Roteiro cultural: Barcelona de Gaudí – O Parque Güell

14
Parque Güell em Barcelona! Foto: GC/Blog Vambora!
O Parque Güell é a cara de Barcelona! Foto: GC/Blog Vambora!

-> Post atualizado em Julho/2015

O Parque Güell é talvez uma das obras de Gaudí que mais tem a cara de Barcelona! Ele traduz, quase literalmente, a natureza que o arquiteto tanto quis mostrar em seus projetos pela cidade.

No terreno particular do seu grande patrocinador, Eusebi Güell, Gaudí deveria criar um oásis para a burguesia da cidade: quase como um condomínio dos dias de hoje, com palácios, casas, praças, mercados, etc. E ele conseguiu fazer tudo isso de maneira incrívell mudando a maneira de se fazer arquitetura em Barcelona! Pena que as outras pessoas da época não conseguiram entender o potencial e modernidade mostrada pelo arquiteto e o projeto de Gaudí foi um grande fiasco…

Já que toda infra-estrutura estava lá, decidiu-se transformar a área num grande parque em Barcelona para alegria de todos!

A área é imensa e dá para passar algumas boas horas do seu dia passeando entre as colinas, se perdendo entre os caminhos e descobrindo aqui e ali obras de Gaudí….Só que a gente sabe que, quando viaja, o luxo de passar um dia inteiro num parque, andando aleatoriamente é para poucos, então para tornar a sua visita um pouco mais objetiva, vou colocar aqui os principais pontos para visitar, que você não pode deixar de ver essa, que é uma das principais obras de Gaudí em Barcelona:

-> Viaduto das Gardineiras:

Viaduto das Gardineiras, no Parque Guell. Foto: GC/Blog Vambora!
Viaduto das Gardineiras, no Parque Güell. Foto: GC/Blog Vambora!

Se você chegar no parque de ônibus (veja mais abaixo a melhor maneira de chegar no parque), essa deverá ser a 1ª obra de Gaudí que você vai encontrar no caminho. E quando digo viaduto é viaduto/passagem/estrada mesmo! O objetivo era proteger os futuros moradores do complexo da chuva e sol, além de facilitar o caminho das carruagens. Se mesclando no terreno, com uma estrutura de pedras inclinadas, é impressionante. Nos fins de semana, sempre há bandas se apresentando por lá, deixando todo o clima do lugar ainda mais bonito.

-> Praça da Natureza e Sala Hipostila:

Praça da Natureza no Parque Güell. Foto: GC/Blog Vambora!
Praça da Natureza, um dos ápices do parque. Foto: GC/Blog Vambora!

Passando o 1º viaduto, seguindo reto você vai chegar no grande ápice do parque, a grande praça oval de Gaudí, que deveria servir como teatro a céu aberto. Se espelhando nos teatros gregos, a área é imensa e os bancos coloridos nas margens da praça são os mais disputados de todo o parque!

Sala Hipostila no Parque Güell. Foto: GC/Blog Vambora!
Sala Hipostila, ou o que deveria ser o “mercadão” com suas 100 colunas. Não deixe de reparar nos detalhes do teto. Foto: GC/Blog Vambora!

Descendo as escadarias laterais você chega a uma das partes mais surpreendentes do Parc Güell: a Sala Hipostila, ou a área que deveria abrigar o “mercadão” do complexo! Só que Gaudí não poderia fazer algo simples, então resolveu encher o espaço com 100 colunas todas desenhadas, do pé ao topo, de maneira absurdamente linda!

-> Fonte Dragão e escadaria:

O lagarto/dragão do Parque Güell. Foto: GC/Blog Vambora!
O lagarto, quer dizer, dragão fonte de Gaudí. Foto: GC/Blog Vambora!

Passando as 100 colunas você se depara com uma escadaria que dá para a entrada principal do parque e a fonte/dragão (que eu gosto de chamar de lagarto) mais fotografado do mundo! Há muitas explicações do porquê Gaudí resolveu colocar aquela figura do dragão (lagarto), mas o que todo mundo quer saber é tirar foto com o bicho! Impressionante!!!

-> Viaduto do Algarrobo:

Viaduto Algarrobo no Parque Güell. Foto: GC/Blog Vambora!
A onda de pedra do Viaduto Algarrobo. Foto: GC/Blog Vambora!

Para fugir da multidão suba novamente para a praça oval e vire a esquerda para encontrar o Viaduto Algarrobo. Talvez seja mais bonito que o anterior, pois suas paredes se moldam nas colinas do parque, formando quase um grande tubo/onda de pedra esculpida.

-> Turó de lês treus Creus:

O calvário do Parc Guell. Foto: GC/Blog Vambora!
O calvário do Parc Guell: um dos pontos mais altos do parque. Foto: GC/Blog Vambora!

Ou o Calvário, quase uma igrejinha num dos pontos mais altos do parque e que possui uma das visões mais bonitas de Barcelona. Vale a pena a caminhada, passando a praça oval e subindo uma pequena colina.

-> Casa Museu Gaudí:

Casa Museu Gaudí. Foto: GC/Blog Vambora!
Torre da Casa Museu Gaudí, vista da Praça Natureza. Foto: GC/Blog Vambora!

Se você ainda estiver com pique, dar uma volta no Museu Gaudí, dedicado totalmente ao arquiteto, pode ser uma boa maneira de terminar sua visita. Na casa onde morou por alguns anos, além de objetos pessoais, há muitas obras dele expostas. É a única atração paga do parque (5,50 €).

Por estar numa região meio isolada de Barcelona, a melhor maneira de se chegar no parque é usando transporte público. Você pode ir de metrô (Estação Lesseps – Linha 3 verde), porém depois há uma longa caminhada até a entrada principal.

A maneira mais rápida de se chegar lá, e de menor esforço, é pegar um ônibus (nºs 92 ou 112, saindo do Passeio García). Na recepção do seu hotel pergunte se algum deles passa perto de você. O trajeto demora uns 20 minutos no máximo e o ônibus te deixa bem na porta secundária do parque, perto do Viaduto das Gardineiras. Como o sistema de ônibus de Barcelona é bem confiável (inclusive mostrando no ponto, quanto tempo falta para o próximo veículo chegar), não tem erro!

Desde de outubro de 2013, a parte do parque onde estão as principais obras de Gaudi só são acessadas mediante ingresso pago. O valor é de 7 euros, e pode ser comprado via internet (o que é alatamente recomendável). Nesse post do blog Passaporte BCN você consegue ver todos os detalhes de como adquirir os ingressos: http://www.passaportebcn.com/como-comprar-ingressos-para-o-park-guell/

+ informações: http://www.parkguell.cat

Depois de descobrir essa moderna Barcelona de Gaudí, no próximo post tem dicas de onde se hospedar na cidade. Vambora!

*** Veja mais dicas de Barcelona no blog:
Barcelona de Gaudí: as Casas e a igreja Sagrada Família
– Roteiro de 5 dias em Barcelona
– As melhores e as piores tapas de Barcelona

 

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

14 COMENTÁRIOS

  1. Sabe que eu AMO o Parc Guell? Me surpreendi super outro dia com a Lu Betenson dizendo que não tinha gostado. Porque toda vez que eu vou eu me sinto uuuuultra criança-feliz lá :mrgreen: E que ótimo você dar o tutorial do transporte. Lembrei que da primeira vez que eu fui desci no lugar errado e tivemos que andar um monte daquelas manzanas gigantes de Barcelona pra chegar lá.

    • Mari eu nem sabia que não dava para gostar do Parque Guell! rsrsrs Achei lá ótimo e coloquei essas dicas de quais lugares principais para ir porque fiquei passeando por lá muito mais tempo do que eu esperava e só fui ver as obras mais conhecidas do Gaudí quando reparei a hora! 🙂 E todo mundo lá me deu a dica do ônibus e não o metrô, para andar menos e aproveitar mais! 😀

  2. Não sei se já lhe disse que AMO o seu blog. ADORO viajar e quando não posso ir fisicamente visito blogs interessantes como o seu. Estive em Barcelona por dois dias, muito pouco para ver tanta arte. A Casa Batló é a mais linda obra de Gaudi na minha opinião. Na próxima vez que eu for a Barcelona vou, com certeza, recorrer ao seu blog. Continue nos trazendo a beleza deste planeta. Tudo de bom sempre.

  3. oiiiii adorei as dicas, vou recomendar seu blog pra todos! . estou em ibiza na casa da minha filha q mora aki e vou a barcelona com ela amanha de manha, mas volto quarta a noite! ja tenho hospedagem, pode me dar uma dica de roteiro cultural adequado para o pouco tempo? obs.: sou designer grafica e gosto mais de arte q de arquitetura. aguardo obrigada!!!

  4. Olá Guta, tenho uma dúvida, quando você diz que estudante e idoso pagam meia entrada, mas aceitam carteira de estudante do Brasil? E idoso, basta comprovar a idade com o passaporte?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui