Próxima viagem: Mulher viaja sozinha – Sim ou com certeza?

2
Mulher viaja sozinha: sim ou com certeza?
Mulher viaja sozinha: sim ou com certeza? Foto: GC/Blog Vambora!

Num mundo que parece cada vez mais igualitário, mas que na maioria das vezes, infelizmente, ainda não é, uma mulher que viaja sozinha ainda é um tabu.

Já viajei sozinha e já digo logo com toda certeza: é ótimo. Independentemente de ser mulher ou homem, viajar sozinha(o) te coloca em contato com a pessoa mais importante da sua vida e que você terá que conviver para sempre: você mesmo.

Muitas vezes a gente não ouve “a gente”. Passamos muito tempo pensando nos outros, nos problemas dos outros, na vida dos outros, se comparando aos outros e acabamos descuidando da nossa principal companhia: a nossa própria.

Saber conviver com si mesmo, com todas as questões, inseguranças, prazeres, vontades é algo incrível mas durante o dia a dia, acabamos esquecendo, passando por cima.

Numa viagem, em que somos forçados (por espontânea vontade), a conhecer um lugar novo, com pessoas desconhecidas, enfrentar novas situações, línguas, ruas, sabores, cheiros diferentes, acabamos entrando em contato direto com o nosso “eu” e isso é maravilhoso. Temos que estar firmes em nós mesmos, para que possamos enfrentar qualquer situação.

Mulher viaja sozinha
Foto: GC/Blog Vambpra!

Cada viagem, além de trazer o conhecimento cultural, traz também um autoconhecimento, e consequentemente, uma autoestima em modo hard: todo dia há uma novidade, uma questão, uma história diferente da rotina que vivemos normalmente. Se estamos com nós mesmos, confiantes e abertos a aprender mais sobre aquele destino, a viagem, para qualquer que lugar que seja, ganha o status de “transformadora”.

Agora, sendo mulher, todo esse processo de autoconhecimento e autoestima fica ainda mais forte, pois querendo ou não, vivemos ainda num mundo ainda muito desigual em relação a homens e mulheres. Sim, o machismo ainda existe, mais forte em alguns lugares do que outros. Somos expostas muitas vezes a situações em que o pensamento machista ainda impera.

Uma mulher que viaja, especialmente sozinha, enfrenta desafios que um homem, normalmente não passa. Isso acontece sempre? Não. Isso é comum de acontecer? Sim. Isso é um fator que intimida muitas mulheres a viajarem sozinhas? Com certeza. Isso deve fazer que mulheres não viajem sozinhas? De jeito nenhum.

Viver num mundo ainda muito machista não deve intimidar nenhuma mulher a realizar um sonho, só porque não tem uma companhia naquele momento. Falta de tempo, dinheiro, isso pode ser um fator para deixar de viajar num determinado período, mas não ter alguém para ir junto com você, apenas por uma questão de (falsa) segurança emocional/física, não é.

Sei que é difícil mas uma vez que você vai, o mundo parece que se abre. Você se torna mais forte, você se torna protetora de você mesmo, você se torna mais aberta a falar com outras pessoas com mais segurança e você acaba se tornando mais amiga de você mesmo. Isso não tem preço.

E racionalmente, pensa comigo: qual a diferença de você andar sozinha na sua própria cidade, ou numa outra que ainda não conhece? Insegurança? Não conhecer ninguém? Pois para todas essas questões tem uma solução simples e que está cada vez mais fácil de se conseguir: informação! Blogs de viagem, como aqui o Vambora!, sites, vlogs, redes sociais, hoje é muito fácil obter todas as informações possíveis sobre o destino que você vai. Desde o melhor lugar para se hospedar (incluindo o mais seguro), como se deslocar, até se aquele destino tem alguma cultura em que “uma mulher viajando sozinha” pode, infelizmente, ser “mal vista”.

Uma vez com informação, você consegue se sentir mais segura para ir para qualquer lugar: seja numa região nova da sua cidade, até atravessar o oceano e ir num país estrangeiro por conta própria. Tudo é uma questão de perspectiva e preparo, o famoso planejamento de viagem e confiança, de que você pode sim, viajar sozinha tranquilamente.

Agora, independente da sociedade atual e da questão do machismo, viajar sozinho(a), seja homem e mulher, tem igualmente um monte de desafios e delícias. Dos desafios, não vou mentir: comer sozinho é ligeiramente chato, exemplo básico, mas que pessoalmente eu não gosto, alem de ter que ficar mais atento com tudo, pois você é o responsável por todos os seus passos. Das coisas boas: ir para onde você quiser, comer o que quiser, onde quiser, fazer o programa que quiser, ir dormir a hora que quiser, ter o máximo de liberdade numa experiência que é por si só muito libertadora: viajar!

E não ache que viajar sozinha significa ficar solitária, ao contrário! A verdade é que quando você viaja sozinha, a chance de conhecer mais pessoas, aumenta muito!! Você conversa mais, pede mais informações, sai mais da sua zona de conforto, no melhor sentido, porque você cresce, se expande. Pense como se fosse no primeiro dia de aula na escola: você chega “sozinho” mas aos poucos vai conhecendo gente, inclusive que pode se tornar amigos de vida. 🙂

Se você mulher quer um empurrão a mais para viajar por conta própria, vale conferir mais exemplos legais de mulheres que viajam sozinha, como a mega master expert no assunto, a querida Mari Campos cheia de dicas no seu blog, a Amanda Viaja com muitos relatos legais de vários lugares por onde viajou sozinha e esse ótimo post da Luiza do 360º Meridianos.

“Mas eu não gosto de viajar sozinha..”. Antes de qualquer coisa: você já viajou sozinha? Se sim, ok, não precisa gostar, mas o legal é que se um dia você precisar (seja pelo trabalho, porque ninguém tinha grana para ir com você ou não conseguiu tirar férias no mesmo período), você vai mesmo assim, porque sabe que pode e dá conta!

Agora se você nunca foi, tenta. Nem que seja alguns dias, um fim de semana, ou um dia para ir num lugar que você sempre quis, mas ninguém que você conhece tem vontade. Vai! E veja que é possível e talvez você goste e comece a viajar sozinha porque simplesmente quer!! E aquelas férias que estavam meio de escanteio por falta de companhia, saiam do papel e você (com você mesma), se tornem uma dupla imbatível, nessa e outras viagens da vida.

O que importa é ir, se é seu sonho, se é o que você quer. Vambora?

*** VEJA MAIS NO BLOG:
A incrível viagem pela sua própria cidade
Feliz Dia das Mulheres voando!!
10 aplicativos de viagem para ter no celular

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

2 COMENTÁRIOS

  1. Ótimo texto. Comecei a pensar na possibilidade de viajar sozinha após o término de um relacionamento. Sempre quando chamava alguma amiga ou outra para me acompanhar em algum destino era um tal de “ah eu não posso…” ou “ah eu não tenho grana…” cansei de esperar pelos outros. Embora dá uma insegurança tremenda (principalmente à noite). Pensei. Por que não arriscar?

    • Vambora Vanessa!! 😀
      Exatamente o que falamos aqui: vá, e não é risco, é uma experiência muito legal e possível.
      Depois conte aqui para onde foi! Estamos torcendo!
      Boa viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui