Vivendo e aprendendo: Dicas para levar dinheiro em viagens – Cartão pré-pago e Dinheiro em espécie

9

como levar dinheiro em viagens

Desde o final de 2013, o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), um dos grandes vilões e encarecedores de viagens internacionais dos brasileiros passou a incidir seus 6,38% não só em operações feitas com cartão de crédito no exterior, bem como para cartões pré-pagos, saques e cheques de viagem.

As atuais taxas para levar dinheiro em viagens ficaram então assim:

– Cartão de crédito: 6,38% de IOF
– Cartão de débito : 6,38% de IOF
– Cartão de viagem pré-pago: 6,38% de IOF
– Cheques de viagem (traveller check): 6,38% de IOF
– Saques no exterior: 6,38% de IOF
– Câmbio de moeda estrangeira em espécie (dinheiro) no Brasil: 0,38% de IOF

Como dá para ver acima, a forma mais “barata” de levar dinheiro em viagens acabou sendo em dinheiro em espécie, ainda que essa alternativa até pouco tempo atrás tinha sido reduzida por muitos viajantes pela falta de praticidade e segurança que é levar bolos de notas para viajar. Saques no exterior que antes eram uma boa alternativa passaram agora a não ser mais tão vantajosos assim, devido também aos 6,38% de IOF.

A outra opção, que antes dessa nova regra incidiam só os 0,38% de IOF, eram nos cartões pré-pagos. Ainda que esse novo IOF tenha reduzido uma das vantagens iniciais desses cartões, a maior de todas, que é ter o poder de escolher qual a melhor época e taxa cambial para comprar a moeda continua, além de claro da praticidade e segurança que um cartão desse proporciona.

Dessa forma, a melhor forma para levar dinheiro em viagens hoje em dia passou a ser a variedade, sendo essa uma das “fórmulas”:

-> Levar moeda estrangeira (numa quantidade maior do que antes, devido a melhor taxa) +
-> Levar um cartão pré-pago (pela praticidade de poder escolher a taxa cambial mais favorável na hora de compra e não sofrer variações cambiais, além da comodidade e segurança) +
-> Levar um cartão de crédito internacional como alternativa final mas só usar em casos específicos ou se seu cartão tiver ótimas vantagens (como um bom programa de milhas por exemplo, que renderá bons bônus no final da viagem)

Para o caso do câmbio e cartões pré-pagos existem diversas agências e empresas atualmente que prestam esse tipo de serviço pelo Brasil. No Rio de Janeiro, uma das maiores e mais reconhecidas é a Espaço Câmbio Exchange, correspondente do Banco Daycoval no Rio, com diversas lojas espalhadas pela cidade.

cartao pre pago internacional

Uma de suas vantagens é que oferecerem dois dos mais famosos cartões pré-pagos do mercado, o Visa Travel Money da Visa e o Cash Passport da Mastercard, tanto moeda única, como multimoeda (ex: euro, dólar, pesos, etc.). Em relação compra de moeda estrangeira, possuem um sistema de “delivery”, que acaba sendo muito mais prático e seguro na hora de fazer o câmbio. Para quem estiver em outras cidades dá para conferir  no site do banco Daycoval (veja aqui) outras empresas representantes do banco pelo Brasil.

Existem também outras alternativas possíveis para fugir das altas taxas do IOF, como abrir uma conta no exterior e ter um cartão pré-pago de empresa estrangeira. Ambas porém acabam não sendo tão práticas para o viajante comum (que não vai toda hora para o exterior), já que as taxas de manutenção de uma conta no exterior ainda são altas (além do processo burocrático de abertura) e a forma de recarregar um cartão pré-pago estrangeiro é via transferência bancária internacional (que também possui em geral altas taxas).

Com essas informações, então qual é hoje a sua fórmula ideal de levar dinheiro no exterior? Deixe suas dicas.

+ informações: http://espacocambio.com.br

*Post publieditorial

*** Veja também:
Como sacar dinheiro no exterior, passo a passo
Chip de celular para falar no exterior
Tax free: como pedir reembolso de suas compras no exterior

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

9 COMENTÁRIOS

  1. Olá, vou viajar para os EUA em meados de março/abril. Minha dúvida é se vale a pena fazer um VTM agora e ir carregando dólares aos poucos, conforme as variações do preço, e qual seria o melhor lugar para comprar os dólares e fazer o cartão. Sou de São Paulo/SP. Obrigado!

    • Olá Pedro,
      Vale a pena fazer exatamente isso que comentou: já encomendar seu cartão pré-pago e ir comprando aos poucos, de acordo com a variação da moeda para aproveitar as melhores cotações. Sobre onde comprar a moeda e fazer o cartão depende, especialmente qual for o seu banco. Bancos grandes como Itau e Bradesco, por exemplo, oferecem cartões pré-pagos com ligação direta na sua conta corrente, o que é um bônus, já que não precisa de transferência. Por outro lado, os bancos maiores são os que oferecem as piores taxas de conversão de moeda.
      Para comprar então moeda, vale pesquisar alguma casa de câmbio (até mesmo no aeroporto) e bancos menores com tarifas mais atrativas. O banco Rendimento, por exemplo, em geral tem boas cotações. Já que sua viagem é só em Março, vale já começar a pesquisar.
      Abs!

    • Oi, Pedro. Eu fiz exatamente a mesma coisa que vc mencionou, fiz meu VTM e fui comprando dólares aos poucos, vale a pena fazer um planejamento e ir comprando com as melhores taxas. Como a pessoa acima citou, o banco Rendimento é um dos melhores nesse quesito, inclusive eu fiz meu VTM através da Cotação(caso vc tenha interesse, cotacao.com.br), que é do próprio banco Rendimento e achei muito bom. Continue pesquisando e se planeje bem.
      boa sorte!

  2. Parabéns pelo site, ótimas dicas e posts muito bem escritos!! Queria deixar uma dica de um site que descobri essa semana… se chama melhorcambio.com e lista as melhores cotações entre bancos e corretoras! É bem bacana e me ajudou muito antes de comprar dólar! Acho que vale compartilhar a ideia com outros leitores!! Abs.

  3. Olá, eu gostaria de saber se um cartão pre pago conta como dinheiro em espécie.. Por exemplo:
    Estou levando 1300 euros em papel moeda e 1200 euros no cartão pre pago… Esse valor em reais passa de 10 mil… Estou querendo fugir da declaração à receita federal pois os 1300 euros que levarei em dinheiro vivo foram comprados com familiares. Fazendo dessa maneira ( dinheiro em espécie e cartão pre pago) eu terei que declarar ou apenas os 1300 euros em papel moeda que vão “contar” na hora de apresentar os valores?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui