Vivendo e aprendendo: Milhas para que te quero – Guia básico de como acumular e usar milhas para viajar

24
Milhas para viajar
Foto: LucasTheExperience, Flickr

Entender e usar bem milhas é um mundo que separa os viajantes. Tem muita gente que é fissurada no assunto e sabe de cor todas as dicas e macetes para acumular e usar, já outros, mal sabem dizer em qual programa de milhas estão (se estão em algum), e no fundo, não sabem ao certo como acumulá-las e usá-las.

Pois bem, há alguns anos eu estava nesse segundo grupo, mas decidi que ia mudar a forma de agir e finalmente começar a passar os programas de milhas a meu favor. Resultado? Diversas passagens gratuitas já emitidas, alguns upgrades e um saldo cada vez maior para fazer viagens mais longas. Não é difícil, mas como tudo na vida, usar bem milhas requer atenção, dedicação e alguns conhecimentos. Se você se encaixa no grupo de pessoas que ainda não usa milhas para viajar ou até já faz parte de algum programa, mas ainda nunca conseguiu aproveitar direito, esse post é para você.

Vamos lá então para esse guia básico, passo a passo, para tirar as dúvidas de como conseguir acumular e usar milhas para viajar cada vez mais e melhor. Vambora!

1-) Antes de qualquer coisa: mas o que são exatamente milhas?

As milhas ou programas de milhagem foram a maneira encontrada pelas companhias aéreas de fidelizar e recompensar o viajante. Dessa forma, em geral, fazendo parte de um programa desses, a cada 1 milha voada, o passageiro recebe uma “milha-prêmio”, que depois de uma certa quantidade acumulada pode ser trocada por passagens aéreas, upgrades (ao invés de voar econômica, ir de executiva, por exemplo), produtos, etc.

Passagens promocionais geralmente rendem menos milhas e as classes superiores premiam mais. Ou seja, quanto mais se viaja, mais importante o passageiro se torna para a empresa, o que garante também mais milhas por trecho voado.

2-) E como eu faço para ter milhas?

Primeiramente você precisa estar inscrito em algum programa de milhagem. Aqui já vai uma primeira grande dica: faça a inscrição no programa de milhagem da companhia aérea que você utiliza mais e não de todas que aparecem na sua frente. Pense nas milhas como uma poupança: quanto mais você tiver num mesmo lugar, maior será a quantidade obtida e conseqüentemente mais chances você terá, num menor período, de trocar isso por vantagens.

3-) E só dá para conseguir milhas viajando?

Não! E isso é incrível para o viajante comum. Tirando casos de executivos e pessoas que trabalham com viagem, é muito difícil juntar grandes quantidades de milhas só viajando esporadicamente, por isso hoje em dia há um mundo de possibilidades para acumulá-las.

Uma das maneiras mais usuais é usando o cartão de crédito. Veja com seu banco/gerente se o seu cartão te dá esse tipo de benefício. Muita gente tem medo, prefere passar tudo no débito, mas com um cartão de crédito que você consegue transformar o valor da fatura em pontos/milhas, o que pode tornar sua vida de viajante muito melhor.

Os valores dependem de cada cartão/banco, mas no geral, a cada $ 1 pago da sua fatura, você consegue acumular 1 ponto/milha. Então num mês, que sua fatura for por exemplo, $ 1000,00, você acumulará automaticamente 1000 pontos. A idéia não é fazer você virar um escravo do cartão, se endividar, mas ao contrário: usá-lo ainda mais a seu favor. A quantidade de gente que conheço que não usa cartão de crédito por medo ou receio é grande, mas sendo responsável financeiramente não tem porque não fazê-lo.

E para quem diz “mas eu não quero ter que trocar de cartão ou pagar anuidade” eu digo: muitas vezes, você consegue ter um cartão com esse tipo de benefício sem ter que pagar nada! É o caso de só sentar e conversar com o seu gerente para ver quais são as suas possibilidades. Muitos bancos também tem programas de fidelidade, nos quais, mesmo com seu cartão atual é possível começar a acumular pontos, só pagando uma pequena taxa inicial.

Há também outras formas de acumular milhas não viajando: o programa de fidelidade da TAM, por exemplo, faz parte de um outro programa de vantagens, o Multiplus. Nele, diversas outras empresas, como lojas, postos de gasolinas, etc, permitem que a cada compra, você consiga transformar aquele crédito em pontos/milhas.

4-) Ok, então qual programa de milhas é melhor fazer parte?

Depende, essencialmente de qual companhia aérea você usa mais e vê que teria mais vantagens. No Brasil, todas as grandes empresas tem programas de milhas: a TAM com o Fidelidade, a GOL com o Smiles, e a Azul com o TudoAzul.

Vou dar meu exemplo: já voei nas 3 companhias acima, faço parte dos 3 programas de milhagem, mas voei muito mais vezes com a TAM. Resultado: procuro voar e acumular muito mais pontos no Fidelidade do que nos outros programas.

5-) Mas eu não posso juntar as milhas de uma companhia aérea com a de outra?

Não. Exatamente por isso não vale a pena ficar fazendo cadastros em todas as companhias aéreas que for viajar. Como disse lá em cima, a criação das milhas foi uma forma de fidelizar o viajante, então não adianta nada viajar um dia com a companhia X e no outro com Y e ainda sim querer acumular muitas milhas em ambas.

6-) Mas não dá para viajar pelo mundo usando só uma companhia aérea, então como faz?

Para isso existem as alianças internacionais, sendo as maiores, e que muitos já devem ter ouvido falar: a Star Alliance, Sky Team e a oneworld.

Através dessas alianças, diversas companhias aéreas pelo mundo se juntam permitindo que o viajante de uma companhia aérea X, consiga emitir uma passagem numa companhia Y, da mesma aliança. Importante: ainda que façam parte desse mesmo “grupo” você não conseguirá transferir milhas de programas diferentes, a não ser em casos que duas companhias aéreas tenham um único programa de milhagem (por exemplo, a KLM e Air France com seu Flying Blue) ou tenham algum acordo ou promoção específica.

Então por exemplo: você faz parte do programa de milhas da TAM, o Fidelidade, e um dia já voou também com a American Airlines e acumulou milhas no programa deles (chamado de AAdvantage). Mesmo ambas fazendo parte da One World, você não conseguirá transferir milhas da American para a TAM. Porém, se você tem um certo número de milhas no Fidelidade e quiser voar pela American Airlines, por fazerem parte na mesma aliança, você poderá emitir com suas milhas da TAM uma passagem pela American (ou vice versa).

7-) Então dá para voar numa companhia aérea mas acumular milhas no programa de outra?

Sim! Por isso, uma vez entendendo a importância das milhas, sua escolha de qual companhia aérea usar começará a não se basear só no preço, mas também em outros fatores, como qual aliança ela faz parte.

Dou um exemplo: há um tempo atrás, procurando passagens para viajar para Barcelona, encontrei ótimos preços com a Iberia. Num valor um pouco acima estava a Singapore Airlines. Por querer privilegiar as minhas milhas no Fidelidade da TAM, optei na época por escolher pagar um pouco mais na Singapore (que na época fazia parte da mesma aliança que a TAM) mas conseguir as milhas num programa que eu sabia que ia usar mais. Resultado: no ano seguinte, acabei usando essas milhas que acumulei para viajar pelo Brasil com a TAM, ou seja, o custo X benefício acabou valendo a pena.

8 -) E como dá para saber quantas milhas eu tenho em cada programa? E como saber quantas milhas são necessárias para eu trocar por uma passagem?

Antes de qualquer coisa: não é porque você voou que suas milhas serão creditadas. Outra dica muito importante: toda vez que você se cadastra num programa de milhas, é gerado um número e senha de acesso ao site do programa. Com isso você consegue entrar no sistema de cada empresa e conferir todas as informações de quantas milhas você possui, quantas são necessárias para voar num determinado trecho daquela companhia, quantas você precisa para voar em outra companhia aérea da mesma aliança e quando elas vão expirar (sim, infelizmente milhas tem validade, não duram para sempre).

Muitas vezes é gerado também um cartão, com o seu número de cadastro no programa. Imprima, decore, guarde na agenda, no celular, deixe uma cópia na carteira, outra junto com o passaporte mas não esqueça nunca de dar esse número na hora de for fazer o seu check-in. Sem isso no sistema, você não terá suas milhas creditadas. No caso do check-in online, você mesmo consegue inserir essa informação e no caso de embarque no Brasil, é só apresentar o número junto com seu documento na hora do embarque.

Se por acaso você esquecer de fazer isso é preciso que você guarde o cartão de embarque e depois de voltar de viagem apresente os dados para a companhia aérea creditar esses pontos voados para você. Cada empresa tem um procedimento e data limite diferente (por exemplo, você consegue acumular essas milhas apresentando os documentos até 30 dias após o voo), por isso é preciso se informar diretamente no site do seu programa de milhagem e/ou companhia aérea.

Esse fato, aliás, é muito comum de acontecer em destinos internacionais: nos EUA, por exemplo, muitas vezes não há um atendente para você dar o seu número de programa de milhas ou em toténs de check-in não há espaço para colocar a informação de outra companhia aérea que não há usada (mas que faz parte da mesma aliança como expliquei acima). Assim, você terá que guardar todos os seus bilhetes de embarque e fazer o procedimento de acúmulo de milhas depois que voltar de viagem.

9-) E eu posso emitir passagens com milhas para outra pessoa?

Geralmente sim mas cada companhia aérea pode ter uma regra mais específica. Vale entrar no site do programa de milhagens para ser usado e conferir.

10-) Posso juntar minhas milhas com de outra pessoa (de um mesmo programa de milhagens) e emitir uma passagem?

Depende. Em geral o que se pode fazer, como citei acima, é pedir que uma outra pessoa possa emitir uma passagem no seu nome. Por exemplo: seu irmão tem milhas que vão vencer e ele não pretende viajar logo. Você então pede que ele emita uma passagem para você. Recentemente a Multiplus, o programa de vantagens que a TAM faz parte mudou o seu sistema, possibilitando a troca de milhas/pontos, entre usuários cadastrados no TAM Fidelidade.

11-) E como eu faço para emitir uma passagem com milhas?

Nos próprios sites das companhias aéreas é possível fazer isso sem problemas. No caso de querer usar suas milhas para uma companhia aérea parceira, ou de mesma aliança, muitas vezes é necessário fazer esse procedimento por telefone, ligando para a companhia aérea que você tem seus pontos. A mesma situação serve também para upgrades. Vale conferir todas as regras específicas no site de cada programa de milhagem para esclarecer as dúvidas.

12-) Dicas finais

Ufa, ficou um super post, mas espero que tenha ajudado a tirar as dúvidas mais comuns. Acumular e usar milhas não é complicado, basta querer e prestar atenção no modo que você viaja e consome para obter os melhores resultados.

Atenção também em promoções que sempre aparecem, desde as que oferecem menos milhas para viajar, até de transferências mais vantajosas no cartão de crédito para programas de milhagem. O site Melhores Destinos sempre publica essas promoções e é uma ótima fonte para ficar bem informado.

Outra dica: na hora de comprar passagens aéreas em promoções, sempre leia as letras miúdas. Está cada vez mais comum as companhias aéreas reduzirem ou até mesmo retirarem por completo o acúmulo de milhas nos casos de super promoções. Falo mais disso nesse post aqui http://www.blogvambora.com.br/mudancas-programas-de-milhas/

E se você quiser se aprofundar ainda mais nesse assunto, recomendo uma visita ao site Aquela Passagem, que dá muitas dicas e macetes específicos para diversos programas de milhagem.

Gostou das dicas? Com todas elas, Vambora então começar a acumular e usar melhor suas milhas!

Obs: Se você tem alguma dica ou ficou com outra dúvida escreva na caixa de comentários abaixo.

 *** Veja mais dicas de MILHAS no blog:
Entrada na TAM na oneworld e novas cias aéreas parceiras
Mudanças nos programas de milhas da TAM, GOL e AZUL
Singapore Airlines: como é voar numa cia aérea 5 estrelas

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

24 COMENTÁRIOS

  1. Por acaso há uma taxa de conversão reais/milhas das passagens utilizada como referência?

    Por ex.: há uma passagem que custa 10.000 milhas ou 1.000 reais, ou seja, a taxa seria 1.000 reais/10.000 milhas = 0,1. E há outra passagem que custa 2.000 reais e 10.000 milhas, a taxa seria 0,2.

    Ou seja, no segundo caso, as milhas estão sendo melhor aproveitadas do que no primeiro.

    • Olá Gabriel,
      Não, em geral o valor das milhas é contado a partir da distância entre destinos, sendo que esses valores inclusive variam de cada companhia aérea. Os preços também tem uma variação grande e não seguem muito a formula das milhas: nesse caso é um fator muito mais econômico (de demanda e promoções) do que só simplesmente distâncias. Assim, em geral não dá para aplicar essa regra que comentou.

  2. Muito bom!! Acumular milhas está sendo cada vez mais buscado por nós consumidores, pois, além de juntar milhas para viajar, também é viável vender milhas e render um bom investimento. Já fiz vendas para algumas empresas, uma delas foi a EloMilhas e recomendo também.. Como vocês mesmos disseram acumular milhas não é difícil, basta esta atento as vantagens de cada fidelização.. 😉

  3. Olá, uma coisa nao ficou muito clara para mim. É possivel acumular as milhas do cartão com as milhas da cia aérea para trocar por passagens?

    Como funciona a troca das milhas do cartão de credito por passagens?

    • Olá Vivian,
      Na verdade ao usar seu cartão de crédito você consegue acumular pontos que podem ser transformados em milhas.
      Por exemplo: o Banco Itaú tem o programa de pontos chamado de Sempre Presente; a cada gasto da fatura, dependendo do seu cartão, a cada US$ 1 gasto você acumula 1 ponto. Acumulando 10mil pontos você consegue transferir para o programa Multiplus, da TAM e dai emitir uma passagem.
      Existem certos programas de bancos também em que é possível emitir uma passagem diretamente com os pontos do seu cartão, sem precisar transferir para um programa de milhagem (como Smiles, Multiplus, etc).
      Dessa forma, vale entrar em contato com o seu banco do seu cartão para saber quais são as suas opções.

  4. Olá!

    As milhas servem apenas para viajar de graça, ou seja, é preciso acumular o valor total da passagem? Ou posso usá-las para ter desconto em uma passagem, pagando em dinheiro apenas uma parte?

    Cris

    • Olá Cris,
      Muitas empresas possibilitam hoje em dia que você compre pontos adicionais para completar sua viagem com as milhas que já possui, só é preciso ver em cada caso se esse valor adicional compensa ou é ainda melhor esperar mais um pouco para acumular a quantidade suficiente para emitir uma passagem completamente.

  5. Ótimas as dicas, Guta! Olha, esses dias eu descobri o MELHOR app pra controlar milhas e programas de pontos. Bom, pelo menos já tentei baixar e usar VÁRIOS e esse foi o único que me atendeu! Parece ser bem novo, mas achei maravilhoso e decidi contar um pouquinho dele no meu blog hehe! Se quiser, dá uma olhadinha lá! http://bit.ly/1WQx9gv
    Beijos!

  6. Olá Guta, parabéns pelo Blog. Tire umas dúvidas minhas, tenho o programa da Smiles e estou querendo usar para uma viagem a Europa, mais não tenho as milhas suficientes para o roteiro que estou traçando. Observei que esse programa também não me permite fazer vários trechos, terei que comprar um trecho de volta separado e não estou vendo vantagens pois vai ficar ainda mais caro assim, pensei em vender minhas milhas e usar
    para comprar em outro site as passagens com todos os trechos que desejo. O que você me indica? Obrigado.

    • Olá Gláucia,
      Em geral programas de milhas, como o Smiles, proíbem a comercialização de milhas para empresas externas. Dai você tem algumas alternativas, como por exemplo:
      – Usar as milhas que possui para numa outra viagem, para um lugar mais próximo, como dentro do Brasil por exemplo, em que a quantidade de milhas necessárias para viajar é menor.
      – Usar a opção de comprar a passagem usando milhas + dinheiro, dentro do próprio Smiles.
      – Usar as milhas existentes para outro serviço dentro do Smiles para sua viagem, como reservar hotel, alugar um carro, etc.
      – Se tiver pontos no cartão, procurar transferi-los para o Smiles e conseguir ter uma quantidade suficiente de milhas para emitir todos os trechos.
      Em geral, emitir uma passagem ida-volta compensa mais, então se não é possível completar o trecho Brasil-Europa, você também pode tentar usar as milhas em algum trecho interno (voando com algumas das empresas aéreas parceiras que atuam na Europa como TAP, KLM).
      Veja qual seria a opção mais vantajosa no seu caso. Esperamos ter ajudado!

    • Olá Edilton,
      Qual seria o programa de pontos que você está usando? Isso depende de cada empresa e programa então vale a pena conferir no contrato e regras da empresa na qual deseja transferir.

  7. Por favor me esclareça uma dúvida,há dois anos fiz uma viagem para a Alemanha e este ano para o Canadá. Não sou cadastrada em nenhuma empresa para acúmulo de milhas.Nesse caso eu fazendo agora o cadastro eu não tenho nenhuma chance de crédito dessas milhas?Obrigada.Marli

    • Olá Marli,
      Cada companhia aérea tem suas regras de até quanto tempo você pode solicitar o acúmulo de milhas depois de ter viajado. Em geral eles solicitam também informações como, número do voo, imagem do ticket etc. Vale você entrar em contato com a empresa que viajou e ver se no seu caso ainda será possível acumular essas milhas.

  8. ja adquiri o cartão smiles qual o póximo passo p poder comprar passagem?
    Não chegar o ponto de comprar passagem. E tenho milhas a expirar. como faço p acrecentar meus pontos?

  9. a minha duvida é tenho um cartão de credito só faço compras de moveis nele e já estou cadastrada no multiplus, essas compras contidas no cartão já pode contar como pontos e como transformar eles em milhas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui