Roteiro cultural: Barcelona de Gaudí – Pirando na Sagrada Família

12
Sagrada Família em Barcelona. Foto: GC/Blog Vambora!
Torres da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!

Não sei se “pirar” é a melhor palavra ao se falar de uma igreja, mas a Sagrada Família é uma exceção. Tendo a chance de conhecer uma das maiores atrações de Barcelona, e uma das obras primas do arquiteto Antoni Gaudí, não achei expressão melhor para descrever o sentimento de estar lá dentro. As fotos mostram um pouco disso:

Detalhes da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!
Detalhes da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!

Deu para ver um pouco, como é fácil se perder e enlouquecer com tantos detalhes, imagens, escala, magnitude, cores e luzes da Igreja?

Construída inicialmente em 1882, por Francisco de Paula del Villar y Lozano, no ano seguinte foi entregue a Gaudí, devido a desavenças entre o 1º arquiteto e o financiador da obra, Josep Maria Bocabella.

A partir dessa data, Gaudí passou os próximos 40 anos da sua vida se dedicando a esse projeto sem precedentes e até hoje não finalizado.

Sagrada Família vista do Parc Güell. Foto: GC/Blog Vambora!
Um marco na cidade: Sagrada Família vista do Parc Güell. Foto: GC/Blog Vambora!

Viajando para Barcelona, você vai ver as torres e os guindastes da Sagrada Família de qualquer ponto alto da cidade, mas é só se aproximando e ficando cara a cara com o prédio que você tem noção de quão grande e imponente ele é.

Só tinha visto tantas pessoas falando “Uauuu”, “Nooossa” e “Oooohhhh” para uma igreja, no Vaticano, mas lá pelo menos tinham algumas pessoas rezando. Na Sagrada Família, se tinha alguém, ela fazia isso enquanto não parava de tirar fotos! Nunca tinha visto um templo desses exercer tanto fascínio nas pessoas. É muito diferente de tudo o que a gente já viu, ou imagina, quando se pensa numa igreja católica tradicional.

Interior da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!
Interior da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!

Minha visita, porém, não foi nada como planejei! Cheguei tarde, 1h antes de fechar e não consegui pegar mais o audioguide, explicando melhor os detalhes da construção (que dura 1h45!). Perdi também por alguns minutos o ingresso para subir até uma das torres, tendo uma vista linda da Igreja e da cidade, que tinham tanto me recomendado…

Mas tudo bem, passei os próximos 60 minutos, andando e reparando em todos os detalhes que meus olhos conseguiam absorver, e acho que mesmo assim não consegui reparar em tudo!

Detalhe da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!
Porta principal da Igreja possui a frase “Pão Nosso de cada dia nos dai hoje”. Veja se você acha escrito em português! Foto: GC/Blog Vambora!

A previsão para finalizar a Sagrada Família é só em 2026, em comemoração aos 150 anos da morte de Gaudí. A construção da igreja ficou paralisada durante a Guerra Civil Espanhola (em 1936), e nessa época, muitos dos desenhos e explicações de Gaudí se perderam, retardando ainda mais a finalização do projeto.

Ainda faltam muitas torres (serão 18 no total), completar fachadas (Gaudí só finalizou uma, a da Natividade, a mais rebuscada) mas o seu interior está praticamente completo hoje em dia e é absolutamente lindo!!!

Fachada Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!
Fachada da Natividade, a única que Gaudí completou enquanto vivo. Foto: GC/Blog Vambora!

Gaudí queria que as pessoas se sentissem num grande bosque quando entrassem na igreja, e as colunas altíssimas, cada uma diferente da outra, com formas orgânicas retiradas da natureza nos fazem sentir exatamente assim. Os vitrais também, com cores fortes e lindíssimas, refletindo nas colunas brancas, faz aumentar ainda mais a sensação de natureza dentro do templo.

Recomendo muito uma visita ao pequeno museu interno e exposição “Gaudí na Natureza”, que mostra um pouco como que o arquiteto pensou no projeto. Lá você passa a entender melhor todos aqueles elementos e o no que ele estava imaginando quando começou a construir tudo aquilo.

Detalhes no teto e pilares da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!
Detalhes no teto da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!

Para não fazer como eu, e aproveitar melhor a visita, veja no site os horários de abertura/fechamento na época da sua viagem e planeje pelo menos umas 2h de visitação, incluindo subir nas torres (pelo valor de 2.50 euros), pegar o audioguia ou fazer uma visita guiada (todos comprados na hora de entrar). Se eu já pirei por conta, imagina com mais informações na hora?! 🙂

Ela fica localizada numa região um pouco afastada das maiores atrações de Barcelona. Dá para chegar a pé, caminhando a partir da avenida Passeio Garcia, mas achei bobagem e perda de tempo (leva-se fácil uns 20/30 minutos de caminhada, numa região que não tem nada demais). Se você não estiver nas redondezas vá direito de metrô, descendo na estação Sagrada Família (linha roxa – L2), com uma entrada praticamente dentro do edifício.

Vitrais na Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!
Luz entrando no final de tarde na Igreja. Lindo! Foto: GC/Blog Vambora!

Visitá-la no final da tarde é especialmente bonito devido a incidência da luz, além de ser mais tranquilo, com menos turistas.

Mesmo se você, como eu, não conseguir subir nas torres, pegar audioguia, etc, só de estar lá, vendo tudo aquilo ao vivo é realmente impressionante! Com o passar dos anos, mais e mais detalhes serão finalizados e sorte daqueles que poderão ver tudo completado em 2026. Espero que eu seja uma dessas pessoas! 🙂

Entrada Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!
Umas das entradas da Sagrada Família. Foto: GC/Blog Vambora!

Em Barcelona, não importa quando, vambora pirar na Sagrada Família?!

No próximo post, o último sobre as obras de Gaudí em Barcelona, Vambora visitar o Parc Güell!

+ informações: http://www.sagradafamilia.cat/

*** Veja mais dicas de Barcelona no blog:
– Onde se hospedar em Barcelona: Hotéis e regiões
– Roteiro de 5 dias em Barcelona
– As melhores e as piores tapas de Barcelona

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

12 COMENTÁRIOS

    • Obrigada Lillian! Num dia que em que quase nada deu certo, já fiquei abismada de passear por lá por conta…achei tudo lindo! Até tinha pensado em voltar outro dia p/ visitar mas com o preço salgado da entrada, resolvi ir ver outras coisas! Mas eu penso assim: já que eu gostei tanto de Barcelona, preciso de um motivo para voltar certo? Então, meu motivo será voltar p/ fazer a visita completíssima como vc fez! Minha desculpa já está dada para voltar para lá! rs 🙂
      bjus!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui