Vivendo e aprendendo: Conhecendo a rodovia Route 1 na Califórnia

7
Final de tarde na Route 1. Foto: GC/Blog Vambora!
Final de tarde na Route 1. Foto: GC/Blog Vambora!

A Route 1 garante a fama que tem (de ser uma das mais bonitas e cênicas rodovias do mundo) no trecho entre as cidades de Carmel e San Luis Obispo, o que dá mais ou menos uns 212km. São curvas, penhascos e paisagens inesquecíveis o tempo todo!

Logo ao sair de Carmel, você vai ter como principal companheiro de viagem o Pacífico, durante todo o trajeto, às vezes a uns 98m de altura, às vezes ali do seu lado…

Point Sur Lighthouse. Foto: GC/Blog Vambora!
Vista do Point Sur Lighthouse, ao fundo. Foto: GC/Blog Vambora!

É lindo! E o carro naquela escala das montanhas, beirando os precipícios junto ao mar, parece até de brinquedo! Aliás, são poucas as pessoas que geralmente fazem esse trajeto. Os locais, pegam o trecho interno (sem vista, nem curvas) e sobra para nós viajantes toda aquela paisagem…

Existem diversos mirantes para parar pelo caminho, sempre que o terreno ajuda e as curvas não são tão fechadas. Vale a pena parar sempre que der, pois a paisagem vai sempre mudando, entretanto algumas paradas essenciais, confira abaixo.

Julia Pfeiffer Burns State Park. Foto: StartAgain, Flickr
As paisagens lindas do parque Julia Pfeiffer Burns State Park. Foto: StartAgain, Flickr

Melhores paradas da rodovia Route 1:

-> Julia Pfeiffer Burns State Park: É preciso prestar atenção para não passar reto. É um parque nacional com vistas espetaculares da região, incluindo uma cachoeira e dependendo da época do ano até observação de baleias.

-> Rocky Creek Bridge: Super antiga, é um dos marcos da região e tem uma área para estacionar o carro ao lado e observar o cenário idílico.

Restaurante Nepenthe. Foto: alexgorstan, Flickr
Mirante do Restaurante Nepenthe. Foto: alexgorstan, Flickr

-> Restaurante Nepenthe: Não necessariamente para comer (já que é bem caro, dada a falta de muitos serviços na região) mas para apreciar a vista. Dá para passar horas vendo a paisagem nos banquinhos que eles tem por lá. Uma dica para economizar é comprar algum lanche antes e comer na parte de fora do restaurante.

-> Point Sur Lighthouse: Construído em 1889, foi um marco importante na paisagem, para ajudar os navegantes da época e continua lá até hoje. É possível fazer visitas (confira no site os horários).

É bem provável que além desses lugares, você pare em diversos outros mirantes, porque é difícil dirigir e não querer observar ao máximo a paisagem, a cada instante.

Rocky Creek Bridge. Foto: GC/Blog Vambora!
Rocky Creek Bridge. Foto: GC/Blog Vambora!

Como você pode ver, não há postos de gasolina de fácil acesso, por isso faça uma revisão do carro antes de seguir viagem para garantir. Outra coisa: é um trajeto com muitas, mas muitas curvas, então quem enjoa fácil, também melhor ir preparado, já que serão umas 5/6h de viagem, com todas as paradas.

Última dica: evite dirigir lá a noite. As curvas são muito traiçoeiras e só existe uma faixa para cada mão, ou seja, sem ultrapassagens na maior parte do caminho. Ainda assim, acho que vale muito a pena ver o por do sol lá. Não sei se existe um por do sol feio nesse mundo, mas esse da Route 1 foi absoluta certeza um dos mais bonitos que eu já vi.

Por do Sol na Route 1. Foto: GC/Blog Vambora!
Por do Sol na Route 1. Foto: GC/Blog Vambora!

Depois de tudo isso, preparado para viajar pela Route 1? Vambora!

***Mais dicas de viagem da Califórnia:
Planejando uma viagem de carro pela Califórnia
Route 1: dicas para fazer o trecho entre Monterey e Carmel

– Todas as dicas de San Francisco do blog

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

7 COMENTÁRIOS

  1. Guta,

    Adorei o blog de vocês. Grandes dicas, como a do GPS e dos postos de gasolina… Vou pra lá em março com uma amiga, e duas mulheres na direção nem sempre lembram de todos os detalhes.
    Estamos mapeando a viagem, ainda não reservamos os hotéis, nem o carro. Por enquanto, só fechamos o aéreo.
    Voltarei a dar notícias!

    Grande abraço e obrigada pelas infos!
    Deisy

  2. Fizemos exatamente esse trecho, só que na pista contrária, de San Luis Obispo até Carmel, foi fantasticamente espetacular, tivemos sorte, pois o clima estava agradável e com sol (dezembro). Pernoitamos no Embassy Suites San Luis Obispo, que fica ao lado do Central Coast Plaza Shopping Center e do Madonna Plaza Shopping Center, dessa maneira, pudemos passear bastante e jantar na noite anterior a nossa viagem rumo a San Francisco, via Highway 1. Logo pela manhã tomamos um belo breakfast e partimos para essa nova aventura, passamos por Morro Bay, e pela belíssima praia de San Simeon que fica bem próxima ao Hearst Castle (aliás, praias bonitas não faltaram nessa viagem, vou citar apenas algumas), logo em seguida paramos numa praia que tinha um belo Pier. A estrada é sinuosa e de mão simples, existem vários mirantes para tirar fotos e apreciar a vista. Em Gorda, a qual é uma localidade que fica a 110Km de San Luis Obispo, bem na beira da pista tem um local com café, restaurante, e posto de combustíveis, paramos e nos reabastecemos (nós e o carro). Nesse trecho já estávamos dentro do Big Sur State Park,acredito que foi o trecho mais bonito da viagem, o qual abriga várias atrações e comodidades, como o Big Sur Bakery Restaurant (donuts com café colombiano, o qual é mais parecido com o nosso café), a Pfeiffer Beach, praias tranquilas com leões marinhos e trilhas bem sinalizadas. Depois passamos pela Bixby Creek Bridge e Rocky Creek Bridge, duas pontes muito bonitas com mirante e visual fantásticos. Pouco depois da Bixby Bridge, está o Hurricane Point, que é um mirante com grande estacionamento e fácil de parar, sendo bem sinalizado, a vista de lá rendeu muitos clicks. Em algumas paradas pudemos conviver com esquilos e aves diversas, eles são muito dóceis, mas não abuse da sorte. São muitos mirantes, praias e locais de parada, recomendo que você pare quando o coração lhe ordenar. Califórnia, em breve voltarei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui