Relato de viagem: Cruce Andino – Fazendo a famosa Travessia dos Lagos Andinos

13
Cruce Andino
Cruce Andino: a travessia dos Lagos Andinos entre Chile e Argentina. Foto: GC/Blog Vambora!

Se tinha uma parte que aguardava ansiosamente nessa viagem para o Chile, era exatamente fazer o Cruce Andino, a famosa travessia dos Lagos Andinos. E se as expectativas eram altas, mesmo com todas as descobertas e visitas que tinha feito antes (veja aqui), essa parte foi mesmo o ponto alto da viagem.

De modo resumido, o Cruce Andino é a maneira mais bonita de conhecer a região, usando barcos e ônibus para fazer a travessia dos Lagos Andinos entre o Chile a Argentina. Sai-se de manhã do seu hotel (em Bariloche na Argentina, ou Puerto Varas/Puerto Montt no Chile) e no final do dia chega-se ao outro país. É possível também só fazer parte da travessia, só na parte chilena por exemplo.

Vulcão Osorno
Visão privilegiada do Vulcão Osorno: dia perfeito para fazer a travessia dos Lagos Andinos. Foto: GC/Blog Vambora!

A empresa Cruce Andino é a que faz todo o itinerário, desde a saída do seu hotel até a chegada ao próximo destino. Malas, transferência dos barcos e ônibus, indicação para fazer imigração (na fronteira Chile – Argentina), passeios extras, história do lugar, tudo é com eles. Imagine esse dia como sendo um dia todo de excursão, no qual a sua maior preocupação será tentar tirar a maior quantidade de fotos possíveis das paisagens lindas que irá ver durante todo o dia.

Itinerário detalhado da travessia dos Lagos Andinos

No caso, segue o sentido Chile –> Argentina. Obs: se vier de Bariloche é só inverter a ordem). Vá acompanhando o texto abaixo com o mapa:


Ver Circuito Cruce Andino en un mapa ampliado

8h – Saída de Puerto Varas (Chile) de ÔNIBUS, com parada no Parque Nacional Vicente Pérez para visitar os Saltos de Patrohué e já ter um gostinho da visão do vulcão Osorno, que vai acompanhar todo o seu caminho em direção a Argentina. Depois da visita segue-se para o porto em Petrohué.

Me surpreendi com os Saltos de Petrehué: as águas verdes esmeralda das quedas d’águas são mesmo lindíssimas e embora durante o Cruce Andino a parada seja específica para conhecer as quedas, quem estiver no Chile e quiser conhecer com mais calma o parque pode (e deve!) já que há muitas trilhas para fazer por lá também.

Saltos de Petrohue
Saltos de Petrohue. Foto: GC/Blog Vambora!

10h30 – Embarque em Petrohué de BARCO, para cruzar o Lago de Todos Los Santos.

Torça para que o tempo esteja bom e veja as mais belas visões de toda a sua viagem aqui. A cor esmeralda do lago, contrastando com as visões incríveis dos vulcões Osorno, Puntiagudo e Cerro Tronador são mesmo de tirar o fôlego. Mil fotos depois e vontade é ainda de clicar mais e mais. Demos muita sorte de pegar o tempo tão bom e conseguir ver com detalhes todos os vulcões e as montanhas lindas que cercam todo o vale. É mesmo incrível!

Barco Cruce Andino
Barco em Petrohué para cruzar o Lago de Todos los Santos, no Chile. Foto: GC/Blog Vambora!
Vulcão Osorno
Vista do vulcão Osorno durante a travessia. Foto: GC/Blog Vambora!
Vulcão Pontiagudo
Nesse dia só deu para ver a pontinha do Vulcão Pontiagudo. Foto: GC/Blog Vambora!
Cerro Tronador
E o Cerro Tronador. Foto: GC/Blog Vambora!

12h15 – Chegada em Peulla, a última parada antes de entrar na Argentina.

Aqui é servido o almoço e para quem faz somente a parte chilena da travessia dos Lagos são oferecidos passeios até a saída do próximo barco de volta a Petrohué. No caso, fizemos uma pequena excursão até um dos vales de Peulla e de lá um pequeno passeio de barco por um rio da região.

Peulla
O pequeno povoado de Peulla, com os hotéis aparecendo pequenos no lado esquerdo da imagem. Foto: GC/Blog Vambora!

Há opção também, para quem quiser, de dormir em Peulla e seguir viagem no dia seguinte. O Hotel Peulla é o mais tradicional e há também o Hotel Natura Patagonia. Conheci o primeiro: é confortável, tem lindas vistas e oferece passeios também durante o dia.

Passeio em Peulla
Passeio nesse automóvel, tipo “jardineira” em Peulla. Foto: GC/Blog Vambora!

14h – Saída de ÔNIBUS com destino a Puerto Frias já na fronteira com a Argentina. Lá se pega um BARCO com destino a Porto Alegre, cruzando o Lago Frías. Depois de cruzá-lo pega-se um ÔNIBUS em Porto Alegre com destino a Puerto Blest.

ônibus Cruce Andino
Ônibus do Cruce Andino. Foto: GC/Blog Vambora!

17h15 – Depois de chegar em Puerto Blest pega-se um BARCO para cruzar o Lago Nahuel Huapi, com destino a Puerto Pañuelo, tudo já em solo argentino.

18h15 – Último trecho da travessia dos Lagos Andinos: de Puerto Pañuelo pega-se um ÔNIBUS até Bariloche, com chegada aproximada na cidade por volta das 20h45 e transferência ao seu hotel.

É uma viagem longa, mas como são muitas paisagens lindas e cheias de variações, dependendo do pique, não chega a ser cansativa, porém quem viaja com crianças pequenas e idosos, vale considerar passar uma noite em Peulla.

Hotel Peulla
Quarto do Hotel Peulla. Foto: GC/Blog Vambora!

As tarifas ficam por volta dos US$200 para o trajeto inteiro e US$100 para somente a parte chilena, que inclui visita aos Saltos de Petrohué e a travessia do Lagos de Todos los Santos, com almoço em Peulla. Confira aqui os valores atualizados para a data da sua viagem: http://www.cruceandino.com/br/tarifas

Para quem quiser fazer somente a parte chilena dá para economizar, usando transporte público (ônibus) até Petrohué e lá fazer algum passeio em barcos menores. Nesse caso não é preciso reservar antes, o que com o Cruce Andino é bem importante (pode ser feito direto no site da empresa).

Realmente a cereja do bolo dessa viagem para os Lagos Andinos. Vambora?!

+ informações: http://www.cruceandino.com

*O Vambora! viajou a convite da SERNATUR Los Lagos e do Turismo do Chile.

*** Veja mais dicas dos LAGOS ANDINOS e do CHILE:
Todo charme de Puerto Varas no Chile: um roteiro pela cidade, com mapa!
Onde se hospedar em Puerto Varas
Um passeio por Frutillar e Puerto Octay na região dos Lagos Andinos

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

13 COMENTÁRIOS

  1. Oi! Inicio parabenizando pelo blog e, principalmente, pelo post bem detalhado e ajudou com algumas dúvidas, porém ficaram outras se puderem me ajudar, já que viajo para o Chile no meio de SET/15.

    Essa hospedagem em Peulla não é obrigatória dependendo do clima? Você foi na época do post, aprox. em março / abril do ano passado? Pois atualmente com o dolar tão caro, tenho que ter o planejamento financeiro bem fechado, já que ainda ficaremos 5 dias em Santiago e uns 3 em Bariloche para retornar ao Chile.. então só de passeios o gasto será alto..

    Há problemas em levar as malas no barco / onibus, já que serão duas malas grandes por ser uma viagem no total de 13 dias?

    Não encontrei um relato de Bariloche no blog, você foi até lá pelo Cruce?

    Existe uma opção mais em conta para voltarmos ao Chile, já que pegaremos provavelmente avião para retornar à Santiago e assim voltarmos ao Brasil?

    Agradeço desde já a ajuda.. sei que além dos posts, comentários também agregam bastante para outros possíveis viajantes.

    Beijos!

    • Olá Sabrina, que bom que está gostando e aproveitando as dicas do blog!
      Sobre suas dúvidas:
      – Fiz essa viagem em Dezembro então pegamos tempo bom, mas acredito que em Setembro as condições são boas também para fazer a travessia sem a necessidade de passar a noite em Peulla.
      – Das malas pode ficar tranquila de ir com as malas grandes, há lugar para elas.
      No caso não atravessamos a fronteira até a Argentina e acabamos voltando para o Chile no mesmo dia, por isso infelizmente ainda não temos dicas de Bariloche aqui no blog.
      Saindo de Bariloche, pela distância, a viagem de avião até Santiago acaba sendo a que vale mais a pena mesmo pois se não teriam que pegar um ônibus até Puerto Varas por exemplo e depois outro até Santiago. Muito longo e trabalhoso o que não compensa a economia, na minha opinião, mas veja se valeria a pena para vocês.
      Espero ter ajudado!
      Boa viagem!

    • Bom dia Rafael. Vc já fez a travessia? fez a pé? Estou planejando fazer a travessia de bike no inverno e gostaria de saber mais detalhes do trecho Peulla / Puerto Frias… Já sei que são 29km, sendo 7km de subida íngrime… E oq mas me preoculpa é o clima, pois vou fazer a travessia no dia 05/07/2016 (inverno) e se nevar terei que subir o trecho de 7km a pé com a bike nas costas… Oq vale é a aventura!

  2. Nossa muito bom, procurei em alguns lugares um roteiro mais ou menos assim, e aqui encontrei exatamente oque estava procurando, você indica alguma época do ano que seja melhor para ir ? que não seja muito chuvoso ou algo assim ? Eu vou ir com minha esposa para Bariloche esse ano e ja vou aproveitar e fazer a travessia dos lagos andinos. Abraço.

    • Olá Sidney,
      Que bom que as dicas aqui do post estão lhe ajudando!:-)
      Em relação a melhor época, em Bariloche, o inverno é a estação mais chuvosa do ano, mas tem a neve. Vale vocês verem o que preferem: calor e pouca chuva, ou frio e neve.
      Boa viagem!!

  3. Oi Guta, Boa Noite.
    Estou indo com a patroa agora em novembro/2016 para Bariloche e vamos fazer a travessia para Puerto Varas. Gostaria de ter informação atualizada do valor e se estão fazendo em 1 dia. Grato.

  4. Olá. Estou indo com a família para Puerto Varas e queremos fazer um passeio de barco nos lagos andinos, mas sem cruzar a fronteira para a Argentina. Vi que você fez um passeio semelhante a esse que queremos fazer. Procurei esse passeio no site do Cruce Andino mas eles não especificam nada sobre esse passeios curto que você fez até Peulla. É um assim que queremos fazer mas não consigo obter neuma informação na internet. Você pode me ajudar ???

    • Olá Dario,
      Nesse caso, como falamos no post, você pode fazer o passeio de Petrohué e travessia a Peulla no Lago Todos Los Santos. Tentei entrar no site do Cruce Andino agora para ver se essa opção ainda continua lá mas o site parece fora do ar. Em todo caso você pode adquirir o passeio também pela empresa Turistour.
      Esperamos ter ajudado!
      Boa viagem!

  5. Oi gente, eu fiz essa viagem na semana passada. A ida Puerto Varas – Bariloche pelo Cruce Andino e a volta de ônibus normal.

    A viagem do Cruce Andino é maravilhosa! As paisagens sao espetaculares e o serviço prestado pela empresa é impecável, muito organizado. É totalmente recomendável fazer essa viagem uma vez na vida!

    Mas eu estou comentando para alertar a todos que pensam em fazer essa viagem que nem eu, com volta de ônibus normal. Por favor, NÃO COMPREM A VIAGEM DE ÔNIBUS PELA EMPRESA ANDESMAR!!!
    Tem que ser assim mesmo, em maiúscula, porque essa empresa maldita conseguiu estregar o final de uma viagem maravilhosa com um serviço horrível. Foi a pior viagem de ônibus que já fiz na vida.

    A viagem que deveria durar 6h30 demorou mais de 24h, porque o ônibus quebrou, e quando resolveram o problema, já nao dava tempo para cruzar a fronteira (ela fecha às 19:00). Tivemos que dormir em Villa Angostura por causa disso, dividindo quarto com pessoas desconhecidas, além de outros perrengues. Mas o pior de tudo é que fizeram a gente perder um vôo e tivemos que comprar outra passagem aérea, mas a Andesmar não respondeu pelo prejuízo!

    Foi muito triste terminar essa viagem tão linda com tanto estresse (e prejuízo). Então se forem viajar de ônibus, comprem passagem de qualquer outra empresa, menos a Andesmar. E é melhor nao reservar voo para logo depois, pois se tiver algum problema com a fronteira, podem acabar perdendo o voo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui