Lugares improváveis: As paisagens extraterrestres do Valle de la Luna no Deserto do Atacama

4
Valle de la Luna
Valle de la Luna no Atacama. Foto: GC/Blog Vambora!

Somente há uns 4km do centro de San Pedro do Atacama, a cidade base para a maioria das expedições pela região, o Vale da Lua, ou Valle de la Luna (como chamam os chilenos), juntamente com o Valle de la Muerte, é um dos primeiros passeios que todo mundo faz ao chegar no Deserto do Atacama.

Valle de la Luna
Paisagem digna mesmo da Lua, ou Marte, ou…. Foto: GC/Blog Vambora!

O nome do lugar realmente condiz com a realidade: parece algo extraterrestre, uma paisagem digna da Lua ou talvez até Marte. Em comum com a nossa terra? Somente o céu azul que emoldura as montanhas e vulcões cor de ocre por todo lado.

Caminhada no Vale da Lua
Caminhando no Vale da Lua. Foto: GC/Blog Vambora!

Milhares de anos de vento erosivo e água (sim é um deserto, mas de em quando ela cai por lá) fizeram dessa paisagem algo único, difícil de explicar. Ainda bem que as fotos conseguem mostrar um pouco dessa estranheza tão bonita.

Tres Marias atacama
A “escultura” natural Tres Marias no Vale da Lua. Foto: GC/Blog Vambora!

Em certos pontos do Valle, o ocre é marcado por pontos brancos: é sal! Não o sal do nosso dia a dia (não se esqueça que esse é praticamente um post extraterrestre! rs) mas um conglomerado de minerais trazidos pela água (principalmente doce), aglutinados pela secura do ar. Milhares e milhares de anos depois, esculturas naturais, como as Tres Marias (foto acima) se formam entre dunas de areia e cascalho.

Trekking no Valle de la Luna
Trekking entre as formações rochosas no Vale da Lua. Foto: GC/Blog Vambora!

Aliás, é a aridez do local, junto com o sol a pino, que faz com que as melhores horas para visitar o Valle de la Luna sejam no começo ou no final do dia, evitando o calor ao máximo, especialmente para quem vai na região no verão. Mesmo em pleno inverno, quando fui, no meio da tarde era possível andar tranquilamente de camiseta já que fazia 20 e poucos graus, mas bastava ficar em alguma sombra para sentir frio congelante. Coisas de deserto…

Valle de la Luna no Atacama
Sombras “a la marcianos” 🙂 Foto: GC/Blog Vambora!

O Valle de la Luna faz parte de um parque, portando paga-se para entrar. A forma mais comum é ir através de alguma excursão saindo de San Pedro do Atacama. Existem diversas agências no vilarejo e uma boa opção é perguntar no seu hotel/albergue, se eles recomendam alguma para você. O pagamento geralmente já inclui a entrada no parque.

Bicicleta no Valle de la Luna
De bicicleta no Valle de la Luna. Foto: GC/Blog Vambora!

É possível também ir por conta própria, porém pouco indicado, devido a falta de estrutura do lugar e informação. Ficando tão perto de São Pedro do Atacama, o melhor é ir numa primeira vez com um guia e depois, se quiser voltar ou ver novamente o pôr do sol, alugar uma bicicleta e dar uma volta por lá, já mais acostumado com os caminhos.

Formações rochosas no Vale da Lua
Estranhas e lindas formações de sal no Vale da Lua. Foto: GC/Blog Vambora!

Importante: não faça esse passeio sozinho se não estiver com um bom condicionamento físico. A caminhada ou pedalada é puxada, com boas subidas e não esqueça: você está no deserto mais seco do mundo, em grande altitude, ou seja, falta água e ar (como qualquer lugar extraterrestre… ;-D) por isso vá bem preparado, com no mínimo MUITA água. Mais dicas de como se cuidar nesse deserto falo num outro post.

Vale da Lua no Atacama
Finalmente uma indicação humana na região… 🙂 Foto: GC/Blog Vambora!

Um lugar de tirar o fôlego, uma paisagem fora do comum. Esse é o Valle de la Luna no Deserto do Atacama, Vambora?

*O Vambora foi ao Deserto do Atacama a convite da Ford. Veja mais sobre clicando aqui.

*** VEJA MAIS DICAS NO ATACAMA NO BLOG:
Entre vulcões e flamingos no Salar do Atacama
Hospedagem no Hotel Kunza em San Pedro do Atacama
– Viagem para o Atacama: dicas para viajar bem preparado

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

4 COMENTÁRIOS

    • Olá Chen! É lindo mesmo!
      Sobre o tour não fiz, mas é bem comum por lá. Vc vai ver que mesmo sem nenhum telescópio o céu lá é perfeito, visualização incrível.
      Para quem gosta bastante de astronomia e quer ver os planetas mais de perto (com o telescópio) vale fazer o tour. O que vimos não era muito barato (pelo que lembro era uns 40/50 dólares) mas incluía bebidas, etc para aguentar o frio da noite.
      Acabei não fazendo porque não achei o custo benefício tão bom e porque já fiquei feliz de observar o céu lá a olho nu. 🙂
      Abs!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui