Viajante Gourmet: As melhores, e as piores, tapas de Barcelona

10
Tapaç 24, um dos melhores bares de tapas de Barcelona. Foto: GC/Blog Vambora!
Tapaç 24, um dos melhores bares de tapas de Barcelona. Foto: GC/Blog Vambora!

Devo dizer que essa viagem espanhola para Barcelona foi a base de tapas, no melhor dos sentidos! Não teve nenhuma refeição que não incluiu a comida favorita de lá, as tapas ou como nós conhecemos por aqui, as comidinhas/porções/aperitivos/sandubinhas, etc, sendo que é muito mais comum achar bares de Tapas em cada esquina, do que restaurantes em Barcelona.

Antes de viajar tinha pesquisado quais eram as melhores bares de tapas na cidade (em posts como da Dri Setti, do blog Achados e do Quem quiser me visitar da Constance Escobar) e entre alguns achados e decepções, essas são as minhas experiências das melhores, e piores, tapas de Barcelona:

Em 1º lugar absoluto, o melhor bar de tapas da cidade, achei o Tapaç 24. Experimentei logo na primeira noite, foi a melhor comida, melhor ambiente e melhor custo x benefício de toda viagem para Barcelona.

Tapaç 24. Foto: GC/Blog Vambora!
O chef faz tudo na sua frente no Tapaç 24. Foto: GC/Blog Vambora!

Uma coisa dessas tapas é que se no começo parece uma opção de comida boa e barata, são necessárias algumas para te satisfazer por completo. Junta com alguma cerveja, cava ou vinho para acompanhar e você vê a sua conta passar fácil dos 20 euros por pessoa, o que, do meu ponto de vista, não é uma refeição nada barata, mas que dependendo do lugar vale a pena…

Croquetas de ramón, no Tapaç 24. Foto: GC/Blog Vambora!
Croquetas de ramón, no Tapaç 24. Foto: GC/Blog Vambora!

Esse foi o caso do Tapaç 24, localizado bem perto da Praça Catalynia, um dos lugares mais turísticos da cidade. Lá foi onde eu comi o melhor pan con tomate (um prato clássico de tapas), as melhores croquetas de ramón ibérico (crocantes por fora e extremamente cremosas por dentro) e uma tortilha, com uma gema de lamber o prato! Super delicioso, num ambiente moderno, com os chefes preparando absolutamente TUDO na sua frente: mas fresco impossível! Por 20 e poucos euros, com bebidas, valeu muito a pena. Dica: chegue cedo (lá pelas 19h30/20h), porque não há muitos lugares e lota!

Tortilha no Tapaç 24. Foto: GC/Blog Vambora!
Tortilha no Tapaç 24. Foto: GC/Blog Vambora!

Outro lugar bem recomendado foi o Cervecería Catalana, localizado numa travessa da Rambla Catalynia. Em pleno domingo à tarde, em que poucos lugares ficam abertos, o restaurante estava tão cheio que mal se conseguia ficar de pé. Uns 30 minutos de espera por uma mesa, ou a pura sorte de conseguir um disputado lugar no balcão, o que foi meu caso. 🙂

Mais tradicional que o anterior, lá os montaditos (sanduichinhos) e os bocaditos (canapés) ficam expostos no balcão, na frente dos clientes. Você pega aqueles que te parecem mais apetitosos ou escolhe algumas das tapas quentes do cardápio e menu do dia, que são preparadas na hora.

Chpirones, no Cervecería Catanala. Foto: GC/Blog Vambora!
Chipirones, no Cervecería Catanala. Foto: GC/Blog Vambora!

Lá foi a vez de experimentar frutos do mar, tipicamente espanhóis, como mini polvos chamados chipirones e navarras, um tipo de molusco cumprido, indicado por locais sentados do meu lado: “Experimenta, experimenta que é muito bom!”. E não é que era? Mas a refeição, digamos, exótica, saiu um pouco cara em alguns sentidos, sendo o principal: 35 euros, com bebidas…Mas tudo bem! Valeu pela experiência! Foi meu 3º melhor restaurante de tapas.

Agora a grande decepção desses bares de tapas foi o restaurante Tapa a Tapa, quase que uma rede, com diversas lojas espalhadas pela cidade. Para resumir: um pelo nas papas bravas (batatas fritas, com um molho picante de maionese e páprica), torrada murcha, um bocadito de lagostim que na verdade era uma maionese de atum com batata sem gosto, e um queijo requentado, por 20 euros, me deixou indignada…Odiei demais! Pior que foto até que ficou bonita…Mal sabia eu a decepção que seria na hora de experimentar!

Tapa a Tapa em Barcelona. Foto: GC/Blog Vambora!
Tapa a Tapa, pode até parecer bonito, mas foi a pior refeição. Foto: GC/Blog Vambora!

Voltando as boas tapas, um outro lugar legal para se ir comer é no Mercado de La Boqueria, bem na Rambla. Aliás, o único lugar que os próprios moradores recomendam para comer na rambla: “Todo o resto é muito ruim! Vá direto para o mercado!”. Foi o que eu fiz!

Mercado de la Boqueria. Foto: GC/Blog Vambora!
Mercado de la Boqueria: bom e barato! Foto: GC/Blog Vambora!

Lá é possível petiscar num dos bares, sendo o Pinotxo o mais famoso, recomendado e lotado. Para não perder muito tempo e economizar, uma opção é experimentar algumas das várias comidinhas vendidas por lá, como algum sanduíche de Ramon Ibérico, empanadas, porções de azeitonas, aliche, sardinha, etc. Tudo ótimo, fresco e nada caro (menos de 10 euros por pessoa).

Empanadas no Mercado de la Boqueria. Foto: GC/Blog Vambora!
Empanadas no Mercado de la Boqueria. Foto: GC/Blog Vambora!
Ramón no Mercado de la Boquería. Foto: GC/Blog Vambora!
Oversose de ramón no Mercado de la Boquería. Foto: GC/Blog Vambora!

Uma outra opção para fugir dos restaurantes ruins da rambla é se embrenhar pelas ruas do Bairro Gótico, cheia de lugares legais e simpáticos. Tinha visto vários para ir mas e para achar algum no meio daquele labirinto? Resolvi que a melhor solução era ir andando, seguindo algumas das indicações dos apps que tinha baixado e vendo os cardápios do dia, até encontrar algum que gostasse.

Nessa acabei escolhendo o 2º melhor restaurante de tapas dessa viagem para Barcelona, o Que Bueno que Viniste, de cozinha argentina e espanhola. Empanadas deliciosas, uma polenta com ragu e queijo de cabra e um brownie com doce de leite e espuma de merengue…nossa estava bom demais! Paguei com gosto os 18 euros.

Restaurante Que Bueno que Viniste em Barcelona. Foto: GC/Blog Vambora!
Brownie com doce de leite e espuma de merengue…hummm…Foto: GC/Blog Vambora!

Por fim, algumas dicas que aprendi para se dar bem nesses bares e restaurantes de tapas de Barcelona:

  • Veja se há locais e não só turistas,
  • Se as tapas no balcão estão frescas e..
  • Sempre pergunte se há um menu del dia (a opção mais fresca e barata para experimentar)

Outra dica que escutei e depois da experiência ruim Tapa a Tapa, resolvi seguir: sempre peça 1 ou 2 tapas por vez e não várias. Se estiver bom, peça outras. Se estiver ruim saia e vá para outro lugar sem piedade. É assim que eles fazem por lá!

Procurando onde comer em Barcelona? Vambora experimentar então todos esses bares de tapas!  🙂

*** Veja mais dicas de Barcelona aqui do blog:
Melhores lugares para se hospedar em Barcelona
Roteiro de 5 dias por Barcelona
Como circular em Barcelona

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

10 COMENTÁRIOS

  1. Estou hospedado em um apartamento, via Airbnb, perto do hospital de Sant Pau e por perto tem vários bares legais com tapas não turísticos. Fuja das Ramblas e shoppings. Viva o dia adia real de cada lugar que visitar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui