, então ocorreu o inusitado, eles passaram por mim e ainda deram com a mão, como se estivessem me cumprimentando, passando pelo nosso carro e indo embora. Talvez tenham entendido minha intenção, talvez tenham checado a placa do veículo (lá eles tem computador em todas as viaturas), verificando que era um carro locado e que provavelmente se tratava de um turista um pouco distraído, o fato é que tudo foi muito tranquilo e sem stress. Califórnia, em breve voltarei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui