Relato de viagem: Curtindo o Carnaval de Salvador!

18
Filhos de Gandhy Carnaval de Salvador
Filhos de Gandhy, um dos mais tradicionais blocos do carnaval de Salvador. Foto: GC/Blog Vambora

Tem certas oportunidades que a gente não pode deixar passar, como a chance de aproveitar o Carnaval de Salvador!  Nunca fui uma super fã de carnaval, muito menos de axé, mas não vou mentir que em festas de casamento e formatura, ao tocar Ivete Sangalo, eu “tirava o pé do chão”…É o tipo de coisa que não dá para conter! 🙂

Vendo transmissões de TV e reportagens, o carnaval de Salvador sempre pareceu ser uma festa absurdamente grande e animada, daquelas para dizer que foi pelo menos uma vez na vida. Em que outro lugar do mundo milhares de pessoas cantam e dançam juntas, por 6/7/8h atrás de um trio elétrico, felizes e contentes, sem parar??? Porém, nas poucas vezes que eu cogitei ir, os preços astronômicos (de passagens, hospedagem, blocos e abadas) me fizeram desistir na hora. É muito dinheiro para ter uma experiência em algo que eu não gostava tanto assim, e no fim sempre preferi ir para outros lugares….

+ Veja também: Hotéis em Salvador para se hospedar

Mas não é que esse ano os orixás resolveram me dar uma ajuda?! 🙂 Com hospedagem na casa de amigos e milhas para expirar, consegui ir na última hora para o carnaval mais cobiçado do Brasil, e talvez do mundo!

Jardim de Ala em Salvador
Andando pelo Jardim de Alá, nem parecia que era Carnaval. Foto: GC/BlogVambora

Ficando com pessoas que moram na cidade, foi muito bom ver que existe uma Salvador “para viver” e uma Salvador “para pular” durante o carnaval. Deu até para esquecer que era carnaval enquanto eu passeava e tomava tranquilamente um coco pela linda orla do Jardim de Alá, e ia em barzinhos, como o Santo Antônio, onde o som não tinha nada de axé!

Praia Jardim de Ala Salvador
Praia vaziaaa….É carnaval é? Foto: GC/Blog Vambora

Foi muito bom também ver o lado turístico e carnavalesco da cidade, com o trânsito caótico entre a Barra e Ondina, onde os milhares de foliões fazem a festa. Engraçado ver também como funciona o mercado paralelo de abadás no Aeroclube, onde todo mundo vende e troca as cobiçadas camisetas (sua entrada para os blocos e camarotes). Nunca fui para a Ásia mas imagino que o stress da pechincha e do puxa-puxa do Aeroclube não perde para nenhum mercado na Turquia, Egito e Arábias. No fim, acabei garantindo meu passe para a festa com um bloco e um camarote.

+ Veja também: SEGURO VIAGEM com desconto da Mondial Assistance para leitores do blog

Aeroclube Salvador Carnaval
Quer pagar quanto?! Sente a pressão no Aeroclube…Foto: GC/Blog Vambora

Muito tinham me alertado, e até assustado, sobre furtos, brigas e puxa-puxa na multidão, até chegar dentro das cordas que “protegem” os blocos dos trios. É muita gente mesmo, mas nada que uma doleira/pochete (daquelas que se coloca por dentro da roupa), guardando coisas importantes (como dinheiro trocado, celular e até máquina fotográfica) não garanta uma segurança para furtos. Como qualquer grande show que junta multidões, é só não bobear.

Carnaval Farol da Barra
Circuito Barra Ondina: concentração no Farol da Barra. Foto: GC/Blog Vambora!

Achei legal ter a experiência do trio (andando e pulando no chão) e do camarote, vendo quase todos os cantores e bandas passarem e fazerem shows quase particulares, com a garantia de cerveja gelada e banheiro limpo a qualquer hora. 🙂 Bem diferentes, ambos valeram muito a pena, mas não vou mentir que senti as vezes um pouco de inveja dos foliões que seguiam pulando na rua. O camarote é muito legal, mas é “mais comum”, como uma grande festa/balada. Na rua a experiência pareceu mais autêntica.

Carnaval de Salvador
No bloco! Que comece a festa! Foto: GC/Blog Vambora!

Em resumo, valeu muito a pena, algo único para se fazer/viver, mas não sei se repetiria a dose, sem as condições ideais de milhagem e hospedagem que me levaram para lá esse ano. Existem até opções mais econômicas, e até gratuitas, de trios e blocos abertos nos circuitos e no Pelourinho, mas você tem que estar preparado para levar tudo “numa boa” no melhor espírito sossegado baiano; tirando isso, é uma época muito cara para se estar na cidade.

Camarote Carnaval de Salvador
Super festa no camarote. Foto: GC/Blog Vambora!

Se você não for tão sortudo quanto eu, por conhecer pessoas na cidade, e estiver disposto para ter a experiência, programa-se com antecedência, garantindo os melhores preços de hotéis, aluguel de apartamento, passagens e abadás: isso, de verdade, fará toda a diferença no orçamento da sua viagem, e a tornará bem mais viável e econômica.

Carnaval de Salvador
Encontros bizarros do carnaval da Bahia: O Impostor do Pânico, Durval Lelys do Asa de Águia e Beto Barbosa!!! Vale tudo! Foto: GC/Blog Vambora

Salvador é linda e encanta em qualquer época do ano, mas foi nesse Carnaval que eu vi a cidade no seu auge de festança, beleza, barulho, sujeira e alegria contagiante. É realmente uma cidade que não dá para se cansar de ir e conhecer…

Para vocês, eu deixo uma das musicas de carnaval para animar! Repare na letra: é praticamente Vambora vai! 😉

Vambora ê, Vambora ô, Vambora pra Salvadô???!!! 😉 🙂 😉

Dicas finais para aproveitar o Carnaval de Salvador:

-> Para garantir os melhores preços de Abadás, comece a ver os pacotes já no meio do ano, em sites como axemix.com.br, centraldocarnaval.com.br, etc. Eles vendem pacotes de vários abadás, pelo preço de um único, comprado na última hora. Vale a pena se programar! Só fique de olho nos horários dos blocos nesses pacotes: muitas vezes vendem sequências de um bloco noturno, com um diurno, que você provavelmente não aguentará fazer…Pular 8h seguidas cansa mesmo!

-> O circuito Campo Grande, no centro, é bem apertado (ruas tem menor largura) e acontece de dia (bem no auge do calor da Bahia). O Barra-Ondina é a beira mar e vai do final da tarde até o começo da manhã. Quem quiser fugir do sol e calor, vai amar o Barra-Ondina! A brisa do mar realmente salva! 🙂

-> Homens e mulheres levem as doleiras/pochetes para guardar os pertences dentro da roupa. Nada de coisas importantes nos bolsos! Por mais cuidado que você tenha, no meio do “pula pula” coisas podem cair ou serem furtadas.

-> Nada de carro! Vá para os circuitos de taxi, com pelo menos 1h30 de antecedência do horário de início do bloco. O transito fica realmente caótico, sem lugar para estacionar. Na volta, os taxis nem ligam o taxímetro. Feche o preço na hora (só lembrando que a corrida em Salvador é relativamente barata).

-> Quem quiser trocar ou comprar abadás na última hora, o Aeroclube e o estacionamento do Shopping Barra são os lugares para se ir, porém vá preparado para negociar muito! Os preços chegam a ser de 20% a 50% menores, mas lembre que você nunca terá 100% de garantia de conseguir comprar ou vender o bloco que você quer. Calcule o risco.

-> Leve seu tênis mais confortável e surrado. Ele será seu melhor amigo, pulando e ficando com você nas horas e horas de festa, porém vá preparado para uma possível despedida…. A sujeira acumulada durante os dias de folia, pode estragar seu melhor amigo para sempre! 🙂

*** VEJA TAMBÉM:
Salvador: um roteiro básico
Hotéis descolados em Salvador
– TODAS as dicas de SALVADOR no blog
TODAS as dicas da BAHIA no blog

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

18 COMENTÁRIOS

  1. Olá Guta!
    Desde 2001 q, com exceção de 2008/2010, sempre passo carnaval em Salvador… sou viciado naquilo hehehe.
    Concordo com vc, sair dentro do bloco é mil vezes melhor q ficar em algum camarote, pelo menos p/ mim. Que bom q vc tbm gostou.
    Com essa bagagem td de carnaval posso complementar tuas dicas dizendo q:
    – A troca de abadá no Aeroclube já foi boa. Hj o melhor local é atrás do Barra Shopping. Além de ser todo na sombra (o q conta bastante na terra de um sol p/ cada folião) é mais “cenrtal”, pode ir de lá direto pro bloco.
    – O Campo Grande é o percurso mais tradicional, mas infelizmente o carnaval cresceu demais e a estrutura ficou ultrapassada. Acho uma pena. Nada se compara a sair em um bloco (Asa, Chiclete, Ivete ou Eva) ao meio dia, ver a Castro Alves lotada… Aquilo sim era o verdadeiro carnaval baiano. A Barra/Ondina virou uma grande micareta.

    Ahhhh, pra finalizar, duas correções: na foto q vc postou estão O Impostor, Beto Barbosa e Durval Lelys (Asa de Águia), irmão de André Lelis… E a música é “Simbora” hehehe

    E VIVA O CARNAVAL DA BAHIA

    • OI Thyago! Muito boas as suas dicas! Ja até atualizei o post com essa feira do Barra Shopping que eu não conhecia (na sombra ainda!!!)
      E eu não sei pq mas encasquetei que o cara chamava André e não Durval! rsrs! Super por dentro das bandas de axé né?! 🙂
      E a música, fica mais legal com Vambora do que Simbora vai?! 🙂

  2. Guta… seu adorei seu blog… descobri fuçando aqui e ali… rs
    E a tua descrição do carnaval de Salvador foi bem parecida com o que eu vivi… é um experiência impar… Decidi ir passar o carnaval lá assim meio q no supetão, tipo tinha terminado um noivado no ano anterior(2009) próximo ao carnaval, e lembro q aquele ano nem queria saber, de pular carnaval tava meio depre e assistindo pela BAND, manja… e imaginado até q seria legal… daí nesse ano e nada a haver decidi fazer um intercâmbio, escolhi a Nova Zelândia, afinal eu tinha vontade de fazer e tava solteira então Go to NZ!… enfim voltei em Dez/2009 do intercâmbio(travel indescribable) e no final de Jan/2010 o povo começa a comentar o que vc vai fazer no carnaval… lembrei de Salvador aquela festona e como estava no clima, tenho que fazer o que tenho vontade, o mundo tá aí e é de quem pegar… Decidi eu vou pra Salvador, fiz tudo na loucura mesmo, afinal ninguém queria ir e blablabla, todas as desculpas e pensei a vontade é milha … Vambora!!!!! E fui, foi incrivel quando cheguei e dei de cara com o Bel do Chiclete nossa arrepia até de falar… fiquei também em camarotes ( Planeta Othon incrivel, e SKOL q nem gostei tanto cerveja quente rs 😛 , Fred Mercury Prateado e Amauri Dumbo estavam em 2010, é bom + o Othon é melhor!) por “medinho” do fervo e tudo mundo lá me perguntando, Elaine qual trio vc saiu e tals… e uma empolgação e animação sem tamanho… coisa de outro mundo, vale a pena!!!)
    Galera q estiver afim vai… é a maior e melhor festa de Carnaval do Planeta AMAZING!!!!! as dicas estão bem legais q a Guta coloca aqui… e outra dica tem os hostel pq hotel nessa epoca do ano é o olho da cara, hostel vc paga + caro q o normal + vale a pena eu fiquei em um… ADOREI, e como fui sozinha fiz um montão de migos, até amigo argentino eu fiz… rssss!!!

    • Elaine ADOREI o seu comentário! O carnaval de Salvador é realmente algo único mesmo e a dica do hostel é ótima, ainda mais para quem vai sozinho para lá! Se bem que, como vc disse, é muito dificil ficar sozinho em Salvador! Ainda mais no carnaval! 🙂
      Seja sempre bem vinda aqui no blog!
      bjus

  3. NAO GOSTEI DO CARNAVAL DA BAHIA. MUITO VIOLENTO, MUITA GENTE, CALOR INFERNAL, TUMULTO. OS RAPAZES QUERENDO TE AGARRAR NA FORÇA! MUITO RUIM, E TUDO MUITO CARO

    • Violento??? muita gente? logico é o melhor carnaval do Brasil,se foi pensando q ñ iria estar calor e com pouca gente,era melhor ter ficado em casa.
      bjus

  4. Adorei os comentários e dicas, ano que vem será minha primeira experiência naquele carnaval que pelo que soube e li é Maravilhoso. To ansioso pra chegar logo o dia 22 que estarei partindo pra lá. To pesquisando e lendo muito. Quero me programar com calma. Abraços e qualquer coisa pessoal me de o máximo de dicas que puderem

  5. NOSSAAAA!!! AMEI SUA DESCRIÇÃO!!! s2
    Ela fez com que eu ficasse com mais vontade de ir, eu comecei a pesquisar sobre esses dias e to um pouco preocupada pois as passagens estao caras, la pra 2 mil por pessoa. To bem perdida, nao sei nem como encontrar hotel e nao sei o melhor dia pra ir! Seraá que tem como voce fazer um post dando dica de como se programar? Estou tendo muita dificuldade! Obrigadaaa. Conheci seu blog agora e to amandooo!!!!!! Beijinhos

    • Olá Ana Clara, que bom que gostou aqui do post! Realmente o carnaval de Salvador é demais, inesquecível!!
      Adoramos a sua ideia de post para se programar! Já adianto aqui algumas dicas:
      – Aqui você encontra todas as dicas de Salvador que já publicamos no blog, incluindo atrações para visitar entre um bloco e outro e links de pesquisa para já começar a ver hotéis: http://www.blogvambora.com.br/destinos/salvador/
      – Sobre passagem, geralmente lá para Setembro/Outubro começam a aparecer os melhores preços de passagem, incluindo promoções para o carnaval. Vale ficar de olho a partir dessa época. Como estamos em Julho ainda, devido a grande antecedência os preços ainda são bem altos.
      Esperamos já ter ajudado um pouco!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui