Relato de viagem: Castelo de Neuschwanstein – Todas as dicas para visitar o castelo dos sonhos na Alemanha

53

Provavelmente você já ouviu falar e viu fotos do Castelo da Cinderela na Disney, certo? Pois então, se que acha impronunciável dizer Neuschwanstein, saiba que esse castelo na Alemanha, a principal atracão turística do país (com cerca de 1,4 milhões de visitantes ao ano) foi a inspiração de Walt Disney para sua terra encantada. E posso falar? O original é incomparavelmente mais lindo e estando no sul da Alemanha, especialmente Munique, fazer uma visita ao Neuschwanstein é essencial. Um dos lugares mais lindos e impressionantes que você pode visitar na vida.

Castelo de Neuschwanstein
Neuschwanstein: o castelo dos sonhos é real na Alemanha. Foto: GC/Blog Vambora!

Quase na fronteira com a Áustria, com visão para os Alpes, pertinho da cidade de Fussen, fica o Neuschwanstein, o castelo dos sonhos de qualquer pessoa, que existe na vida real. Construído pelo Rei Ludwing II (conhecido também por “O Rei Louco”), em 1869, o castelo não foi completamente terminado devido a morte do Rei em 1886. Sem seu principal morador, o castelo foi aberto ao público para visitação alguns meses depois.

Castelo de Neuschwanstein
Pátio interno do castelo aberto para visitação. Foto: GC/Blog Vambora!

O nome Neuschwanstein significa em alemão “Novo Cisne de Pedra” e remete ao “cavaleiro do Cisne” da ópera de Richard Wagner, a qual o Rei era um grande fã. Aliás, o local onde Ludwing II passou grande parte de sua infância foi o Castelo de Hohenschwangau (que significa “Castelo do Grande Condado do Cisne”), bem próximo ao “novo” castelo e a idéia do Rei foi justamente criar com o Neuschwanstein algo mais impressionante, poderoso mas ao mesmo tempo recluso. E foi exatamente isso que ele conseguiu.

Vista Neuschwanstein
Visão do alto do Neuschwanstein, com vista para o castelo de Hohenschwangau lá embaixo. Foto: GC/Blog Vambora!

No alto da montanha, aos pés de um desfiladeiro, estando lá é incrível pensar como construíram algo tão monumental em circunstâncias naturais e técnicas tão difíceis. Interessante ver também que o projeto do Castelo de Neuschwanstein não foi feito por um arquiteto ou engenheiro, mas um cenógrafo teatral da época, Christian Jank, e a impressão que se tem mesmo lá é de estar num cenário de um conto de fadas. É tão lindo e bem conservado que parece quase irreal.

Castelo de Hohenschwangau
Castelo de Hohenschwanga: o início de tudo. Foto: GC/Blog Vambora!

O projeto majestoso previa 360 cômodos, mas só 14 foram totalmente finalizados, e são alguns deles que é possível visitar internamente. Infelizmente, não se pode tirar fotos nem fazer vídeos lá de dentro, mas o interior, mesmo incompleto consegue também ser impressionante. O Castelo de Hohenschwangau, o mais antigo e vizinho de Neuschwanstein também pode ser visitado e todos os detalhes para conhecer ambos de perto você confere abaixo:

1-) Como chegar ao Castelo de Neuschwanstein e Hohenschwangau

Castelo de Neuschwanstein
Castelo de Neuschwanstein. Foto: GC/Blog Vambora!

O percurso mais comum é via Munique, num bate e volta de um dia da cidade. Fussen e Hohenschwangau, as cidades base para visitar os castelos ficam a cerca de 131 km de Munique e podem ser acessadas via carro ou trem, sendo essa última a opção mais comum para os turistas que estão na cidade.

Existem também muitas excursões saindo de Munique que fazem o passeio indo de ônibus. Para tal “comodidade”, paga-se caro por isso, mas a correria do passeio não compensa. Dá para ir facilmente por conta própria sem passar perrengue e conseguir aproveitar tudo com muito mais calma e detalhadamente, curtindo os castelos e a beleza da região como se deve. O blog Sundaycooks, aliás, conta como foi fazer uma excursão (diga-se bem corrida) até lá, veja aqui.

-> Bayern Ticket

Schwangau
Paisagem da Bavaria vista do Castelo de Neuschwanstein. Foto: GC/Blog Vambora!

De trem é a melhor opção para ir por conta própria e compensa usar o Bayern Ticket, um passe regional que permite que até 5 pessoas viajem juntas usando trens regionais e transporte público nas cidades da Bavária (isso inclui Munique, Fussen, por isso que vale tão a pena) por todo o dia. O trajeto inclui o trem até Fussen e de lá um ônibus até Hohenschwangau para ficar a poucos passos dos castelos. Algumas observações sobre o Bayern Ticket:

  • Pode ser comprado em qualquer estação de metro ou trem em Munique nas máquinas ou num guichê (comprando com atendimento no guichê paga-se uma taxa a mais no preço do ticket).
  • O valor do Bayern Ticket é de 23 euros para 1 passageiro e adiciona-se 5 euros para cada pessoa do grupo adicionada. Jovens com menos de 15 anos acompanhados de um adulto não pagam. Como disse acima, o valor inclui todo o transporte público regional e também dentro das cidades.
  • O Bayern Ticket pode ser usado em diferentes horários durante a semana. De segunda a sexta, é valido das 9h da manhã até às 3h da madrugada do dia seguinte. Aos finais de semana compensa ainda mais, pois vale das 0h até às 3h da manhã do dia seguinte, então dá para aproveitar e sair cedo para chegar aos castelos.
Placas Neuschwanstein
Placas indicativas para visita aos castelos. Foto: GC/Blog Vambora!

A viagem de Munique até Fussen de trem leva cerca de 2h, por isso compensa ir aos finais de semana usando o Bayern Ticket (saindo as 8h de Munique dá para chegar lá às 10h, enquanto às 9h, chega-se por volta das 11h, quando muitas excursões chegam ao local). De Fussen até Hohenschwangau são apenas 10 minutos de ônibus, cuja tarifa já está incluída no passe (então é só mostrar ao motorista seu Bayern Ticket ao entrar).

Antes de ir, vale dar um olhada no site da Deutsche Bahn (ou DB, a empresa de transporte alemã) para conferir os horários de saída e chegada e anotar para usar no dia do seu bate e volta.

-> Site Deutsche Bahn

Então no site da DB (http://www.bahn.com/i/view/GBR/en/), na busca de passagens, para cidade de saída coloque Munique (München) e na de chegada coloque Hohenschwangau (Hohenschwangau, Schwangau (Schlösser)), para ver exatamente os horários tanto dos trens quanto dos ônibus. A Alemanha é um país tão organizado que o horário dos ônibus sempre bate com os horários dos trens, então o percurso sempre se dará sem interrupções longas. Então por exemplo:

Bayern Ticket Neuschwanstein

  • Escolhi um dia saindo num sábado e dá para ver que o primeiro trem saindo de Munique é às 07h53. Com o Bayern Ticket o valor é 23 euros e sem ele ficaria 28,70 (viu como vale a pena!). O próximo trem sai às 8h53 e assim por diante, de hora em hora. Interessante observar que há sempre um horário em que o trem é direto e outro em que é preciso descer e trocar de trem, sendo que o tempo total da viagem é sempre quase o mesmo. Tudo isso você consegue ver no site, confira:

Busca no site da DB.

  • Nessa tela dá também para ver o horário de saída do ônibus de Fussen para Hohenschwangau, sempre sincronizado com o horário do trem para facilitar a viagem. São sempre dois ônibus de Hohenschwangau para Fussen: o número 73 ou 78, tanto na ida como na volta.

Bayern Ticket Neuschwanstein 3

Os mesmos dados você consegue ver para a volta, sendo que o último horário do ônibus para dar tempo de pegar o trem em Fussen até Munique é sempre por volta das 18h/19h (nesse horário você chega em Munique por volta das 21h30).

Para facilitar, anote, imprima ou tire uma foto da tela com todos essas informações (horários, trocas de trem se tiver, número da plataforma, etc) para viajar mais tranquilo. Horário de ida e volta escolhido é só comprar seu passe na estação em Munique e seguir viagem.

-> Compra do Ticket para ir e voltar dos castelos

Entrada Neuschwanstein
Entrada principal do Castelo de Neuschwanstein. Foto: GC/Blog Vambora!

Para comprar o Bayern Ticket basta ir até a estação de metro ou trem em Munique mais próxima de você. Selecione na máquina de venda de bilhetes a opção em inglês (a não ser que você fale alemão :-)) e selecione em “All offers” a opção “Leisure and special offers”, onde está o Bayern Ticket (Bavaria-Ticket). Se estiver com mais pessoas adicione o número de usuários se não clique em “single”. Em seguida escolha a data que quer fazer a viagem (pode comprar no mesmo dia de uso se quiser) e pronto, basta inserir o dinheiro ou cartão de crédito e fazer o pagamento, imprimindo o bilhete na hora.

Pega-se o trem em Munique na estação central, a Munchen Hauptbahnhof e é só chegar uns 10/15 minutos antes do horário visto no site da DB para pegar um bom lugar, já que nos trens regionais não há lugar marcado. Aliás, se quiser um bom lugar mesmo, fique sentado na janela do lado esquerdo na ida, para ter lindas visões dos Alpes, lagos, vilarejos e campos chegando perto de Fussen. Como dá para ver nas fotos, o dia que fui estava perfeito e dava para ver os Alpes tranquilamente mesmo de longe.

Alpes Austriacos Fussen
Vista do trem até Fussen, com vista para os Alpes Austríacos. Foto: GC/Blog Vambora!

Chegando em Fussen é só descer na estação e seguir o fluxo de turistas até o embarque de ônibus que fica exatamente ao lado da estação de trem (saia virando a direita e ande até o ponto de ônibus). Como disse acima, são só 10 minutos de ônibus até Hohenschwangau e de lá anda-se 5 minutos ladeirinha acima para chegar no Ticketcenter dos castelos e já ter uma visão linda de ambos!

2-) Como visitar e Ingressos

Uma vez em Hohenschwangau dá para começar a sua visita, que pode ser só pela parte de fora dos castelos ou fazendo a visita completa, que inclui tours guiados dentro dos castelos. Para parte de fora de ambos não paga-se nada, apenas para entrar e visitas os cômodos.

Ticketcenter Hohenschwangau
Ticketcenter no vilarejo de Hohenschwangau. Foto: GC/Blog Vambora!

Os ingressos para fazer o tour dentro dos castelos podem ser comprados no próprio Ticketcenter (loja de venda de ticktes) de Hohenschwangau na hora ou reservados pela internet 2 dias antes da sua visita. O lado bom de reservar online é que você já garante um horário; o lado ruim é que paga-se uma taxa por isso (1,80 euro, por pessoa e por castelo) e não dá para bobear: uma vez escolhido tem que chegar na hora exata se não você perde a visita e o seu dinheiro. Ainda que tenha esses contras, a compra online é muito útil viajando na alta temporada (verão e feriados), quando a quantidade já grande de turistas fica ainda maior. De qualquer modo, quem faz a reserva online precisa ir pessoalmente até o Ticketcenter retirar o ingresso (diga-se numa fila separada e mais rápida).

-> Como subir até os castelos

Castelo de Neuschwanstein
Primeira visão do castelo de Neuschwanstein no alto da montanha. Foto: GC/Blog Vambora!

Uma dica importante tanto para quem só quer ver a parte de fora dos castelos, como a parte de dentro, é considerar um tempo para chegar até a entrada de ambos. No caso do Castelo de Hohenschwangau, o mais antigo, a caminhada é leve, numa subida tranquila, com direito a escadas e rampas, que dá no máximo uns 15 minutos caminhando bem devagar. Quem tiver problemas de locomoção há uma charrete paga perto do Ticketcenter que sobe até o castelo.

Já no caso do Neuschwanstein, que fica láaaaaa no alto da montanha, a caminhada é mais pesada e não recomendada para quem tem problemas de locomoção ou não estiver acostumado a andar muito, pois é ladeira inclinada 100% do tempo até a entrada do castelo. Em geral, leva-se caminhando até lá de 30 a 40 minutos, mas quem não puder ir andando, existem outras opções. Veja abaixo:

  • Charretes: Funciona o ano todo e custa 6 euros para subir e 3 euros para descer. A saída ocorre logo um pouco acima do Ticketcenter e geralmente há grandes filas. No dia que fui, por exemplo, que o tempo estava bom, era um final de semana e cheguei tarde por lá, fiquei 1h30 esperando minha vez na charrete. Num pais tão organizado como a Alemanha, foi sem dúvida o pior serviço que experimentei mas tudo isso porquê a segunda opção de subida não estava funcionando no dia….
  • Ônibus: Tende ser a melhor opção para quem não quer ir a pé, seja pela rapidez seja pelo valor (1,80 euro para subir e 1 euro para descer). O problema é que o ônibus só funciona com o tempo bom, então no inverno ou qualquer época que tenha neve na estrada o ônibus simplesmente não funciona, o que aumenta infelizmente ainda mais a fila da charrete…A saída dele ocorre próximo da charrete para o Neuschwanstein, num ponto em frente ao hotel Schlosshotel Lisl.
charrete Neuschwanstein
Charrete até Neuschwanstein com a super fila ao fundo. Foto: GC/Blog Vambora!

Tanto para subir de ônibus, como de charrete, paga-se o valor de cada trecho direto ao condutor (não está incluso no Bayern Ticket nem no ingresso para os castelos). A charrete te deixa uns 300m da entrada principal do castelo, acessível ladeira acima. Já o ônibus te deixa um pouco mais longe, a 600m (incluindo ladeiras) da entrada principal, mas perto da Marienbrücke, uma ponte com a vista mais perfeita do castelo que falo mais logo abaixo.

-> Tipos de ingressos e valores

Parte interna Neuschwanstein
Acesso na parte interna do castelo de Neuschwanstein, onde ainda é possível tirar fotos. Foto: GC/Blog Vambora!

Assim, ao comprar seu ingresso do tour interno dos castelos, tanto na hora quanto online, considere que tipo de locomoção vai usar e quais castelos quer fazer a visita. Os preços dos ingressos são esses:

  • Para visitar 1 castelo (seja Neuschwanstein ou Hohenschwangau): 12 euros por pessoa ou 11 euros de tarifa reduzida para estudantes ou pessoas acima de 65 anos. Jovens até 18 anos acompanhados de um adulto não pagam.
  • Para visitar ambos os castelos no mesmo dia (chamado de “King’s Ticket”): 23 euros, sendo que a primeira visita é no Hohenschwangau e depois no Neuschwanstein). A tarifa reduzida é 21 euros e também aqui pessoas com 18 anos ou menos acompanhados de aduto não pagam.

Existe ainda outras opções de tickets que incluem o Museum of the Bavarian kings, também no vilarejo de Hohenschwangau, mas que vale a pena somente se você tem tempo e consegue chegar bem cedo por lá, se não o dia fica muitooo corrido. Mais informações desses outros tickets você pode ver no site oficial: https://www.hohenschwangau.de/550.0.html

-> Sobre a visita interna

Todas as visitas são guiadas e feitas em inglês, alemão ou através de áudio guia que possui versão em português, todas durando 30 minutos no total. Como tem um percurso inclinado entre ambos os castelos, se quiser fazer o tour dos dois, considere no mínimo 2h de diferença entre um tour e o outro. O mesmo vale para quem quiser comprar na hora: escolha o próximo horário de visita disponível com pelo menos 1h antes de começar para chegar na entrada do castelo com folga.

Visitas Neuschwanstein e Hohenschwangau
Painel do Ticketcenter indicando os horários das visitas aos castelos. Foto: Divulgação

Os horários disponíveis para compra imediata são mostrados em telões no Ticketcenter e uma vez com seu ingresso na mão você receberá um número indicativo de qual será o seu tour em cada castelo. Ao chegar na entrada principal de ambos, outros telões indicam quais são os próximos tours da hora e só se entra mostrando o seu ingresso na hora certa. Para não ter erro, procure estar pelo menos 10 minutos antes já do inicio do seu tour na entrada principal, pois se por acaso você atrasar por qualquer motivo, irá perder o seu passeio.

Neuschwanstein
Uma das lindas vistas de Neuschwanstein indo para a ponte Marienbrucke. Foto: GC/Blog Vambora!

São 30 minutos somente dentro do castelo mas a visita é cheia de história e surpreende com os cômodos todos impecavelmente trabalhados. Como disse já acima, infelizmente fotos e vídeos são proibidos dentro dos castelos mas a memória compensa.

3-) Onde ter as melhores vistas: Marienbrücke

Marienbrucke
Marienbrucke lá ao fundo: melhores vistas de Neuschwanstein. Foto: GC/Blog Vambora!

No Neuschwanstein, tanto para quem faz o tour ou não, a vista mais bonita do castelo é da Marienbrücke, uma ponte no meio do vale, com uma vista realmente perfeita do castelo. Para quem tem medo de altura a ponte dá uma certa “tremedera” mas vale a pena, como você pode ver nas fotos:

Castelo de Neuschwanstein
Vistas incríveis de Neuschwanstein na ponte Marienbrucke. Foto: GC/Blog Vambora!

Para quem está subindo para a entrada principal do Neuschwanstein a pé ou de charrete, a Marienbrücke fica a direita, com direito a descidas e mais subidas. Considere mais uns 10/15 minutos de caminhada.

Caminho Marienbrucke
Caminhada até a ponte Marienbrucke. Foto: GC/Blog Vambora!

4-) Dicas finais

  • No Neuschwanstein, é preciso subir uma escada de 90 degraus até o segundo andar onde também ocorre o tour dentro do castelo, por isso, quem tiver problemas de locomoção ou crianças deve ficar atento.
  • Devido a tanta “andação” vá com sapatos bem confortáveis, de preferência ideais para caminhada. No inverno não bobeie: sapatos impermeáveis e com sola de borracha são essenciais.
  • Fique atento ao horário do último ônibus de Hohenschwangau para Fussen, se não perderá também o trem para Munique e ficará “preso” na cidade.
  • No verão o Ticketcenter fica aberto das 8h-17h e no inverno (de 16/10 a 27/03) das 9h-15h, sendo que as visitas ocorrem todos os dias, das 9h até 18h no verão (28/03 a 15/10) e das 10h-16h no inverno, exceto nos dias 01/01 e 24, 25 e 31/12 em que o castelo fica fechado para visitas.
  • Para comer há poucos cafés e restaurantes no vilarejo de Hohenschwangau e há uma lanchonete/cervejaria no meio da subida para o Neuschwanstein, por isso, se puder trazer um lanchinho e algo para beber desde Munique vale a pena.
  • Se quiser fazer o tour interno de ambos os castelos, não saia de Munique mais tarde do que 9h da manhã para dar tempo de fazer tudo com calma e tirar as milhares de fotos que o lugar merece. Se sair mais tarde, vai ser “aquela correria”.
Alpsee Neuschwanstein
Final de tarde inesquecível em em Hohenschwangau. Foto: GC/Blog Vambora!
  • Seguindo até o final da rua principal do vilarejo de Hohenschwangau, passando o castelo de mesmo nome, fica um lindo lago com vistas de tirar o fôlego dos Alpes austríacos. Do alto de Neuschwanstein é possível vê-lo, mas as vistas lá embaixo conseguem ser ainda mais bonitas. Vale no final do dia, sentar num dos bancos na sua margem e conferir a chegada do final de tarde.
  • Existem diversas trilhas ao redor de ambos os castelos então quem quiser conhecer a região com calma e mais detalhadamente a natureza da região, vale passar pelo menos 1 noite em Fussen e não ficar somente no bate e volta de Munique.

O post ficou cheio de detalhes e bem completo para você não perder nada! Todo o deslocamento e caminhadas valem a pena: o Castelo de Neuschwanstein é lindo e único! Vambora!

+ info: Site oficial Castelo de Neuschwanstein http://www.neuschwanstein.de/englisch/tourist/index.htm

*** VEJA MAIS DICAS DA ALEMANHA no blog:
Viagem para Alemanha: 8 dicas essenciais para quem vai viajar pelo país
Alemanha, República Tcheca e Holanda
Todas as dicas de MUNIQUE

Planeje aqui a sua viagem!

SEGURO DE VIAGEM: Seguro viagem com desconto para leitores do blog! Faça sua cotação na Seguros Promo para encontrar o seguro viagem com melhor preço. Leitores do blog tem 5% de desconto, além de poder parcelar no cartão em até 12x ou 5% a mais no boleto! Veja mais aqui.
HOTEL: Encontre promoções e reserve seu hotel pelo nosso parceiro Booking.
ALUGUEL DE CARRO: Compare preços nas melhores locadoras e reserve o carro na RentCars. A cobrança é feita em reais em qualquer local do mundo e você ainda vai poder dividir em 12x no cartão ou ter 5% de desconto no boleto.
CHIP DE CELULAR: Chip internacional pré pago para usar em 140 países com frete grátis para leitores do blog da EasySim. Veja mais.
PASSAGEM AÉREA: Promoções de passagens e compare os melhores preços na ViajaNet.
CÂMBIO: Moeda estrangeira com desconto especial para leitores do blog na Cotação. Veja mais.
INGRESSOS E ATRAÇÕES: Evite filas e já saia do Brasil com ingressos de museus, passeios e atrações pela Ticketbar. Veja mais.

53 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo excelente post! Eu estive lá no no final do outono e já estava bem frio e com um pouco de neve, mas o ônibus estava funcionando.
    Deixo a dica de que é bem bacana se hospedar em Fussen. Hotéis a bons preços, restaurantes legais e uma cidade muito bonitinha. Gostei bastante.

  2. Post EXCELENTE!!! Eu também ficarei em Füssen. Estando mais perto dos castelos, minha esperança é que mesmo na alta temporada, eu consiga ir cedo enfrentando menos filas (ilusão) ou conseguindo começar a visita mais cedo. No ponto do bus, existe placa indicativa do primeiro e último horário? Grata

  3. Excelente post!!!! Adoro o seu blog e suas abordagens de Munique estao TOP!!!! =)Tenho que comentar aqui também o post da Starbierfest, está excelente! Ultimamente indico a todos a virem nas Bierfests fora da temporada da Oktoberfest, que é muito mais tranquilo e você pode curtir Sem stress a festa 🙂
    Bjos, Camilian

  4. Olá! Queria muito ir essa semana (até porque só tenho essa semana aqui em Munich), mas a ponte está fechada. Mesmo assim, você acha que vale a pena? Dá pra se ter uma vista legal assim de outro lugar?
    Obrigada!!

    • Olá Bruna,
      Vale sim! O castelo é lindo e vale a visita de qualquer maneira 🙂
      Essa vista desse jeito infelizmente não, mas por todos os ângulos ele é lindo, você vai ver!
      Faça a visita sim, vale muito a pena!

    • Olá Reginaldo,
      Como o Castelo fica fechado para visitação nos dias 24 e 25/12, resta a opção de ir no dia 26/12. No site oficial do Caastelo (você vê o link no final ai em cima do post) tem todas as informações de horários e dias de abertura.

    • Olá Jupi,
      Isso, não é preciso reservar lugar, mas quanto mais tarde for, mais lotado o trem fica, não sendo estranho ver pessoas de pé durante o trajeto. Então se puder dar uma dica, tente ir no trem mais cedo, tanto pela viagem, como para aproveitar o castelo menos cheio, pois esse é um lugar que atrai milhares de turistas o ano todo, não importa a época.
      Boa viagem!

  5. Olá.
    Você indicaria ir em qual dos castelos primeiro?
    É possível comprar somente a subida até o Neuschwanstein e descer a pé até o outro castelo? Queria fazer uma caminhada para tirar as fotos da ponte e na hora de descer é mais fácil.
    Obrigada

    • Olá Michelle,
      Para visitar ambos os castelos no mesmo dia tem o passe “King’s Ticket”, sendo que a primeira visita é no Hohenschwangau e depois no Neuschwanstein, o que é o melhor mesmo para se fazer.
      Sobre a maneira de chegar ao Neuschwanstein claro, pode subir de um jeito e descer de outro sem problemas. É só comprar somente a ida, seja indo de ônibus ou charrete e descer a pé, tranquilamente (foi isso o que fizemos aliás 🙂 ).
      Boa viagem!

  6. Que post incrível!!!
    Eu vou pra Munique em março/17 vou passar só 3 dias e meio lá e tinha pensado em reservar um pra fazer bate e volta até Salzburgo na Áustria, o problema é que agora, lendo esse post maravilhoso, me bateu uma vontade enorme de visitar os castelos.. vc chegou a ir pra Salzburgo? Sabe me dizer qual dos dois passeios valeria mais a pena??
    Obrigada!!

    • Olá Mariana, que bom que gostou do post! 😀
      Pois é, Munique tem vários bate e voltas possíveis e incríveis de se fazer (nesse post aqui a gente fala de outros até, veja: http://www.blogvambora.com.br/o-que-fazer-em-munique-roteiro-viagem).
      Eu não fui para Salzburgo, pois como vc tive que escolher (infelizmente não dava para fazer tudo..) mas como deu para ver no post AMEI os castelos, sendo que eles são a principal e maior atração da Alemanha, atraindo milhares de turistas, porque é maravilhoso mesmo! 🙂
      É uma oportunidade única de ir para lá, pois de Munique é mesmo um dos acessos mais fáceis ao castelo. Uma outra coisa que pode te ajudar a decidir, além do seu interesse pessoal, e ver se no restante da sua viagem você não vai passar também por outras cidades que lembram ou tenham o mesmo clima de Salzburgo.
      É uma decisão difícil mesmo mas posso te afirmar que nunca vi nada igual como o Neuschwanstein, tanto pelo castelo em si, como pela paisagem. É perfeito! Depois diga aqui o que decidiu! 🙂
      Abs!

  7. Boa Tarde!!

    Ficarei em Munique do dia 28/11/2016 a 03/12/2016 e um dia com certeza irei ao Neuschwanstein. A minha dúvida é se nessa época o tempo costuma estar com neblina e chuvoso, tenho medo de não conseguir ver o castelo dos melhores angulos.. 🙁 Alguém poderia me ajudar?

    • Olá Lidia,
      Essa é uma época fria, mesmo ainda não sendo inverno, então a melhor maneira de planejar sua visita ao Castelo é vendo a previsão com 1 semana de antecedência para poder escolher um bom dia de visitação.
      Esperamos que faça uma ótima viagem!

  8. Olá, obrigada por compartilhar as informações conosco. Estou organizando minha viagem a Fussen a partir de Munique, inicialmente ia pegar um tour pois não domino muito o inglês, mas por outro lado, gosto de desbravar os lugares sozinha, me sinto mais livre. Estou decidida ir só, mas com muito receio… Pelo que li, chegar até o lugar onde vendem os bilhetes eu consigo, mas não tenho interesse em visitar o interno dos castelos, apenas ver belas paisagens… Aí começo a me perder… Se não vou comprar os bilhetes, nem pretendo subir de charrete… Para que lado eu vou??? Qual o roteiro para subir e descer sem se perder??? Obrigada.

    • Olá Tatiane,
      Os tickets só servem para quem vai entrar dentro dos castelos. Se vc não quiser conhecer a parte interna, a externa é totalmente livre para visitação e se não quiser subir de charrete, dá para ir a pé também. Todo o local possui placas indicando os acessos, então uma vez em Fussen fica muito claro saber “os caminhos” até os castelos (os dois), está tudo claramente indicado, pode ficar tranquila!
      Boa viagem!

  9. Olá, muito legal o ‘post’!!!
    Tira uma dúvida, estando no castelo Hohenschwangau, como ir ao castelo Neuschwanstein? Temos que descer até a vila e depois subir ao Neuschwanstein ou podemos pegar o ônibus do castelo Hohenschwangau e ir diretamente para a ponte Marienbrücke e, posteriormente, seguir para o Neuschwanstein?

    • Olá Roberto, que bom que está gostando das dicas aqui do blog!
      Sobre sua dúvida: o castelo de Hohenschwangau fica do lado da vila e é muito fácil de acessar (dá para ir de carruagem específica até lá ou tranquilamente a pé, só seguindo algumas rampas e escadas direto da vila). Já o castelo de Neuschwanstein fica no alto da montanha, sendo que o ponto do ônibus e da carruagem até Neuschwanstein ficam bem próximos do acesso ao castelo de Hohenschwangau na base da vila.
      Então para resumir: saindo de Hohenschwangau e chegando na base de acesso dele na vila, você consegue pegar diretamente um transporte até Neuschwanstein, ou mesmo ir caminhando a pé até o alto da montanha. Há muitas placas e indicações, não tem erro, pode ir tranquilo!
      Boa viagem!

  10. Olá,
    Estou indo a Munique e quero comprar o Bayern ticket para ir aos Castelos. Porém vi que durante a semana só vale a partir das 9:00 e o primeiro trem saindo de Munique para fussen é Às 8:53. Quase comprei este, mas uma amiga me alertou que se eu for parada pela fiscalização neste trem, pagaria multa por estar usando o Bayern ticket antes das 9:00!! Isso procede?? Grata, Lorena

  11. Olá!!! Estou encantada com as fotos!

    Fiquei com uma dúvida em relação ao transporte: de Munique eu devo pegar o trem até Fussen e de lá pegar um ônibus até Hohenschwangau, certo? Não entendi direito se no site que você indicou eu compro todos os tickets.

    Gosto de acordar bem cedo, sendo assim, provavelmente serei uma das primeiras a chegar. 🙂
    Quanto tempo leva a visita (na média)? Se eu sair umas 7 da manhã, chegar lá por volta das 9 horas e visitar os 2 castelos, eu devo pegar o ônibus / trem de volta no final da tarde (umas 16 horas)?
    Obrigada!!

    • Olá Thatiana,
      Na verdade usando o Bayern Ticket você tem acesso a todos os meios de transporte (trem e ônibus) saindo de Munique até o Castelo.
      A visita de todo o complexo leva por volta do dia todo mesmo mas depende de cada um, se quiser caminhar mais, fazer alguma trilha, etc. Como passe é válido até as 3h da manhã, você fica livre para voltar a hora que quiser para Munique.
      Boa viagem!

      • Olá! Obrigada pela resposta.

        Lendo novamente este post, percebi que o Bayern Ticket não me atenderá devido ao horário. Quero sair antes das 9 horas!
        Sendo assim, eu terei que comprar a tarifa mais cara, certo? O Ticket no site da Db inclui tb a passagem do ônibus ou só a do trem?

        Obrigada!!!

        • Olá Thatiana,
          Dá para você comprar a mais cara sim, sem problemas. Você pode ver aqui no post, as imagens do site da DB mostrando as diferentes tarifas para os horários.
          Entrando no site da DB você consegue ver também os valores exatos e o inclui (a passagem de trem e onibus por exemplo).
          Boa viagem!

  12. Adorei suas dicas. Vou passar o reveillon 2016/2017 em Munique, chegando 29/12 a noite e partindo 03/01 pela manhã. Provavelmente estará muito frio. Vc acha que vale a pena a visita ao Castelo de Neuschwanstein ? Desde já agradeço, Fatima

    • Olá Fátima,
      O castelo tem seu charme e beleza em qualquer época do ano. É fato que muito da visita se faz ao ar livre, então depende muito de você e da vontade de visitá-lo.
      Mas estando com roupas adequadas e estiver um clima razoável (nada de tempestades de neve ou muito vento) é viável sim!
      Mais próximo da viagem dê uma olhada no clima e dai você decide melhor.
      Boa viagem!

  13. Olá!
    Pretendo ir para Fussen partindo de Munich em janeiro com minha famíllia de 4 pessoas.
    Estaremos num carro alugado, portanto gostaria de saber as vantagens e as desvantagens de ir de carro até os castelos…

  14. Oi! Vc sabe como eu faço para comprar online tickets para para as linhas de ônibus 73 ou 9606? Gostaria de uma opção direta, de Füssen para Garmisch-Partenkirchen, saindo pela manhã. Obrigado.

  15. olá…se eu sair 9 am de munique com o bayer pass….qual horário devo reservar os dois castelos? 12:30 o primeiro e 15:00 o segundo? O que você sugere? Desde já agradeço.

    • Olá Victor,
      Depende 🙂 Exemplo: Como vocês vão subir ou descer, tempo que vão querer tirar fotos, onde e se vão comer, etc. Importante é deixar um tempo bom para ir, ficar lá em cima curtindo e depois descer com tranquilidade para o outra visita.
      Boa viagem!

  16. Boa tarde, estou pesquisndo as passagens no site do Deutsche Bahn, mas estou encontrando um problema. Se eu coloco o destino final como Füssen o preço para duas pessoas fica 26 euros como esperado pelo Bayern Ticket, porém se eu coloco o destino final como Hohenschwangau o preço fica 31 euros por pessoa, mas o valor do ônibus até o castelo já não estaria incluso no valor? sabes me dizer porque desse aumento no valor? Muito obrigada pela ajuda. Alice.

    • Olá Alice,
      Como a gente conta no post, para visitar os castelos é preciso colocar como cidade final (saindo de Munique) Hohenschwangau e não Fussen.
      O que pode ter acontecido é o dia e horário que está pesquisando a passagem, se já inclui o Bayern Ticket ou se é uma tarifa mais cara. Como falamos no post, o Bayern Ticket só é válido de segunda a sexta, a partir das 9h e nos finais de semana mais cedo, a partir das 0h. Outra coisa é que Fussen fica mais próxima de Munique do que Hohenschwangau, então isso pode dar também a diferença de preço.
      Mas para não ter erro para visitar os castelos, coloque Hohenschwangau como cidade final na hora de comprar as passagens.
      Boa viagem!

  17. Olá Guto,

    Gostei muito do seu post sobre essa visita aos castelos de Füssen. Muto completo mesmo! Muitas dicas de ouro!
    PARABÉNS!

    Estou indo fazer essa tour/visita com minha esposa no final de novembro (creio que dia 24/11/17). E me surgiram algumas dúvidas, que ficaria muito grato se pudesse me ajudar.

    – Pelo site ao reservar o “King’s Ticket” (os dois castelos) o site só disponibiliza marcar o horário do castelo de Hohenschwangau e informa que o Neuschwanstein será após o Hohenschwangau. E como em novembro escurece mais cedo, estou preocupado em chegar na ponte já no escuro, uma vez que chegou em Fussen às 12h30 (pois o primeiro trem saindo de Munique pelo Bayer Ticket é às 9h55).

    Muitas fatores me atrapalham. rs

    – O que sugere para curtir o visual da ponte, do lago, da caminha – tudo isso ainda na luz do dia – e ainda visitar os dois castelos?? Tudo isso chegando na bilheteria às 12h50.

    Desde já, muito obrigado!

    Lucas Moura

    • Olá Lucas,
      Que bom que gostou das dicas aqui do Vambora! Mas só para corrigir, é Guta, com “a” mesmo kkk 🙂
      Sobre sua dúvida, fique tranquilo: em novembro não é ainda inverno por isso não irá escurecer tão cedo assim, a ponto de vocês não conseguirem aproveitar chegando ao 12h50.
      Em sites/apps de previsão do tempo, você consegue ver exatamente o horário do por do sol no dia que for ao Castelo mas dificilmente será antes das 17h, ou seja, tem bastante tempo para ver tudo.
      Boa viagem!

      • Meu Deus… Que erro grosseiro meu!! rs
        A cabeça já estava zureta de tanto pesquisar sobre os castelos…. kkkkkkk
        mil desculpas!!

        Guta (agora sim! =) rs)
        Muitíssimo obrigado pela resposta! Estava imaginando que escureceria por volta das 15h50 16h… Foi o que eu havia encontrado em alguns site/blogs!
        Me ajudou mesmo! Valeu!! =)

        Por fim, você me sugere algum app para previsão de tempo?

        Obrigado novamente!

        E mais uma vez parabéns pelo blog e post!!

  18. PARABÉNS Guta! Muto completo mesmo o post! Muitas dicas valiosas!
    Duas pequenas dúvidas:
    – Indo de carro, tem estacionamento onde os ônibus deixa o pessoal? Nesse lugar que você falou que é uns 600m da entrada principal?
    – Se eu reservar o on-line para fazer a visita as 09:30 até que horas posso retirar o ticket lá?

    Muito obrigado!
    Abs

    • Olá Bruno,
      Que bom que está gostando das dicas aqui do Vambora!
      Sobre suas dúvidas: tem um estacionamento próximo sim, lembro de ter visto 2 inclusive. No próprio site do castelo deve conseguir ver os endereços e colocar no GPS do seu carro para chegar mais facilmente.
      Sobre a outra dúvida, se seu tour for 9h30, lembre que você precisa estar lá no castelo nesse horário, preferencialmente 15 minutos antes. Então vale considerar além de uma possível fila na bilheteria, a subida até o castelo (no post a gente fala mais ou menos o tempo indo a pé, de charrete, etc). Para não dar problema, tentaria chegar na bilheteria pelo menos 1h antes, ou seja, 8h30 para evitar possíveis atrasos e até perder a hora do tour.
      Boa viagem!

Deixe uma resposta para Guta C. Cancelar resposta

Por favor, coloque seu comentário!
Por favor insira seu nome aqui