Vivendo e aprendendo: Fazendo um cruzeiro pela 1ª vez – Dicas e curiosidades de viagem

14
Cruzeiro Splendour of the Seas. Foto: Blog Vambora!
Cruzeiro pela costa brasileira no Splendour of the Seas. Foto: Blog Vambora!

Como deu para ver nos posts anteriores, deixei alguns preconceitos de lado e gostei bastante de fazer uma viagem de cruzeiro. Para quem ainda está na dúvida se faz ou se já vai embarcar pela 1ª vez mas ainda está inseguro, seguem algumas dicas e curiosidades que eu aprendi nessa viagem e que podem ajudar você a viajar mais tranquilo na sua:

-> Como fazer a mala para um cruzeiro? Precisa levar roupa de festa?

Dependendo do número de dias, haverá pelo menos uma noite “chique”, a famosa “Noite do Comandante”. Em geral, nesse dia, todo mundo se arruma, com muitas mulheres usando vestidos e homens terno. Na realidade? Todo mundo se veste como quiser! Mesmo nesse cruzeiro de 3 dias que fiz, teve uma noite que pessoas usavam vestido longo com paetê e outras calça jeans e camiseta. Como em qualquer viagem pense que malas pequenas são mais práticas que grandes e que roupas com tecidos que amassam são suas piores inimigas. Pense em itens confortáveis e fáceis de dobrar, junto com peças um pouco mais formais para usar a noite (sendo que formal não quer dizer cerimônia do Oscar, ok? 🙂 ).

Roupas num cruzeiro. Foto: Blog Vambora!
Vestidos longos, curtos, com e sem brilho e até gente de short e camiseta: durante um cruzeiro tem de tudo! Foto: Blog Vambora!

-> Como funciona internet? E para fazer e receber ligações a bordo?

Enquanto você estiver perto da costa, seu celular funciona normalmente (se a operadora ajudar!), então pode ligar e usar seu serviço 3G a vontade (não deixe de levar um adaptador universal de tomadas para não ficar na mão). Já em dias de navegação você tem que usar o serviço do próprio navio e como esse depende de satélite, não é muito barato. Você pode comprar um pacote de minutos para usar a bordo, mas honestamente em cruzeiros que você navega em alto mar por pouco dias, tente segurar a ansiedade e aproveite para ficar um pouco de “férias” da internet.

-> Existe um melhor lugar para cabine? E entre interna e externa, o que é melhor?

Pesquisando e falando com as minhas companheiras de viagem (a @raphanomundo e a @comoviaja, ambas já marinheiras de outros cruzeiros), a cabine ideal ficaria na parte central do navio, tanto em altura, como em comprimento, para balançar menos. O fato é que navios grandes, como o Splendour of the Seas, possuem tecnologia para evitar ao máximo o balanço e desconforto. Por exemplo, no meu caso fiquei numa cabine que seria longe de ideal (no deck inferior, bem na frente) e mesmo assim não senti nenhum balanço que incomodasse. Sobre a janela, pessoalmente, achei gostoso acordar e ver o mar (inclusive para você não esquecer que está num navio) mas se o seu orçamento estiver curto e você não tem aflição de ficar num ambiente fechado, a cabine interna pode ser uma opção boa e barata.

Cabine externa no Splendour of the Seas. Foto: Blog Vambora!
Cabine externa no Splendour of the Seas. Foto: Blog Vambora!

-> Não sei nadar e/ou tenho medo. Mesmo assim vale a pena fazer um cruzeiro?

Logo depois que todos os passageiros embarcam acontece um exercício de segurança, para mostrar para todo mundo o que você teria que fazer em caso de um acidente. Ao contrario do avião, que muitas pessoas nem ligam para as instruções a bordo, senti que foi super sério todo o procedimento e quando você se informa, o medo diminui certo? Por isso, mesmo não sabendo nadar ou tendo algum outro medo dá para viajar tranquilamente, sem neuras. Esses navios grandes são tão estáveis que na maior parte do tempo você até esquece que está no mar.

-> Enjoa ficar navegando por muito tempo?

Dependendo do mar, enjôos físicos podem acontecer e é bom levar um remedinho para garantir; agora enjoar de ficar dentro do navio é difícil pela quantidade de coisas que se pode fazer. Quem quiser, dá para passar o dia inteiro no navio sem perceber que está em alto mar. Aproveitar as escalas em terra também ajuda.

Cassino Splendour of the Seas. Foto: Blog Vambora!
Cassino: um dos muitos divertimentos a bordo (e que você nem sente que está em alto mar). Foto: Blog Vambora!

-> O que fazer nas paradas? Melhor fechar uma excursão feita pelo navio ou decidir algo por conta ano destino?

Tem gente que não está nem ai com as escalas e só sai do navio se o comandante mandar. Outras aproveitam o all inclusive até a última gota e mesmo em solo, voltam para comer e beber dentro do navio. A questão é que uma vez atracados, geralmente você tem de 6h a 9h para aproveitar como quiser aquela escala, com barcos de apoio levando e trazendo os turistas o dia todo. Pela comodidade, a maioria dos cruzeiros oferecem passeios extras, com preços mais caros do que se você fizer por conta. Nessa hora vale a boa e velha pesquisa pré-viagem para ver o que aquele destino oferece e o que você consegue aproveitar naquele período sem se estressar.

-> Que dinheiro (dólar ou real) eu levo? Vale a pena fazer compras dentro do navio?

Aqui me surpreendi muito vendo o pessoal se acabar nas compras a bordo: a razão? Saiu da costa brasileira as lojas podem vender os produtos sem taxas, deixando tudo realmente mais barato. Como num Dutty Free de um aeroporto, tem de tudo e todos os dias há promoções para incentivar mais as comprinhas. Para pagar, a moeda corrente é dólar, por isso leve um cartão internacional ou pré-pago. Dinheiro vivo apenas para gorjetas (em alguns navios isso está incluso) e para jogar no cassino, mas mesmo assim não é necessário, já que o valor pode ser incluído num cartão interno que você recebe no momento que embarca. Esse aliás serve para identificá-lo, fazer todas as compras a bordo e até abrir a porta do seu quarto.
Obs: Uma coisa legal desse cruzeiro da Royal é que na hora do check in no porto, você tem a opção de dizer se quer parcelar os gastos do seu cartão, não precisando pagar tudo a vista. Se o dólar estivesse um pouco mais estável, teria optado por isso.

Lojas Splendour of the Seas. Foto: Blog Vambora!
Pessoal aproveitando (e muito) as compras a bordo. Foto: Blog Vambora!

-> E no fim, pelo custo X benefício, vale a pena fazer um cruzeiro?

Se você colocar no papel todas as refeições e entretenimento, a conta geralmente será a favor do cruzeiro. Agora, se seu objetivo for conhecer a fundo um destino, difícil pensar num cruzeiro como uma opção ideal pelo pouco tempo que o navio permanece atracado nessas paradas (nessa hora, vale a pena tentar prolongar o início ou final da viagem em terra). Agora, se você quiser fazer o cruzeiro em sí, pense que o próprio navio será o seu principal destino de viagem e tudo que estiver incluso nele será o que fará sua viagem inesquecível!

Aliás, por falar nisso, nesse cruzeiro a parada que fizemos foi em Búzios e no próximo post conto o que deu para aproveitar por lá. Vambora!

*O Vambora fez essa viagem a convite da Royal Caribbean

*** Veja também:
– Marinheiro de 1ª Viagem: Uma cruzeiro no Splendour of the Seas (Parte I)
– Marinheiro de 1ª Viagem: Uma cruzeiro no Splendour of the Seas (Parte II)
– Aproveitando BÚZIOS durante um cruzeiro

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

14 COMENTÁRIOS

    • Olá Paula,
      Vou acompanhar seu post sobre o cruzeiro no Canal do Panamá, sim!
      Só peço que ao comentar aqui no blog não inclua mais o link do seu blog no comentário, pois o mesmo já aparece nos dados para contato. Na nossa política do blog, ao inserir constantemente links no corpo do comentário o mesmo é considerado SPAM. Veja mais aqui https://www.blogvambora.com.br/politica-blog/
      Obrigada e abraços!

  1. Acabei de contratar um cruzeiro para o caribe, pela Pullmantur, me solicitaram que enviasse para eles o contrato assinado e rubricado por e-mail. Vi que no final do contrato tem a parte que eles deveriam carimbar e assinar, solicitei que me reenviassem para ter comigo, mas fui informada que eles não fazem isso. Gostaria de saber se esse procedimento é comum, nessas contratações.
    Desde já agradeço.
    Fabiana

    • Olá Fabiana como foi seu cruzeiro para o Caribe? Acabo de fazer contrato para empresa Pullmantur para o Caribe também! Uma duvida é o que realmente significa all incluse com relação a bebidas, se tem direito a vinho e espumante ou se para estas bebidas tem que contratar em separado …

      Desde já obrigada,
      Irina

  2. Gostei muito do post, me esclareceu bastante. Mas tenho uma dúvida. Eu preciso saber falar inglês para fazer um cruzeiro que saia daqui do Brasil ja q a maioria das companhias sao de fora? E ah, outra dúvida. Se eu quiser descer nessas paradas eu tenho que pagar ou so quando e com excursão? Obrigada 🙂

    • Olá Nanna,
      Não é preciso saber falar inglês, pode ficar tranquila! As equipes de profissionais desses cruzeiros no Brasil possuem sempre pessoas que falam português.
      Em relação a sua outra dúvida, não é preciso pagar para descer nas paradas. Geralmente, como o tempo é pouco, os cruzeiros oferecem excursões mas você pode decidir fazer ou não, ou até mesmo chegando na parada fechar com outra empresa sem ser do cruzeiro. Uma boa dica é antes de viajar dar uma pesquisa em preços de passeios para quando chegar na viagem você pode comparar e fazer a melhor escolha.
      Boa viagem!

    • Olá,
      Depende muito do barco, se vai dividir com outras pessoas e tempo do passeio. No hotel/pousada que ficar em Paraty provavelmente vão te indicar algum já com desconto, pois é comum os barqueiros fazerem parcerias para hóspedes.
      Boa viagem!

  3. Boa tarde.
    Vou fazer um cruzeiro em fevereiro de 2017 saindo do porto do Rio com destino a Salvador. Gostaria de saber se em Salvador quando parar no porto se fica alguma empresa de turismo para fazer os passeios locais.
    Desde já agradeço e aguardo retorno.

  4. Bom minha dúvida, estou pretendendo fazer meu 1° cruzeiro com meu esposo, mãos tenho muitas dúvidas, em relação tipo fecho o pacote, esse pacote te vários benefícios, mais em relação a alimentação, sou eu que arco? Ou está incluso? E tbm as festas terei que pagar ingressos? Por favor tirem minhas dúvidas

    • Olá Amanda,
      Em geral quando se fecha um cruzeiro, o pacote inclui meia pensão ou pensão completa. Muitos também oferecem pacote de bebidas alcoólicas a parte.
      Sobre festas, você pode conferir diretamente no site da empresa de cruzeiro ou na agência que for fechar, o que está incluído ou não, mas em geral, as festas também fazem parte do pacote.
      Boa viagem!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui